Para que serve a hidroquinona?

Se você deseja eliminar manchas da pele, pergunte ao seu dermatologista de confiança sobre a possibilidade de fazer um tratamento com hidroquinona.
Para que serve a hidroquinona?

Última atualização: 21 Agosto, 2020

A hidroquinona é um produto químico utilizado em cosméticos para tratamentos despigmentantes. É usada, principalmente, para clarear manchas especialmente escuras na pele.

Existem produtos com diferentes concentrações de hidroquinona em sua composição. Quanto maior a concentração, mais forte é a ação despigmentante.

Mecanismo de ação da hidroquinona

A Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos explica que a melanina é a substância responsável pela pigmentação da pele, assim como do cabelo e até da íris dos olhos.

A hidroquinona exerce sua ação bloqueando a produção de melanina na pele e, paralelamente, aumentando a degradação das células que armazenam melanina. O bloqueio da produção de melanina é realizado por meio da inibição da tirosinase, uma enzima que transforma a tirosina em melanina.

Além disso, altera a estrutura dos melanossomos, aumentando sua degradação ou diminuindo sua produção. O resultado do tratamento com hidroquinona é uma pele mais macia e com uma tonalidade mais uniforme.

Em quais casos ela é indicada?

Manchas na pele do rosto

A hidroquinona é usada para tratar hiperpigmentações cutâneas como melasma, cloasma ou lentigos. Os lentigos são um tipo de mancha bastante comum que aparece por causa da exposição crônica ao sol, e geralmente são notados após o verão.

Existem diferentes alternativas e tratamentos dependendo do tipo de mancha cutânea. A hidroquinona é uma delas e seu uso é frequente, como é possível encontrar na enciclopédia médica citada alguns parágrafos acima. No entanto, é importante que o profissional determine qual é a opção mais adequada em cada caso.

São várias as causas que favorecem o aparecimento de manchas, mas a mais comum é a exposição solar. Embora a radiação solar seja um fator determinante, não é o único. Existem outros fatores que interferem no aparecimento das manchas, como:

  • Fototipo de pele: são mais comuns em peles claras, fototipos I ou II.
  • Medicamentos: alguns fármacos, como os anticoncepcionais, são fotossensíveis e podem causar manchas na pele.
  • Gravidez.
  • Tabagismo.
  • Genética e idade.
  • Lesões cutâneas prévias.

Leia também: 3 tratamentos para reduzir as manchas causadas por melasma

Como a hidroquinona é utilizada?

O artigo Hydroquinone Skin Bleaching Cream da WebMD afirma que esse composto pode ser usado em qualquer parte do corpo que tenha alguma mancha que se deseja clarear. No entanto, é necessário ter cuidado com os olhos e as mucosas.

Deve ser aplicada à noite na área a ser tratada, que não deve ser exposta ao sol sem protetor solar. Caso você tenha pele sensível, é aconselhável fazer o teste de sensibilidade antes de usar o produto.

A hidroquinona interfere apenas na formação de nova melanina. Portanto, o efeito despigmentante não é imediato e leva várias semanas para que seus benefícios possam ser observados na pele.

Além disso, o efeito da hidroquinona é temporário. Isso ocorre porque a produção de melanina é reativada quando o tratamento é interrompido. No entanto, a despigmentação pode persistir entre 2 e 6 meses após o término do tratamento.

Quais são as possíveis reações adversas?

Reação alérgica na pele

Entre as complicações mais frequentes que podem ser causadas pelo uso da hidroquinona e que foram coletadas pela WebMD, estão as seguintes:

  • Dermatite irritante de contato.
  • Vermelhidão da pele.
  • Alergia ao componente.
  • Sensação de ardor.

No entanto, em algumas pessoas, outras reações também podem aparecer, como bolhas, inchaço da pele ou da língua, dificuldade para respirar e dor no peito. Além disso, a hidroquinona é fotossensível, o que significa que, com a exposição à luz solar, pode causar outras manchas e piorar ainda mais a aparência da pele.

Outros efeitos secundários estão relacionados à aplicação do creme por longos períodos, como a perda de elasticidade da pele ou a descoloração das unhas.

Além disso, o uso prolongado pode levar ao excesso de pigmento, conhecido como ocronose. É uma mancha azul escura, quase irreversível e muito difícil de remover.

Também existe o risco de desenvolver alergia ao produto. Para saber se você é sensível à hidroquinona, é conveniente aplicá-la previamente em uma pequena área da pele. Embora uma leve vermelhidão seja considerada normal, se aparecerem sinais de uma reação alérgica, deve-se interromper o uso.

Leia também:  O que são os medicamentos fotossensíveis?

Recomenda-se o uso sob supervisão médica

Para a obtenção dos resultados, seria conveniente utilizar o despigmentante de forma regular e combiná-lo com o fotoprotetor específico para cada caso.

Dessa forma, os resultados obtidos com o tratamento seriam muito melhores e mais duradouros. Não se esqueça de consultar seu dermatologista para saber se esse é o tratamento mais adequado para você.

Pode interessar a você...
Cremes caseiros para eliminar as manchas do rosto
Mejor con SaludLeerlo en Mejor con Salud
Cremes caseiros para eliminar as manchas do rosto

Utilize receitas caseiras fáceis para eliminar as manchas do rosto. Neste artigo, falaremos um pouco mais sobre o assunto.