Fotossensibilidade induzida por medicamentos

Estima-se que cerca de 3.000 medicamentos possam causar reações de fotossensibilidade. Em que consiste esse problema? Quais são os sintomas? Convidamos você a descobrir as respostas neste artigo.
Fotossensibilidade induzida por medicamentos

Última atualização: 12 Janeiro, 2021

A fotossensibilidade induzida por medicamentos é bastante comum. Estima-se que cerca de 3.000 medicamentos possam causar esse efeito. Ela pode se apresentar como uma reação fototóxica ou como uma reação fotoalérgica.

Nesse sentido, todas as reações fototóxicas ou fotoalérgicas serão reações de fotossensibilidade, mas nem todas as reações de fotossensibilidade serão fototóxicas ou fotoalérgicas. Todas essas são reações anormais que ocorrem na pele após a exposição ao sol e após o uso de certos medicamentos.

Especialmente durante o verão, é essencial ter cuidado com esse tipo de problema. Por esse motivo, especialistas em saúde e pacientes devem ser informados sobre quais são esses medicamentos e que reações eles podem causar. 

O que é a fotossensibilidade induzida por medicamentos?

Como dissemos, é uma reação da cútis que ocorre quando os raios do sol atingem a pele e interagem com alguns dos compostos químicos do medicamento fotossensível.

Esses compostos, que reagem com o espectro de luz compreendido entre a luz visível e a radiação ultravioleta, podem ser tanto o princípio ativo quanto um dos excipientes que fazem parte da formulação.

Vale ressaltar que as reações de fotossensibilidade representam 8% de todas as reações adversas a medicamentos, e entre os fatores de risco está a pigmentação da pele. Quanto mais pigmentada, maior a probabilidade de sofrer tais reações.

Além da pigmentação, existem outros grupos populacionais que são suscetíveis. Entre eles, encontramos os seguintes:

  • Pacientes que estão sob tratamento com medicamentos AINEs por uma dor crônica.
  • Pacientes com câncer que estão sendo tratados com quimioterapia.
  • Pessoas com doença psiquiátrica tratadas com fenotizinas.
  • Pacientes com pressão alta que usam diuréticos tiazídicos como tratamento.
  • Idosos e pacientes com um sistema imunológico fraco.
Pessoa tomando medicamentos
A fotossensibilidade induzida por medicamentos se manifesta com sintomas semelhantes aos das queimaduras solares.

O que é uma reação fototóxica?

Como discutido, uma reação fototóxica é um tipo de reação de fotossensibilidade induzida por medicamentos. Ela é diferente da fotoalérgica, como veremos mais adiante, por ser uma reação de fototoxicidade na qual o sistema imunológico não está envolvido.

Representa 95% de todas as reações de fotossensibilidade induzidas por medicamentos. Desenvolve-se alguns minutos ou horas depois de tomar o medicamento, e seus principais sintomas são os seguintes:

Essas reações são mais comuns com medicamentos administrados por via oral e se desenvolvem porque os radicais livres interagem com o oxigênio, resultando em substâncias químicas altamente reativas e que danificam as células.

O que é uma reação fotoalérgica?

Este é outro tipo de reação de fotossensibilidade. Nesse tipo de reação, como discutimos, o sistema imunológico está envolvido. Para que seja desencadeada, é necessária uma transformação química pela incidência de raios UV no medicamento administrado.

O medicamento é transformado em outra substância química chamado hapteno, que interage com as proteínas da pele e, eventualmente, desencadeia uma reação imunológica.

Entre os sintomas mais característicos, encontramos uma inflamação eczematosa se o medicamento foi administrado por via oral, ou erupção cutânea caso tenha sido administrado por via sistêmica.

Mulher com alergia no braço
O sistema imunológico está envolvido na reação fotoalérgica. As lesões são do tipo eczematoso.

Quais são os medicamentos que podem causar reações de fotossensibilidade?

Existem muitos medicamentos que podem ter esse tipo de reação. Você deve sempre consultar as especificações técnicas dos medicamentos para saber se são medicamentos fotossensíveis ou não.

No entanto, fornecemos uma pequena lista de alguns desses medicamentos a seguir. Obviamente, lembre-se de que existem muitos outros. Por isso, você deve sempre consultar o seu médico ou um farmacêutico.

  • Antimicrobianos: como as tetraciclinas, cefalosporinas ou medicamentos para a tuberculose.
  • Medicamentos cardiovasculares: tiazidas, inibidores da ECA ou estatinas.
  • Drogas hipoglicêmicas: são medicamentos que reduzem os níveis de glicose.
  • AINEs ou anti-inflamatórios não esteroides.
  • Retinoides
  • Drogas psicotrópicas.
  • Agentes quimioterápicos.
  • Anti-histamínicos.

Informar-se sobre os medicamentos é fundamental

É essencial se informar sobre os efeitos colaterais que os medicamentos podem causar. Para fazer isso, você pode ler tanto a bula quanto a ficha técnica, ou consultar o seu médico. As reações de fotossensibilidade induzidas por medicamentos são comuns, e conhecer os seus gatilhos é muito importante para evitá-las.

Pode interessar a você...
Raios UVA e UVB: qual a diferença entre eles?
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Raios UVA e UVB: qual a diferença entre eles?

Os raios solares alcançam a terra de acordo com o seu tipo, estes podem ser raios UVA e UVB. Você sabe qual é a diferença entre eles?