Isto dizem os cientistas sobre a paralisia do sono

23 de dezembro de 2019
Embora não se trate de um problema grave, a paralisia do sono pode chegar a nos angustiar, pelo que devemos saber reconhecer seus sintomas e causas.

Você pode nunca ter ouvido falar da paralisia do sono, ou talvez sim. Nós queremos te contar do que se trata, o que produz no organismo, e que possíveis tratamentos existem para evitar que alguém venha sofrê-la.

Realmente, não é nenhuma patologia ou doença grave. Os cientistas a reconhecem como um fenômeno que ocorre quando o corpo está em repouso, geralmente durante as horas de sono. Os cientistas a colocam na classificação internacional de distúrbios do sono como uma parassonia.

Descubra também: 6 dicas para ter uma boa noite de sono após um dia de trabalho

Mulher dormindo

O que é paralisia do sono?

Se você já tentou se levantar da cama ao acordar e não conseguiu, pode ter sofrido paralisia do sono. Trata-se de uma condição muscular na qual se apresenta uma atonia ou frouxidão produzida pela condição de estar dormindo. Essa distensão impede temporariamente a pessoa de realizar qualquer movimento muscular.

Esse fenômeno geralmente ocorre no momento em que estamos adormecendo ou quando estamos acordando. A duração deste fenômeno é muito curta, pode durar entre um e cinco minutos. As pessoas que sofrem dessa paralisia costumam ficar muito assustadas e angustiadas, apesar de estarem perfeitamente despertas e lúcidas.

Não podemos mover os músculos ou articular as palavras. Embora seja complicado, o ideal é se acalmar e esperar tranquilamente até que passe de forma natural..

A ciência explica que essa circunstância ocorre quando acontece uma pequena falha no sistema nervoso. O cérebro acorda do sono, no entanto, devido ao profundo estado de relaxamento, o corpo não obedece às ordens que lhe são enviadas por um curto período de tempo. Pode ser uma explicação um tanto simples, muitas pessoas não ficam satisfeitas quando lhe dizem isso.

Leia também: 5 hábitos que estão arruinando o seu descanso sem você saber

Sintomas

Essa paralisia pode ocorrer em um indivíduo saudável sem aviso prévio, devemos enfatizar que isso não afeta a saúde da pessoa. É um fenômeno bastante habitual e comum. Foi estudado que cerca de 8% da população pode sofrê-lo em algum momento de suas vidas.

Em alguns casos, essa paralisia está diretamente relacionada a pessoas que já sofrem de narcolepsia. Que é uma doença rara que produz episódios súbitos de sono e são impossíveis de prever. Os sintomas mais comuns da paralisia do sono são os seguintes:

  • Não permite que você grite ou fale, a mente funciona perfeitamente, mas você não pode reagir.
  • Sentimento de angústia e medo diante dessa paralisia.
  • Sensação de pressão na área do peito e dificuldade em respirar.
  • Você está ciente de tudo, mas não pode se mover.
  • Pode-se sentir o colchão afundando ou sensações táteis estranhas que realmente não acontecem.
Mulher com insônio

Por que essa paralisia do sono ocorre?

Isso acontece quando o corpo e a mente não estão bem conectados em um dado momento. Durante a fase REM, geralmente sonhamos, enquanto nosso corpo fica completamente paralisado porque os músculos estão muito relaxados descansando. A glicina e o GABA são duas substâncias químicas que ajudam a ter essa “paralisia”, para que não nos movamos durante a noite.

Quando nosso cérebro acorda na fase REM, antes do final do sono, essa paralisia ocorre, porque os músculos ainda não se recuperaram do repouso.

As causas mais comuns para padecer deste distúrbio, que recordamos, que não é nada prejudicial para o organismo, podem ser várias:

  • Viver um forte episódio de estresse.
  • Estar sob muita pressão.
  • Dormir mal muitas noites seguidas, falta de sono e sono acumulado.

Leia também este artigo: 7 orientações para combater a insônia produzida pela ansiedade

Tratamento 

Se você sofreu apenas uma vez com paralisia do sono, não precisa se preocupar com nada, porque isso não traz nenhum risco à sua saúde. Na maioria dos casos não possui um tratamento específico, mas aqui dizemos o que você pode fazer se acontecer novamente.

  • Em primeiro lugar, relaxe e pense que nada de ruim acontece, não entre em pânico.
  • Logo, relaxe, e aguarde pacientemente por alguns minutos, pois o efeito da paralisia desaparecerá.
  • Por outro lado comece a recuperar a mobilidade, mova os dedos das mãos e dos pés aos poucos.
  • Depois de começar a mover partes do seu corpo, levante-se silenciosamente da cama e caminhe devagar.

Em conclusão, se esse fenômeno acontecer com você continuamente, consulte um médico, pois você pode ter uma patologia subjacente a um distúrbio do sono. No entanto, enfatizamos novamente que não é nada grave.