11 sinais de toxicidade no fígado

O fígado é um órgão importante do corpo humano, tão sensível que é afetado por inúmeros processos inflamatórios, drogas, defeitos genéticos, substâncias industriais tóxicas e até mesmo por certos elementos da natureza. 
11 sinais de toxicidade no fígado

Última atualização: 14 Fevereiro, 2021

A toxicidade do fígado, mais conhecida como hepatoxicidade, é um problema que vem aumentando devido à necessidade de uso de certos medicamentos ou substâncias orgânicas. Embora a princípio possa passar despercebida, à medida que avança, algumas manifestações clínicas se tornam evidentes.

O fígado é um dos principais órgãos do corpo. Atua na metabolização de nutrientes, medicamentos e outras substâncias tóxicas. Quando não é possível, surge uma série de complicações características, como a toxicidade.

Toxicidade no fígado

Conforme explicado em uma publicação na revista Medicine, a hepatotoxicidade é definida como danos ao fígado causados ​​pela exposição a um medicamento ou a certos agentes não farmacológicos. A capacidade do fígado de filtrar substâncias o torna suscetível a fenômenos de toxicidade.

De fato, atualmente, tanto nos Estados Unidos quanto na Europa, a toxicidade no fígado representa um grande problema de saúde que vem aumentando, fazendo com que algumas substâncias sejam suspensas ou retiradas do mercado para acarretar o problema. As toxinas do fígado incluem:

  • Alguns medicamentos (principalmente antibióticos e anti-inflamatórios)
  • Substâncias industriais ou naturais (por exemplo: cogumelos, toxinas industriais, drogas recreativas, etc.) que causam uma reação anormal.

Sintomas de toxicidade no fígado

Os sinais de toxicidade no fígado são muito semelhantes aos casos de hepatite viral. Quando a toxicidade no fígado é causada por medicamentos, ela pode assumir qualquer manifestação de doença hepática, ou seja, doenças que impedem o fígado de funcionar ou funcionar bem.

Segundo informações da Clínica Mayo, os casos leves podem não apresentar sintomas e ser detectados por meio de um exame de sangue. No entanto, quando ocorrem manifestações clínicas, elas podem incluir:

  • Febre
  • Náusea e vômito
  • Cansaço e fadiga
  • Perda de apetite
  • Coceira na pele
  • Aparência de hematomas
  • Fluido no abdômen (ascite)
  • Dor abdominal e distensão abdominal
  • Mudanças de cor nas fezes
  • Cor da urina para um tom mais escuro
  • Icterícia (amarelecimento da pele e da parte branca dos olhos)

Os sintomas acima são geralmente identificados horas após a exposição a certas toxinas hepáticas previsíveis. No entanto, no caso de toxinas hepáticas imprevisíveis, os sintomas podem levar semanas ou até meses para aparecer

Produtos naturais relacionados à toxicidade do fígado

Como já antecipamos, a toxicidade no fígado é causada principalmente por certos medicamentos, mas também por toxinas industriais e agentes não farmacológicos. Os mecanismos associados a este problema podem ser vistos em estudo publicado na Toxicological SciencesEm detalhes, eles incluem o seguinte.

1. Algumas plantas medicinais

A lista de plantas medicinais de comprovada toxicidade, realizada pela agência espanhola de farmacovigilância, em conjunto com o Governo espanhol, pode ajudar a verificar se os medicamentos à base de plantas medicinais que consumimos podem ser prejudiciais à saúde.

Algumas plantas medicinais

2. Suplementos nutricionais e remédios naturais

Ao contrário do que muitos acreditam, alguns remédios à base de ervas apresentam risco de toxicidade hepática. Na verdade, uma publicação no World Journal of Hepatology sugere que seu consumo deve ser regulamentado.

Produtos combinados também são desencorajados. Na lista estão:

  • Babosa
  • Valeriana officinalis
  • Morinda citrifollia (suco de Noni)
  • Viscus album (visco)
  • Glycine max (isoflavonas de soja)
  • Cinnamomum camphora (óleo de cânfora, Vick VapoRub)

É preciso observar que o risco quase sempre ocorre devido ao consumo excessivo. Portanto, desde que sejam tomados com moderação, eles não devem representar um problema. Em qualquer caso, é melhor consultar um médico.

Descubra: Como preparar uma infusão de boldo para proteger o fígado

3. Cogumelos

Alguns cogumelos ou fungos contêm toxinas. Estas são toxinas hepatotóxicas, ou seja, causam a morte de células e tecidos do fígado e rinsSem atenção médica adequada, pode levar à morte por parada cardíaca em dois dias. Seus efeitos podem incluir:

  • Vômito
  • Doença
  • Sangramenti
  • Dor de estômago

4. Drogas e agentes químicos

Drogas e agentes químicos

Essas substâncias incluem cocaína, ecstasy, pesticidas, herbicidas, cloreto de vinila e alimentos contaminados.

Diagnóstico da toxicidade no fígado

Não existem testes concisos que diagnostiquem definitivamente a existência da toxicidade no fígado. Assim, devido à semelhança dos sintomas, é necessário realizar alguns exames médicos para descartar que sejam consequência de hepatite por vírus ou outra causa. Os testes incluem:

  • Exame físico
  • Análise de sangue
  • Biópsia do fígado
  • Testes de imagem

Leia também: Melhore a saúde do seu fígado com um simples remédio: o boldo

Tratamento da toxicidade do fígado

Tratamento da toxicidade do fígado

Além da acetilcisteína, substância que permite purificar as toxinas do fígado em caso de envenenamento pela administração de grandes quantidades de paracetamolnão existe um tratamento específico ou antídoto para combater o problema. 

Uma medida fundamental é retirar a substância suspeita, tratar sintomas como vômitos, descansar e evitar substâncias que complicam o quadro clínico. Em casos muito graves, pode ser sugerido um transplante de fígado.

Perigos de toxicidade no fígado

Os sintomas de toxicidade hepática geralmente melhoram a partir da suspensão da substância tóxica. No entanto, se a doença não for curada, pode causar insuficiência hepática, irreversivelmente dando lugar à cirrose.

Como você pôde ver, os riscos de toxicidade hepática podem ser elevados. Portanto, é importante identificar os sinais de toxicidade no fígado para evitar complicações de saúde. Se você identificou qualquer sintoma, não hesite em consultar um médico.

Pode interessar a você...
8 alimentos que você deve evitar para ter um fígado saudável
Mejor con SaludLeerlo en Mejor con Salud
8 alimentos que você deve evitar para ter um fígado saudável

Um fígado saudável é um indispensável para todo o organismo. Conheça 8 alimentos que devemos evitar para manter esse órgão em bom estado.



  • Andrade, R. J., M. I. Lucena, and M. García-Cortés. “Hepatotoxicidad por infusión de hierbas.” Gastroenterología y hepatología 25.5 (2002): 327-332.
  • Bessone, F., and H. Tanno. “Hepatotoxicidad inducida por antiinflamatorios no esteroides.” Gastroenterología y hepatología23.4 (2000): 200-205.
  • García-Cortés, M., et al. “Hepatotoxicidad secundaria a” productos naturales”: análisis de los casos notificados al Registro Español de Hepatotoxicidad.” Revista Española de Enfermedades Digestivas 100.11 (2008): 688-695.
  • Marino, Carlo, et al. “Hepatotoxicidad por drogas: reporte de un caso y revisión de literatura.” Rev. méd. Maule 26.2 (2010): 103-109.
  • Tejada Cifuentes, Francisco. “Hepatotoxicidad por fármacos.” Revista Clínica de Medicina de Familia 3.3 (2010): 177-191.
  • Stournaras E, Tziomalos K. Herbal medicine-related hepatotoxicity. World J Hepatol. 2015;7(19):2189–2193. doi:10.4254/wjh.v7.i19.2189
  • Larrey, D. (2009). [Hepatotoxicity of drugs and chemicals].. Gastroentérologie clinique et biologique. 33. 1136-46.