Os idosos "forçados" pelos filhos a cuidar dos netos

Saturar os avós com responsabilidades pode prejudicar o seu bem-estar e o dos filhos. Veja neste artigo as consequências de forçá-los a cuidar dos netos!
Os idosos "forçados" pelos filhos a cuidar dos netos

Última atualização: 11 fevereiro, 2022

Os avós são uma peça fundamental na formação dos filhos, porque lhes dão amor incondicional e fazem com que vivam experiências que ficarão na memória para a vida toda. Além disso, são as pessoas que estão sempre dispostas a compreendê-los e tranquilizá-los quando precisam.

Depois dos pais, os avós são as pessoas a quem a maioria dos filhos procura para abrir o coração e expressar a sua confiança. Com eles encontram proteção, segurança e bem-estar, pois o seu cuidado é amoroso.

Os avós se tornam cúmplices das crianças, pois o seu amor exagerado os leva a realizar a maior parte de seus caprichos. Isso acontece porque eles já experimentaram o que é ser “pais severos” e, na velhice, desejam desfrutar de uma nova etapa da paternidade.

São pessoas que estão sempre dispostas a brincar com as crianças e proporcionar-lhes momentos de diversão. Dessa forma, auxiliam no fortalecimento das habilidades motoras e no aumento da autoestima.

Avós forçados a cuidar dos netos

Além disso, aproveitam a sua grande experiência para transmitir alguns ensinamentos vitais aos pequenos. Assim, compartilham com eles experiências que os fazem refletir, mostram qual é a maneira certa de agir, e isso permite que sejam pessoas melhores.

Porém, é fundamental entender que existe um limite e que toda a responsabilidade não pode recair sobre os avós. A obrigação de cuidar dos filhos é dos pais, e não dos avós.

Avós forçados a cuidar dos netos

A terceira idade é uma fase em que as pessoas merecem descanso e não têm mais a mesma disposição para manter funções exaustivas. No entanto, muitos pais atribuem aos avós a responsabilidade diária de cuidar dos netos.

Isso pode causar problemas físicos, uma vez que cuidar de uma criança implica estar sempre em movimento. O esforço excessivo pode causar incômodos, e estas são pessoas que já não têm a mesma predisposição para suportar grandes desgastes.

Esse cenário também pode lhes trazer transtornos a nível emocional; podem ficar muito estressados, ter dificuldades para dormir e perceber uma sobrecarga de responsabilidades.

Idosos obrigados a cuidar dos netos

Além disso, os avós podem sentir que não têm tempo para cuidar das suas próprias necessidades. Dessa forma, eles podem negligenciar hábitos diários e adiar as suas consultas médicas.

Ainda assim, muitos avós tendem a aceitar esse comportamento porque acreditam que seus filhos podem “ficar chateados” ou que os netos vão pensar que eles não gostam deles.

As consequências para as crianças

Quando o cuidado da criança recai sobre os avós, elas sentem um vazio emocional que não conseguem preencher. Chegam a pensar que os seus pais não têm interesse por elas ou não estão acompanhando o seu desenvolvimento.

Além disso, não conseguem estabelecer um vínculo estreito com os pais, porque não mantêm um diálogo frequente para ganhar confiança.

Avós e netos

Cuidar dos netos: o que devemos considerar

Por todas essas razões, é fundamental entender que os avós apoiam, mas a responsabilidade não deve recair inteiramente sobre eles. Não há nada de errado em recorrer aos avós se eles tiverem disponibilidade e vontade de “dar uma mãozinha”. Quando isso é voluntário, todos ficam felizes; o problema surge quando a ajuda vira uma obrigação.

Além disso, a relação correta entre todas as partes permite que a criança se sinta mais plena, pois recebe uma grande dose de amor e apoio de toda a família. Além disso, os avós podem lhe dar um amor incondicional e, ao mesmo tempo, cuidar do próprio bem-estar.

This might interest you...
Josefa Feitosa, uma avó diferente das demais
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Josefa Feitosa, uma avó diferente das demais

Josefa Feitosa, também conhecida como Jô, é uma avó muito diferente das tradicionais. Ela tem muito orgulho das suas escolhas.