8 remédios naturais que ajudam a adiantar o parto

26 de julho de 2018
Quando a espera parece interminável, todas as mães ansiosas têm a ideia de adiantar o parto. Apesar de não serem comprovadas pela ciência, existem algumas técnicas que podem funcionar para você.

Uma gravidez normal dura cerca de 40 semanas. Claro, os últimos dias podem ser infinitamente longos. O peso sobrecarrega, não se dorme bem e o desejo de ter o bebê em seus braços cresce a cada dia. Passa pela cabeça de todas: o que eu posso fazer para adiantar o parto?

As recomendações que vamos dar neste artigo são mais garantidas pela experiência individual do que por estudos científicos.

Mas não será por essa razão que vamos ignorar o valor do que outras mulheres experimentaram, das terapias alternativas e do conhecimento popular como opções para adiantar o parto naturalmente.

Quais opções existem para adiantar o parto?

Embora os fatores que influenciam o adiantamento de um parto natural ainda não tenham sido estudados, sabe-se que existem truques que podem ter um impacto positivo em dois aspectos fundamentais para adiantar o parto: o humor da mãe e a posição em que o bebê se encontra.

Não perca: 9 dicas para eliminar manchas das axilas após o parto

Exercícios para adiantar o parto

A menos que exista uma indicação expressa do seu médico para descansar, o exercício físico moderado é sempre benéfico para o desenvolvimento adequado da gravidez e, subsequentemente, para o desencadeamento do trabalho de parto.

Exercícios para adiantar o parto

Andar a um ritmo moderado e regularmente durante a gravidez é uma excelente opção. A dança, natação ou esportes como ioga e pilates, em suas versões para mulheres grávidas, também são boas opções. Há também o melhor exercício de todos: fazer sexo com seu parceiro.

No entanto, existem alguns exercícios que podem ajudar o bebê a se encaixar adequadamente na pelve e, consequentemente, adiantar o parto. Nesse sentido, consulte seu médico se você puder realizar esses exercícios quando atingir as semanas 37 a 40.

1. De quatro

Ficar na posição em que você suspende seu abdômen, descansando em suas mãos, joelhos e pés, deve ajudar seu bebê a assumir a posição ideal para promover o trabalho de parto.

Você pode andar “de quatro” quantas vezes quiser, sem se cansar.

2. Ande de cócoras

Fique de cócoras. Na frente do seu parceiro ou alguém com força, segure-se nos braços dele, agache-se e caminhe de cócoras.

Você pode repetir este exercício toda vez que se sentir confortável, mas sempre sem se cansar.

3. Suba escadas

Suba todas as escadas que você encontrar em seu caminho. É um excelente exercício para promover o encaixe do bebê.

As recomendações básicas são segurar o corrimão, subir devagar e evitar a fadiga.

4. Balançar na bola de borracha

Faça exercícios em uma bola de borracha para fortalecer os músculos das costas, abdômen e pélvis, o que facilita o encaixe do bebê;

A bola de borracha também é usada em muitas salas de parto durante o processo de dilatação, pois é mais confortável sentar nela do que em uma cadeira ou na cama.

Os exercícios ideais para executar na bola de borracha são o fortalecimento do assoalho pélvico, que são aqueles em que você contrai e relaxa todos os músculos nesta área. Você também pode fazer o desenho de um 8 com a pelve ou se mover para a frente e para trás.

Ioga para grávidas

É importante que, ao selecionar a bola de borracha com a qual você vai se exercitar, leve em consideração sua altura:

  • Se você tiver uma altura menor que 1,50 metros, use uma bola de 45 centímetros.
  • Se você medir entre 1,50 e 1,60 metros, use um de 55 centímetros.
  • Aquelas que medirem entre 1,60 e 1,70 metros, devem escolher as de 65 centímetros.
  • Se você medir entre 1,70 e 1,80 metros, o apropriado é a bola de 75 centímetros.
  • Para aquelas que medem mais de 1,80 metros, a opção apropriada é a bola de 85 centímetros.

5. Massagens para adiantar o parto

Existem vários tipos de massagens que favorecem o trabalho de parto. Se você quiser procurar um especialista nessas técnicas, é importante que seja um com experiência em mulheres grávidas. Ele poderá explicar e indicar a melhor maneira de realizar essas massagens para você ou o seu parceiro.

Leia também: 6 lugares do corpo excelentes para fazer massagem

6. Reflexologia

Dentro do arco do pé, no polegar e entre os dedos, há pontos energéticos que podem ser estimulados para adiantar o parto naturalmente.

  • Dentro do arco do pé, bem na frente do calcanhar, aplique uma pressão firme, mas sem causar dor. Este ponto também é útil para aliviar a dor severa durante o parto.
  • Pressione firmemente o centro do seu polegar por alguns minutos e depois mude para o outro polegar. Com essa pressão, a glândula pituitária é estimulada a liberar a ocitocina necessária que causa contrações no útero.
  • Na sola do pé, entre o polegar e o segundo dedo, aplique pressão a um dedo de comprimento. Você identificará este ponto porque você o sentirá mais suave.

7. Acupressão

Essa técnica localiza os pontos energéticos no corpo que podem favorecer e adiantar o parto, pois os estimula a partir da pressão que você aplica nessas áreas. Você pode fazer as massagens sozinha ou pedir ao seu parceiro para fazê-las:

  • Pressione ou massageie a parte superior da pele entre o polegar e o indicador da mão. Este ponto afeta o intestino grosso, que envolve uma parte do útero e estimula as contrações.
  • Pressione e massageie o ponto mais alto do músculo do seu ombro.
  • Aplique pressão no interior do tornozelo. Isso ajuda a amadurecer o colo do útero e fortalecer as contrações fracas.
  • Para ajudar o bebê a descer para a pélvis, pressione o ponto entre o osso do tornozelo e o tendão de Aquiles.
  • Massageie por um minuto a parte inferior das costas, no ponto em que as costas terminam e se inicia a fissura que separa as duas nádegas.
  • Com a língua, pressione o palato o máximo possível.
Massagem nos pés

8. Automassagem do períneo

Para preparar a área pélvica para o parto, você pode realizar uma automassagem do períneo, que favorece a elasticidade dos tecidos vaginais. Você também pode pedir ao seu parceiro para massagear suavemente esta área, o que irá ajudá-la a relaxar.

A ansiedade dos últimos dias de gravidez não ajuda a iniciar o trabalho de parto. Tudo que for a favor do seu relaxamento e, ao mesmo tempo, estimular as contrações do útero será bem-vindo.

Uma massagem suave na área entre a vagina e o ânus pode ser o que você precisa.

Reflexão final

Entre os conselhos populares que você também vai encontrar estão: tomar um banho com água quente, conversar com o seu bebê, comer alimentos como chocolate, alho, curry ou pimenta, chá de ervas de folhas framboesa ou estimular os mamilos. Todos são remédios caseiros muito válidos.

Apesar de não possuírem garantia científica, eles podem ajudá-la a encontrar o estado de tranquilidade de que seu corpo e mente precisam para iniciar o trabalho de parto.

Recomendados para você