Tudo que você precisa saber sobre as máscaras de proteção

25 Maio, 2020
Há diferentes tipos de máscaras e cada um cumpre uma função específica. Nem todas as máscaras são úteis para todos os tipos de exposição. Além disso, é fundamental colocá-las corretamente.
 

As máscaras são equipamentos de proteção individual para o usuário. Sua função é proteger a pessoa da exposição a potenciais contágios através das vias respiratórias. Elas são fabricadas com um material filtrante e possuem um clip ou adaptador nasal e elásticos para prender no rosto.

Algumas delas possuem ainda válvulas de expiração. A válvula facilita a respiração e evita a condensação. Estas são indicadas para longos períodos de uso.

Tipos de máscaras de proteção

As máscaras podem ser classificadas em dois grupos:

Máscaras cirúrgicas

Trata-se de uma máscara desenhada para proteger as outras pessoas. Isso se dá desse modo porque elas filtram as partículas que o usuário emite durante a respiração, impedindo que elas atinjam o exterior.

Máscaras de alta eficácia FPP

Este tipo de máscara protege a pessoa que a está utilizando. São desenhadas para filtras as partículas presentes no meio ambiente, impedindo que elas sejam inaladas pelo usuário.

Existem diferentes formatos, com diferentes desenhos, podendo ser cônicas, horizontais ou verticais. Além disso, em função da eficácia da filtração, podem ser de classe 1, 2 ou 3. O tipo de classe é determinado pela potência de filtragem frente à toxidade do contaminante e à concentração ambiental presente.

  • FPP1: eficácia de filtragem de 78%, concentrações ambientais até 4 VLA – valor limite ambiental.
  • FPP2: eficácia de filtragem de 92%, concentrações ambientais até 4 VLA – valor limite ambiental.
 
  • FPP3: eficácia de filtragem de 98%, concentrações ambientais até 4 VLA – valor limite ambiental.
Máscara cirúrgica
A máscara cirúrgica protege os outros de serem contaminados, mas não a pessoa que a usa.

Leia também: Sabão, o inimigo do coronavírus

Como devo usar as máscaras de proteção?

Você deve usar a máscara mais adequada em função do risco. Não obstante, antes e depois de usá-la, você também deve lavar as mãos. Coloque a máscara antes de entrar em uma área contaminada e retire-a quando sair da mesma. Além disso, você deve ajustá-la da forma correta para garantir uma boa proteção.

É importante trocar a máscara depois de usá-la no caso dela molhar ou sofrer algum dano. Também é recomendável mudar de máscara se a respiração for excessiva, pela mesma razão, já que a umidade se condensa e a máscara perde sua capacidade de filtragem.

Que tipo de máscara deve ser usada em cada caso?

A máscara cirúrgica deve ser usada durante o tempo necessário e trocá-la ao mudar de atividade ou passar de um ambiente para o outro. Este seria o uso lógico e adequado desse elemento.

As máscaras FPP2 devem ser ajustadas ao formato do rosto, cobrindo completamente o nariz e a boca para proteger as mucosas. Elas devem ser usadas seguindo as indicações de protocolo no que diz respeito a medidas de isolamento e outras precauções para pacientes com doenças transmissíveis. As máscaras FPP3 são usadas no caso de risco de exposição.

 

Como colocar e tirar as máscaras de proteção

É importante que você saiba como colocar corretamente a máscara para se proteger adequadamente. Além disso, também é importante saber como tirá-la. Se não fizermos essas manobras da forma correta, poderemos nos contaminar ou infectar alguém apesar de ter usado máscara.

Colocar a máscara

Para colocar a máscara corretamente, você deve fazê-lo antes de entrar na área contaminada e seguir estes passos:

  1. Lave as mãos e veja a data de validade. A máscara não deve apresentar defeitos em nenhuma das suas partes.
  2. Coloque a máscara, mas tenha em mente a ordem de colocação dos elementos de proteção se você também for usar outros. A ordem é a seguinte: blusa, capuz, calça, máscara, óculos, luvas.
  3. Ajuste a máscara corretamente para conseguir uma proteção adequada. Se você usar óculos, deve tirá-los para colocar e ajustar a máscara. Depois disso, você pode colocar os óculos novamente.

Você também pode se interessar: Os alimentos podem estar contaminados com o coronavírus?

Máscara de proteção
As máscaras de proteção com filtro têm diferentes níveis de filtragem.

Como colocar a máscara corretamente?

  1. Segure a máscara com as duas mãos, deixando o clip para o nariz na borda superior. Ajuste o clip dobrando-o com cuidado no centro e abra a máscara puxando a parte inferior.
  2. Coloque a máscara por baixo do queixo e passe as duas alças por cima da cabeça.
  3. Passe a alça inferior por baixo das orelhas e a alça superior por cima da cabeça.
  4. Modele o clip do nariz com as duas mãos para ajustar o formato ao seu nariz.
 

Tirar a máscara

Para tirar os elementos de proteção, também há uma ordem adequada que é: luvas, óculos, calças, capuz e blusa. Isso tudo deve ser feito fora da zona de contaminação. Você deve tirar a máscara e descartá-la do modo indicado, e em seguida lavar as mãos.

Conclusão

Existem diferentes tipos de máscara para proteção. Elas filtram as partículas danosas presentes no meio ambiente. É importante escolher a correta para cada caso e colocá-la corretamente para ter uma boa proteção. Nem todas as máscaras são úteis sempre, e muitas vezes podem até ser contraproducentes se não forem usadas como devem.

 
  • Cárcoba Alonso, A. (1992). Los equipos de protección individual. Salud y Trabajo.

  • Morelos, R., Ramirez, M., Sanchez, G., Chavarín, C., & Meléndez, E. (2014). El trabajador de la salud y el riesgo de enfermedades infecciosas adquiridas. Revista de La Facultad de Medicina de La UNAM.

  • Mutual de Seguridad CChc. (2013). Protección respiratoria. ACHS.