Licença maternidade: valorizar as mães que deram à luz

24 de fevereiro de 2019
Você sabe o que é a licença maternidade? É um benefício para todas as mulheres que vão dar à luz. Tanto antes quanto depois do parto.

As mulheres que estavam perto de dar à luz não recebiam nenhum tratamento especial ou status de trabalho específico enquanto estavam grávidas. Eles simplesmente davam à luz e reincorporavam-se em suas vidas diárias pouco a pouco. A licença maternidade não era um direito para muitas mulheres no mundo.

A licença maternidade é uma vantagem dentro do período pós-parto. É um tempo para você, seu bebê e o processo de adaptação de ambos.

O que é a licença maternidade?

A licença maternidade é um subsídio que o ente encarregado pela segurança social do país outorga para mulheres em caso de dar à luz ou adotar. É uma condição que se encontra na legislação de cada Estado dentro do qual reserva-se a posição de trabalho entre ambas as partes. Empresa e empregado estão em uma relação contratual.

A licença maternidade se estende até depois de ter o seu filho

Esta suspensão breve do contrato do trabalho entra em vigência desde antes do parto, se assim a mulher desejar. Como limite, mães podem solicitar a licença maternidade até o dia do nascimento do bebê. A licença de maternidade dura 16 semanas de descanso sem interrupções, das quais pelo menos 6 semanas devem ser tomadas após o parto.

O que acontece quando é uma gravidez de risco?

Certamente, existem certas situações de risco em que é necessário que a licença maternidade seja realizada antes do previsto. Caso contrário, pode acontecer da mulher estar temporariamente impossibilitada de exercer sua profissão, mesmo após o término do período de descanso.

Por outro lado, no caso de ativar esta condição devido a uma doença comum, uma vez que o bebê nasça, o período de descanso contemplado na lei começará. A gravidez é uma fase maravilhosa que é cheia de cuidados, não deixe que o trabalho ultrapasse esses limites. Na gravidez, seu corpo vai começar a se sentir diferente devido a alterações hormonais. Para muitas, o desejo de trabalhar desaparece.

A licença maternidade começa durante a gravidez

Leia também: 6 doenças comuns durante a gravidez

Aspectos psicológicos

Cada mulher assume de forma diferente o papel da mãe. É essencial que você entenda que ter um bebê é um processo complexo para ambos. A criança requer todos os cuidados possíveis e você precisa de tempo para si e para a sua recuperação. É provável que você receba inúmeras dicas de tias, avós e primas sobre o primeiro estágio do recém-nascido. Não recorra a conselhos com desespero, o trabalho pode esperar.

Assim, a maternidade é essencial para a tranquilidade da mãe. Pois permite que você tenha pelo menos seis semanas com seu bebê e mantenha toda a sua atenção nele sem se preocupar com o trabalho. Você deve respeitar este período e tentar dividi-lo entre cuidar do seu bebê e recuperar seu ritmo de vida.

Talvez te interesse ler: Como dar banho em um bebê recém-nascido?

Como aproveitar o tempo da licença maternidade?

Sem dúvida alguma, o nascimento de seu bebê é um evento cheio de felicidade para a sua família e amigos. No entanto, nesta época da licença maternidade você deve aproveitar ao máximo e com o mínimo de distrações. Embora todos queiram conhecer o bebê, você deve conversar com sua família e amigos para lhes pedir que respeitem seu espaço e privacidade durante esse período de tempo. Explique que seu processo de adaptação ao bebê é muito íntimo.

Mãe trabalhando mesmo com licença maternidade

Não se preocupe com sua aparência física. Não se agonie se não se sente animada para ficar impecável. Seja paciente com seu corpo e sua maneira de voltar ao normal. Agora você terá tempo para recuperar suas curvas. Você pode pensar que, se melhorar sua aparência se sentirá melhor, mas fazer isso deve ser sua decisão.

Conclusões

Em conclusão, a licença maternidade é um benefício da lei que lembra às empresas o valor de seus empregados. No momento do parto, inicie um processo de ajuste e de adaptação às novas responsabilidades. Esse processo nunca deve ser interrompido por qualquer atividade não relacionada ao seu pequeno.

Ainda não existe uma posição de trabalho que valha a tranquilidade de conhecer a fundo o seu bebê. Aproveite esta fase com calma e respeito.