Ser avó pela primeira vez

· 10 de agosto de 2018
Ser avó pela primeira vez é um acontecimento único que você deve aproveitar ao máximo.

Você vai ser avó? Então prepare-se para entender sentimentos completamente novos. Descobrir que vai ser avó te enche de sentimentos contraditórios, como alegria e preocupação.

A alegria é pela chegada de um bebê que vai roubar o seu coração. Já a preocupação é porque você provavelmente acha que seu filho não está preparado para esta nova etapa. Ainda assim, o amor que sentimos por nossos netos é tão grande que todos esses sentimentos acabam desaparecendo.

Avós de primeira viagem

Por outro lado, as avós de primeira viagem costumam ter pensamentos contraditórios, principalmente se forem jovens e vaidosas. Muitas vezes, rejeitam a ideia de alguém chamá-las de “vó” e pedem para serem chamadas de tia.

Mesmo se esse for o seu caso, assim que ouvir seu netinho dizer vovó pela primeira, você vai esquecer imediatamente todos esses pensamentos. A partir de então, compartilhará sua história com todas as outras futuras jovens avós.

Ser avó pela primeira vez é maravilhoso

Prepare-se para descobrir um novo universo dentro de você, cheio de lágrimas e sorrisos. Os netos nos ensinam uma nova forma de amar. É um amor extraordinário, completamente diferente do que sentimos por nossos filhos. Por isso, ser avó pela primeira vez é maravilhoso.

Que é avó pela primeira vez abraça muito os seus netos

Ser avó pela primeira vez é abrir seu coração

Quando uma gravidez não é planejada, muitas futuras avós ficam insatisfeitas com a notícia de que terão um primeiro netinho. Isso pode acontecer porque talvez você também já tenha passado por isso.

Nessa hora, você deve abrir o coração, ciente de que, apenas assim, a chegada do bebê mudará o seu mundo em poucos segundos.

Os netos são um espelho

A medida que o seu netinho for crescendo, você vai começar a notar alguns traços seus e de seus filhos refletidos nele a todo momento, trazendo memórias da sua infância. Quando ele sorrir, por exemplo, fará você se lembrar dos belos sorrisos dos seus filhos quando eram pequenos.

Da mesma forma, quando ele começar a comer e a ter preferência por algumas frutas específicas, isso trará recordações de quando você era pequena e também gostava mais de determinadas frutas, e das que gosta até hoje.

Quando e como participar dos planos dos pais

Não saia espalhando por aí a chegada do novo membro da família. Espere que os pais se manifestem. Eles vão querer ser os portadores das boas novas.

Quanto aos presentes que quiser dar ao seu neto, tente visitar algumas lojas junto com os futuros pais para mostrar o que deseja comprar e pedir a opinião deles. Além disso, use a sua experiência para sugerir que comprem o for necessário para o bebê.

Dessa forma, você poderá se integrar pouco a pouco nos planos dos pais. Do contrário, é possível que comecem a sentir ciúmes uns dos outros, o que pode acarretar futuros conflitos.

Alguns conselhos para quem vai ser avó pela primeira vez

Converse com seus filhos sobre o quanto é maravilhoso ser avó pela primeira vez

É muito importante que seus filhos saibam do amor que está crescendo dentro de você diante dessa belíssima notícia, que saibam o quão lindo é ser avó pela primeira vez e que, se for menina, você gostaria que a criança tivesse o seu nome.

Lembre-se de que o novo bebê é seu neto, e não seu filho

Avó segurando pezinhos do neto

Você pensará diversas vezes coisas como: “Esses pais de primeira viagem não têm a experiência que eu adquiri ao criá-los. Meus netos vão dar trabalho”.

Porém, é importante que você se lembre que, de agora em diante a responsabilidade pela educação e a criação dos filhos é dos pais, e não da avó. Mas não tenha medo de intervir quando sua ajuda for solicitada.

Conclusão

Para concluir, ao ser avó pela primeira vez, é importante ter em mente que a relação que você vai ter com os seus netos é diferente da que tem com os seus filhos. Os netinhos são para ser adorados, abraçados, mimados e amados.

Na verdade, você deve se tornar cúmplice deles, mas sem perder o equilíbrio existente entre o respeito e a autoridade dos pais e a participação da avó.