Estilos de natação: qual é o melhor para você?

Todos os estilos de natação possuem características e técnicas diferentes. Por isso, antes de tomar a decisão de praticar qualquer um é bom saber antecipadamente que nível de resistência eles exigem.
Estilos de natação: qual é o melhor para você?

Última atualização: 24 Maio, 2021

Todos os estilos de natação têm muitas vantagens para o nosso bem-estar. Não só ativam os grupos musculares mais importantes do corpo, como também auxiliam na perda de peso e aumentam a resistência física.

No entanto, estes apresentam várias diferenças entre si, principalmente no que diz respeito à técnica e aos músculos envolvidos. Além disso, é claro, alguns são mais difíceis do que outros. A seguir, contaremos os benefícios desta disciplina para a saúde e os estilos que você pode praticar.

Razões para adquirir o hábito de nadar

Os benefícios dos vários estilos de natação foram confirmados pela literatura científica. Para citar um exemplo, podemos falar de um estudo publicado na Biomedical Engineering Online que destaca os efeitos positivos da natação em ritmo moderado para a saúde cardiovascular de pessoas com sobrepeso.

Em relação ao peso corporal, pesquisa publicada no Journal of Sports Medicine and Physical Fitness explica que um programa de natação de 40 minutos, cinco dias por semana por um período de três meses, produziu uma redução significativa no peso e na gordura corporal.

Na verdade, é uma disciplina que proporciona benefícios desde os primeiros estágios da vida. E, de acordo com pesquisas publicadas no Hospital Nutrition, a natação contribui para melhorar a mobilidade funcional e o desenvolvimento neural dos bebês.

Estilos de natação e seus prós e contras

A natação pode ser iniciada em qualquer idade e tem muitas vantagens em comparação com outros esportes. Por exemplo, por ser de baixo impacto, seus danos às articulações e ossos são zero.

Porém, embora todos os estilos sejam contemplados no aprendizado da natação, é importante saber com antecedência quais são suas diferenças, quem pode praticá-los e qual o nível de resistência necessário para cada um. Você ainda não sabe qual é o ideal para você?

Estilo crawl 

O estilo crawl é ideal para iniciantes.

Estilo crawl 

Um dos estilos de natação mais populares é o crawl, e geralmente é o primeiro a ser ensinado. É a modalidade ideal para todos os iniciantes, pois sua técnica é de fácil aprendizado e possui diferentes formas de coordenação.

Também é considerado o mais rápido, pois o movimento constante das pernas e braços otimiza a propulsão. No entanto, às vezes a borboleta pode ultrapassar suas velocidades, principalmente em alguns momentos do seu ciclo.

  • Para fazê-lo corretamente, certifique-se de manter o corpo esticado e a cabeça voltada para a frente, embaixo d’água.
  • Em seguida, comece a alternar as braçadas, acompanhados das pernas.
  • Quando sentir necessidade de respirar, tire a cabeça da água para o lado, acompanhando a virada do braço.
  • Idealmente, você deve aprender a dominar a respiração bilateral para ter um melhor desempenho.

Estilos de natação: borboleta 

O estilo borboleta surgiu na década de 50 como uma variante do nado de peito. É a mais moderna de todas as variantes de natação, e também uma das mais marcantes. Devido aos movimentos envolvidos, requer altos níveis de força física e boa coordenação.

Além disso, aqueles que começam em sua prática devem ter cuidado, pois um movimento ruim pode terminar em dor muscular. Portanto, é recomendado quando a pessoa já domina outro estilo, e tem um bom desenvolvimento muscular abdominal.

  • Coloque-se em uma posição ventral, semelhante ao crawl, mas concentre-se em conseguir uma boa coordenação entre o movimento dos braços e pernas. Com as pernas você deve fazer um movimento semelhante ao esvoaçar dos golfinhos.
  • O chute é uma das partes mais complexas, porque você deve manter as pernas juntas para alcançar um movimento de onda constante. Isso permite que você alcance uma melhor propulsão dentro da água, e o espaço para fazer a respiração.

Estilo de costas 

Um dos estilos de natação que geralmente são usados ​​para fins terapêuticos é o estilo das costas. É a terceira variante mais rápida entre as modalidades de natação, muito próximo da borboleta, mas longe do nado peito, que é o último.

Devido às suas características, muitos o catalogam como uma variante do crawl. Inclusive, em alguns textos, ainda é conhecido como “crawl de costas”. A única regra especial que você precisa ter, é permanecer de costas durante todo o exercício.

  • Coloque-se de peito para cima, para que você possa executar os movimentos de braçada para trás, de forma alternada.
  • Ao mesmo tempo, chute com as pernas de maneira semelhante ao estilo crawl.
  • Ao fazer o movimento dos braços, tenha em mente o movimento dos ombros durante todo o mergulho, pois é decisivo para realizar o exercício corretamente.

Estilo de peito ou bruços 

Estilo de peito ou bruços 

O estilo de peito, também conhecido como bruços, é a forma mais lenta de natação, embora não seja a mais fácil devido a isso. Sua diferença em relação aos outros estilos é que tanto a braçada quanto o chute têm a mesma importância.

  • Posicione-se em uma posição ventral, realizando movimentos sincronizados de braços e pernas.
  • Você deve alcançar um movimento ascendente e descendente dos ombros e quadris, acrescentando a coordenação dos braços.
  • Você não pode virar as costas, e terá que verificar se os movimentos dos braços e pernas estão no mesmo plano horizontal.
  • Os cotovelos permanecem na água, exceto no ponto de virada e chegada.

Concentre-se na técnica de natação

Antes de terminar, lembre-se de que se você quiser dominar os estilos e aprimorar sua técnica de nataçãodeve ser constante nos treinos de cada modalidade. Tente começar com os mais fáceis e deixe os complexos para quando você tiver mais resistência física.

Como última recomendação, deve-se destacar que a orientação e supervisão de um treinador é sempre aconselhável. Desta forma, você progredirá mais rapidamente e poderá corrigir defeitos técnicos que podem causar lesões.

Pode interessar a você...
A natação: um exercício completo para a sua saúde
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
A natação: um exercício completo para a sua saúde

A natação é considerado um exercício muito completo para a saúde. Porém, não é uma atividade pela qual muitas pessoas se atraiam.

 



  • Yuan WX, Liu HB, Gao FS, Wang YX, Qin KR. Effects of 8-week swimming training on carotid arterial stiffness and hemodynamics in young overweight adults. Biomed Eng Online. 2016 Dec 28;15(Suppl 2):151. doi: 10.1186/s12938-016-0274-y. PMID: 28155720; PMCID: PMC5260035.
  • Latorre García, Julio, Sánchez-López, Antonio Manuel, Baena García, Laura, Noack Segovia, Jessica Pamela, & Aguilar-Cordero, María José. (2016). Influencia de la actividad física acuática sobre el neurodesarrollo de los bebés: revisión sistemática. Nutrición Hospitalaria, 33(Supl. 5), 10-17. https://dx.doi.org/10.20960/nh.515
  • Gappmaier, E., Lake, W., Nelson, A. G., & Fisher, A. G. (2006). Aerobic exercise in water versus walking on land: Effects on indices of fat reduction and weight loss of obese women. Journal of Sports Medicine and Physical Fitness, 46(4), 564-9. Retrieved from https://search.proquest.com/docview/202675658?accountid=6724