O que é uma massagem de tecido profundo e quais são seus benefícios?

Você sabe o que é a massagem de tecido profundo? Quer saber os benefícios e contraindicações que ela apresenta? Descubra tudo sobre esta prática terapêutica vantajosa.
O que é uma massagem de tecido profundo e quais são seus benefícios?

Última atualização: 21 Julho, 2021

As massagens são técnicas de manipulação das camadas superficiais e profundas dos músculos. A partir dessa premissa, foram criados vários métodos com resultados satisfatórios. Entre eles, a massagem de tecido profundo vem ganhando cada vez mais popularidade.

Ela envolve uma série de movimentos terapêuticos que visam atingir e relaxar tanto a superfície mais profunda do músculo quanto a fáscia. Mas o que é fáscia? É um sistema de tecido conjuntivo que envolve todos os órgãos do corpo.

Então, quais são os benefícios desta massagem? Em quais casos ela é recomendada? Quais são as contraindicações? A seguir, iremos resolver todas essas questões. Aprenda a liberar a tensão muscular!

Benefícios e usos da massagem de tecido profundo

Os benefícios e usos da massagem profunda estão relacionados. Conforme afirma um estudo publicado no Western Journal of Medicine, suas principais aplicações estão associadas ao relaxamento, alívio de distúrbios musculares e redução da ansiedade. Existem outros efeitos? Detalharemos o assunto a seguir.

Alívio da dor

As sobrecargas são reduzidas com a massagem mencionada, pois ela promove a eliminação dos nós que aparecem nos músculos e no tecido conjuntivo. Isso resulta em alívio da dor, pelo menos de forma temporária. Ela é recomendada como adjuvante para desconfortos nas articulações e todos os tipos de doenças musculares crônicas.

Relaxamento e bem-estar

Uma boa saúde muscular leva a um estado mental de relaxamento máximo. Nesse sentido, a massagem de tecido profundo é benéfica, pois estimula a liberação de neurotransmissores que promovem o bem-estar.

Particularmente, ela ajuda a aumentar a liberação de dopamina, serotonina e endorfinas. Portanto, pode ser usada como um método de relaxamento contra o estresse e a ansiedade.

Massagem de tecido profundo

Desempenho esportivo

A amplitude de movimento dos músculos nas rotinas de treinamento será aumentada pela ausência de tensão acumulada. Consequentemente, as chances de queimar calorias e tonificar os músculos aumentam.

Uma pesquisa publicada no North American Journal of Sports Physical Therapy sugere que a massagem ajuda a preparar os atletas para as competições, uma vez que melhora o seu desempenho. Ela também ajuda no processo de recuperação após o exercício e reduz o risco de lesões.

Qualidade do sono

O descanso é a base para o bom desempenho no dia seguinte, independentemente da atividade realizada. Nesse sentido, a massagem de tecido profundo pode servir de complemento para promover um sono profundo e reparador. Isso ocorre porque ela reduz a dor e a inflamação em áreas específicas. Além disso, aumenta a secreção de serotonina.

Alívio de lesões

De acordo com uma publicação no Journal of Athletic Training, a massagem tem o potencial de atenuar o processo inflamatório e reduzir a dor das lesões musculares. Especificamente, a massagem de tecido profundo contribui para o tratamento das seguintes lesões:

  • Cotovelo de tenista.
  • Contraturas musculares.
  • Dor lombar.
  • Dor nas costas.
  • Cervicalgia.

Como é realizada a massagem de tecido profundo?

A primeira etapa antes da massagem de tecido profundo é identificar as áreas exatas onde o problema se origina. Feito isso, o especialista pedirá à pessoa que se deite barriga para baixo ou para cima, dependendo da área a ser tratada.

Tudo começa com uma sequência de aquecimento dos músculos com toques leves. Após a fase de adaptação, começa uma massagem lenta (com os polegares, nós dos dedos, cotovelos e antebraços) com pressão intensa – com uma certa variabilidade – para atingir a profundidade desejada.

A duração média da massagem oscila entre 60 e 90 minutos, o que depende do nível de tensões acumuladas e da localização delas. Finalmente, é importante notar que a pressão sentida é alta, ainda maior do que em uma massagem sueca. Porém, a sensação tem muito a ver com o grau de sensibilidade da pessoa.

Ela pode causar dor?

Uma massagem de tecido profundo realizada com a técnica perfeita não deveria causar dor. Entretanto, a pressão que deve ser exercida para desfazer os nós pode ser incômoda para alguns indivíduos.

O fato é que existe a possibilidade de que algum desconforto apareça no dia seguinte. No entanto, ele não atinge o nível de dor, e a redução dos problemas nos músculos tratados é quase imediata.

Massagem de tecido profundo

Contraindicações e recomendações

Quanto às contraindicações, a massagem de tecido profundo deve ser evitada por pessoas com coágulos sanguíneos ou com tendência à sua formação. Além disso, quem sofre de osteoporose precisa consultar primeiro um médico para determinar a viabilidade de uma massagem com essas características.

Da mesma forma, é recomendado evitar o método de tecido profundo em áreas com as seguintes condições:

  • Hematomas.
  • Infecções.
  • Erupções cutâneas.
  • Tumores.
  • Hérnia abdominal.

Recomendações sobre a massagem de tecido profundo

Para que a massagem de tecido profundo proporcione os benefícios discutidos, é conveniente colocar algumas recomendações em prática. Elas incluem as seguintes:

  • Hidratação adequada. Antes da massagem, é necessário tomar bastante água para que o tecido muscular esteja em perfeitas condições para ser tratado e responda da melhor maneira aos estímulos.
  • Planejamento contínuo da massagem. Fazer uma sessão de massagem a cada 2 semanas irá manter os músculos em ótimas condições, além de evitar o aparecimento de nós.
  • Reservar um período de descanso. Depois que os movimentos dos tecidos profundos forem aplicados, é melhor esperar 12 horas antes de treinar novamente. Assim, os benefícios serão aproveitados sem interrupções ou recaídas prejudiciais.

Considerações finais sobre a massagem de tecido profundo

A massagem de tecido profundo não é indicada para mulheres grávidas, mas um médico especialista pode sugerir algumas adaptações, dependendo do caso. Além disso, pessoas que passaram por cirurgias ou processos de quimioterapia recentes precisam da aprovação do médico.

Caso a massagem provoque dor durante ou após a sua realização, o procedimento a ser seguido é notificar o tipo de desconforto ao profissional, para readaptar ou suspender a prática caso for necessário.

Pode interessar a você...
Descubra os incríveis benefícios que as massagens nos trazem
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Descubra os incríveis benefícios que as massagens nos trazem

As massagens nos ajudam a relaxar e aliviar o desconforto e a dor de determinadas partes do nosso corpo. Explicaremos os benefícios das massagens.



  • Vickers A, Zollman C, Reinish JT. Massage therapies. West J Med. 2001;175(3):202-204.
  • Crawford C, Boyd C, Paat CF, et al. The Impact of Massage Therapy on Function in Pain Populations-A Systematic Review and Meta-Analysis of Randomized Controlled Trials: Part I, Patients Experiencing Pain in the General Population. Pain Med. 2016;17(7):1353-1375. doi:10.1093/pm/pnw099
  • Brummitt J. The role of massage in sports performance and rehabilitation: current evidence and future direction. N Am J Sports Phys Ther. 2008;3(1):7-21.
  • Brattberg G. Masaje de tejido conectivo en el tratamiento de la fibromialgia. Eur J Pain. 1999.
  • Brosseau L, Casimiro L, Milne S, et al. Masaje de fricción transversal profunda para el tratamiento de la tendinitis. Cochrane Database Syst Rev. 2002.
  • Field T, Morrow C, Valdeon C, et al. El masaje reduce la ansiedad en pacientes psiquiátricos infantiles y adolescentes. Soy Acad Child Adolesc Psychiatry. 1992.
  • Vernaza Pinzón, P. El Masaje Como técnica De intervención En El Manejo Del Dolor. Rev. Fac. Cienc. Salud Univ. Cauca. 2007. Disponible en: https://revistas.unicauca.edu.co/index.php/rfcs/article/view/894.
  • Serrano M, Moreno M, Gaitán M, Susa A, Gómez J, Suárez G y Sánchez K. Efectos del masaje terapéutico sobre la ansiedad y el estrés en población pediátrica. Rev. Fac. Med. 2018. Disponible en: https://revistas.unal.edu.co/index.php/revfacmed/article/view/60323.
  • Waters-Banker C, Dupont-Versteegden EE, Kitzman PH, Butterfield TA. Investigating the mechanisms of massage efficacy: the role of mechanical immunomodulation. J Athl Train. 2014;49(2):266-273. doi:10.4085/1062-6050-49.2.25