Fezes brancas ou esbranquiçadas: causas do seu aparecimento e abordagem

6 de agosto de 2018
Quando as fezes brancas ou esbranquiçadas aparecem, nos preocupamos. Neste artigo, dizemos por que elas aparecem, quais são suas causas, o que são e por que elas surgem, pois exigem muita atenção.

As fezes nos dão informações sobre a condição dos intestinos e do trato digestivo. Uma mudança de cor pode ser um sinal de alerta da presença de uma doença. Por exemplo, as fezes brancas indicam que há um problema no organismo.

As fezes variam em um grande número de tons de marrom e até verde e preto, mas quando vemos as fezes brancas ou esbranquiçadas, o que devemos fazer?

Fezes brancas ou esbranquiçadas

Quando as fezes são brancas ou um tom de argila, isso indica que temos um problema no sistema biliar (pâncreas, fígado ou vesícula biliar). A cor marrom das fezes é dada pelos sais biliares secretados pelo fígado.

Quando são brancas, podem estar relacionadas a uma infecção no fígado que diminui a produção de bile ou há uma obstrução nas vias biliares. Existe uma incapacidade do sistema digestivo de absorver gorduras corretamente.

Também, podemos encontrar fezes de cor clara (amarelo a cinza) e gordurosas, esta condição é chamada de “acolia”.

É comum ter um problema em determinado momento em nossa vida. Existem mudanças que podem variar de mudanças simples e temporárias a mudanças alarmantes e impressionantes.

Leia também: Fatores que causam prisão de ventre

Possíveis causas do aparecimento de fezes brancas

Fezes brancas ou esbranquiçadas podem ser consequência de várias condições, como o consumo de determinados medicamentos, maus hábitos de vida ou determinadas doenças.

1. Medicamentos

Alguns medicamentos podem provocar fezes brancas ou pálidas

O consumo de certos medicamentos faz com que as fezes se tornem brancas nas pessoas. Um exemplo disso são os antibióticos usados ​​para tratar infecções, como tuberculose ou desconfortos intestinais, como diarreia.

Também anti-inflamatórios e contraceptivos orais causam fezes brancas. Além disso, os esteroides anabolizantes podem causar hepatite medicamentosa e fezes brancas.

As fezes brancas geralmente normalizam semanas mais tarde, após a interrupção no uso da medicação.

2. Hepatite

A hepatite é a inflamação do fígado, geralmente de origem viral, causada pelo vírus da hepatite A, B ou C. O vírus da hepatite C é o mais perigoso. Quando não é tratado, torna-se fatal.

Um dos sintomas da hepatite são fezes esbranquiçadas ou cor de argila causadas pelo mau funcionamento do fígado.

3. Hepatite alcoólica

As bebidas alcoólicas podem provocar fezes brancas ou pálidas

A causa desta doença é o consumo excessivo de álcool. Ela se manifesta com inflamação do fígado. Dependerá da quantidade de álcool ingerido e da duração desse hábito.

Os sintomas são ascite, fadiga, edema, encefalopatia hepática e icterícia. A hepatite é uma das causas que resultam em fezes brancas e esbranquiçadas. A hepatite (alcoólica ou viral) pode resultar em cirrose.

4. Cirrose biliar

 cirrose biliar é uma doença crônica, irreversível do fígado em fase terminal. As células do fígado são destruídas, provocando irritação e inflamação das vias biliares do fígado.

O fluxo de bílis é bloqueado, isso causa danos às células do fígado. Depois, forma-se uma cicatriz chamada cirrose. Um dos efeitos da cirrose é que as fezes se tornam brancas.

5. Câncer

Bactérias que se encontram nas fezes

Alguns tipos de câncer podem causar fezes brancas ou esbranquiçadas juntamente com fadiga. O câncer do pâncreas, tumores biliares e outros cânceres que bloqueiam o canal biliar, causam a deposição cor de argila que se torna amarela clara ou por causa da ausência de enzimas digestivas provenientes do pâncreas.

Isso também pode causar fadiga, uma vez que o alimento não está completamente digerido e os nutrientes não podem ser absorvidos, resultando em uma possível malnutrição.

6. Cálculos biliares

Os cálculos biliares são resíduos solidificados na vesícula biliar, que obstruem o fluxo de bile. As pedras são formadas por colesterol ou bilirrubina endurecida.

Quando os cálculos biliares são grandes, às vezes bloqueiam os canais biliares, que são os que liberam a bile cheia de bilirrubina aos intestinos, o que faz com que as fezes fiquem esbranquiçadas.

Quando são grandes e não podem ser combatidas com medicação, a cirurgia deve ser realizada para removê-las.

7. Colangite esclerosante primária

Mulher sentada no vaso

De acordo com comunicado da Sociedade Brasileira de Hepatologia, a colangite esclerosante é uma inflamação e fibrose dos ductos biliares, os tubos que transportam a bile. Esta condição provoca que a bile não circule adequadamente, o que acaba gerando fezes esbranquiçadas.

No entanto, esta doença é tratada por medicação ou cirurgia.

Diagnóstico e abordagem das fezes brancas

O aparecimento de fezes brancas é uma condição séria que deve ser analisada rapidamente por um médico especialista, como um gastroenterologista, quem deve fornecer uma abordagem adequada assim que as causas forem descobertas e diagnosticadas.

Os testes que devem ser realizados para ter um diagnóstico preciso pelo médico podem ser os seguintes:

  • Análise de sangue: os valores irão determinar alguma anormalidade.
  • Tomografia computadorizada: trata-se de um teste de diagnóstico que gera uma imagem do interior do corpo.
  • Colangiopancreatografia retrógrada endoscópica (CPRE): um tipo especial de ressonância magnética que captura imagens detalhadas do sistema biliar.
  • Um ultrassom abdominal: cria uma imagem dos órgãos para verificar se tudo está em ordem e no lugar.
  • Testes de função hepática.
  • Cirurgia: para encontrar defeitos no trato biliar.

Uma vez tratada a causa que provoca o aparecimento de fezes brancas e esbranquiçadas, o problema deve reverter. Caso o problema não for abordado, as fezes irão manter sua aparência anormal e o tratamento deverá ser mais específico.

Fezes brancas em crianças: causas e abordagem

As Fezes brancas ou pálidas podem indicar um problema de prisão de ventre

É sempre importante ter consciência das fezes dos nossos filhos, pois podem revelar problemas de saúde. As fezes esbranquiçadas, ou a diarreia branca, são comuns em crianças, às vezes devido ao leite ou aos seus derivados que não caem bem.

Quando temos filhos, devemos sempre estar informados sobre o motivo e as causas das fezes brancas, bem como sobre qual é a abordagem mais apropriada para o caso.

Veja também: Diarreia nas crianças: como tratar?

Causas de fezes brancas em crianças

Esse problema pode se desenvolver pelas seguintes causas:

  • Hepatite.
  • Má qualidade, quantidade e proporção do que comem.
  • O consumo de alimentos frios.
  • Pobre absorção de produtos alimentares devido a um pequeno parasita que danifica o intestino.

Abordagem das fezes brancas ou esbranquiçadas em crianças

Segundo um trabalho feito pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, a primeira coisa que você deve fazer quando uma criança tem fezes brancas ou esbranquiçadas é ir ao médico. Realizar cultura de fezes da criança.

Nesses casos, o mais conveniente é beber bastante líquido para evitar a desidratação. A criança requer muita água e sais minerais. Às vezes, há germes que causam fezes brancas, para isso, às vezes os profissionais indicam antibióticos.

Você nunca deve usar medicamentos, como a loperamida (antidiarreico), sem a indicação apropriada do pediatra. A mesma indicação aplica para qualquer outro medicamento.

  • Beckingham IJ, Ryder SD. ABC of diseases of liver, pancreas, and biliary system. Investigation of liver and biliary disease. BMJ. 2001;322(7277):33–36. doi:10.1136/bmj.322.7277.33
  • Thomas ME, Luton P, Mortimer JY. Virus diarrhoea associated with pale fatty faeces. J Hyg (Lond). 1981;87(2):313–319. doi:10.1017/s0022172400069539
  • Stern TA, Pallais JC, Scharf JM, Schlozman SC. Found in feces: differential diagnosis, workup, and treatment. Prim Care Companion CNS Disord. 2012;14(3):PCC.12f01341. doi:10.4088/PCC.12f01341