7 remédios caseiros para prisão de ventre severa

11 de novembro de 2019
Uma dieta balanceada rica em fibras não só irá ajudá-lo a melhorar seu movimento intestinal, mas também se encarregará de evitar a prisão de ventre. Lembre-se de acompanhá-la com muita água

A prisão de ventre severa deve ser tratada a tempo com um médico, antes que ocorram outras complicações de saúde. A incapacidade de ir ao banheiro corretamente é um problema que afeta a qualidade de vida de muitos adultos e é causada por vários fatores. Em alguns casos, ocorre como efeito colateral de alguma patologia.

Uma das causas mais comuns da prisão de ventre severa é uma dieta desequilibrada, com alto teor de farinha e alimentos gordurosos, além de uma quantidade insuficiente de fibras. Outra causa desse problema é a hidratação insuficiente, o estilo de vida sedentário e o consumo de alguns medicamentos.

A prisão de ventre severa, além de causar fezes muito duras, produz: gases, cólicas e dores abdominais e retais. Sendo um problema crônico, seu gerenciamento deve ser realizado por um profissional. Se necessário, o médico pode sugerir mudanças no estilo de vida, laxantes e medicamentos.

Tratamento médico da constipação grave

Antes de experimentar qualquer remédio caseiro contra prisão de ventre severa, lembre-se de que a primeira linha de tratamento é a sugerida pelo médico. De acordo com uma publicação na Clinics in Colon and Rectal Surgery, o tratamento inicial dessa condição pode incluir:

  • Mudanças no estilo de vida
  • Aumento da ingestão de líquidos
  • Aumento da ingestão de fibras
  • Além disso, dependendo do caso, podem ser necessários laxantes, laxantes salinos, emolientes, entre outros. Também, se houver outros sintomas, o profissional pode sugerir exames diagnóstico para descartar patologias subjacentes.

Tendo isso claro, continuaremos compartilhando alguns dos remédios caseiros que foram usados ​​na cultura popular para o alívio da constipação. É importante ter em mente que eles devem ser usados ​​como um complemento e não como um único tratamento.

1. O tomate como remédio para a prisão de ventre severa

Tomate ajuda a controlar a prisão de ventre severa

O tomate é uma fruta rica em fibras e, portanto, ajuda a aliviar a prisão de ventre. Como uma meta-análise publicada no World Journal of Gastroenterology conclui, o consumo de fibras ajuda a aumentar a frequência das fezes em pacientes com constipação.

Pode ser consumido de várias maneiras, cru e cozido. Por exemplo, pode ser consumido em saladas, molhos, sucos ou, como a seguir:

Ingredientes

  • 4 tomates
  • 2 colheres de sopa de açúcar (20 g)
  • 4 xícaras de água (1 litro)

Preparo

  • Descasque os 4 tomates, corte-os tão pequenos quanto possível.
  • Coloque-os em uma panela e polvilhe as 2 colheres de sopa de açúcar por cima.
  • Adicione o litro de água e deixe cozinhar por pelo menos 45 minutos, mexendo com frequência.
  • Retire do fogo e deixe repousar.
  • Despeje a mistura em uma jarra e coloque-a na geladeira. Quando esfriar, tome com o estômago vazio, pelo menos, durante 3 dias.

2. As ameixas secas

Uma revisão publicada na revista médica Alimentary Pharmacology & Therapeutics determinou que as ameixas secas podem melhorar a frequência e consistência das fezes. Portanto, elas podem ser parte de um tratamento promissor contra a prisão de ventre. No entanto, são necessárias mais evidências.

  • Recomendamos que você coma 1 xícara de ameixas secas (150 g) no café da manhã por pelo menos 4 dias.

3. O mel irá ajudá-lo com seus problemas intestinais

Mel ajuda a controlar a prisão de ventre severa

O mel é conhecido por suas diversas propriedades e, entre elas, a que se destaca é a de favorecer os processos intestinais.

De fato, de acordo com alguns estudos, o consumo de mel tem um efeito laxante que pode ser útil contra a constipação. Além disso, é suave com o estômago e ajuda a acalmar outras doenças, como úlceras. O seguinte remédio pode ajudá-lo a obter esse benefício:

Ingredientes

  • 1 copo de água (200 ml)
  • 1 colher de mel puro (25 g)

Preparo

  • Em uma panela, adicione o copo de água e leve para ferver durante pelo menos 10 minutos.
  • Após o tempo indicado, desligue o fogo e adicione a colher de mel.
  • Deixe repousar durante 7 minutos.
  • Beba esta mistura todas as noites antes da hora de dormir e pela manhã, em jejum, por uma semana.

4. Solução de azeite e limão

O azeite de oliva com limão é um remédio alternativo muito popular para a prisão de ventre. De fato, um estudo com 50 pessoas publicado no Journal of Renal Nutrition em 2015, determinou que o azeite de oliva, como outros óleos, ajuda a aliviar os sintomas da prisão de ventre em pacientes submetidos a diálise.

Ingredientes

  • O suco de ½ limão
  • 1 colher de sopa de azeite (16 g)
  • 1 copo de água (200 ml)

Preparo

  • Esprema o suco de limão e coe-o.
  • Em um pote, adicione o copo de água juntamente com o suco de limão.
  • Ferva por 5 minutos e desligue o fogo.
  • Adicione a colher de sopa de azeite e deixe descansar até que esteja morna. Beba esta mistura todas as manhãs, em jejum, durante pelo menos 5 dias.

5. Aveia e iogurte para prisão de ventre

Aveia com iogurte ajudam a controlar a prisão de ventre severa

Aveia é um cereal com alto teor de fibras que pode contribuir para o alívio dos sintomas da prisão de ventre severa. Uma revisão sistemática publicada no British Journal of Nutrition descobriu que esse alimento ajuda a aumentar o peso das fezes e o trânsito intestinal.

Além disso, alimentos como iogurte fornecem probióticos, que são altamente recomendados para a saúde digestiva e absorção adequada de nutrientes. De acordo com pesquisa publicada em 2015 no Journal of Neurogastroenterology and Motility, eles ajudam a melhorar os movimentos intestinais.

Leia também: 4 vitaminas com leite de aveia para reduzir a fome

Ingredientes

  • 5 colheres de sopa de aveia (50 g)
  • 4 iogurtes naturais (500 g)

Preparo

  • Misture os flocos de aveia diretamente com o iogurte.
  • Deixe repousar por pelo menos 20 minutos.
  • Consuma durante todo o dia.

6. Sementes de linho (linhaça)

Também conhecida como linhaça, essas sementes contêm ácidos graxos ômega 3 e fibras, e podem ser usadas para aliviar a prisão de ventre rapidamente.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de sementes de linho (10 g)
  • 1 copo de água (200 ml)

Preparo

  • Primeiro, devemos lavar as sementes de linho.
  • Depois, vamos adicioná-las dentro do copo de água e deixá-las descansar por 3 horas.
  • Tomaremos a mistura à noite antes de dormir por pelo menos 4 dias.

Conheça: Mingau de linhaça para tratar alergias na pele

7. Farelo de trigo

Aveia ajuda a controlar a prisão de ventre severa

O farelo de trigo é um alimento rico em ferro, fibra e potássio. Um estudo publicado no Digestive Diseases and Sciences descobriu que ele favorece o alívio da constipação, pois melhora a frequência intestinal e ajuda a facilitar a expulsão das fezes.

Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de farelo de trigo (830 g)
  • 1 xícara de leite (250 ml)
  • 4 colheres de sopa de cereal (40 g) (a gosto)

Preparo

  • Adicione a farinha de trigo ao leite e deixe repousar durante 10 minutos.
  • Após o horário indicado, adicione o cereal. Você deve consumi-lo durante o café da manhã por pelo menos 5 dias.

Importante!

Tome esses remédios naturais juntamente com uma dieta equilibrada, que inclui fibras e muitos líquidos. Além disso, se possível, também é importante seguir uma rotina de exercícios. Tudo isso, além do tratamento médico, é decisivo para superar a constipação grave.

  • Portalatin M, Winstead N. Medical management of constipation. Clin Colon Rectal Surg. 2012;25(1):12–19. doi:10.1055/s-0032-1301754
  • Yang J, Wang HP, Zhou L, Xu CF. Effect of dietary fiber on constipation: a meta analysis. World J Gastroenterol. 2012;18(48):7378–7383. doi:10.3748/wjg.v18.i48.7378
  • Grupo de gastroenterología pediátrica zona suroeste de Madrid. (2012). Estreñimiento crónico. Guías conjuntas de actuación primaria-especializada. [En línea]. Disponible en: http://www.ampap.es/wp-content/uploads/2014/05/Estrenimiento_2012.pdf
  • Lever, E., Cole, J., Scott, S. M., Emery, P. W., & Whelan, K. (2014). Systematic review: The effect of prunes on gastrointestinal function. Alimentary Pharmacology and Therapeutics. Blackwell Publishing Ltd. https://doi.org/10.1111/apt.12913
  • Ladas, S. D., Haritos, D. N., & Raptis, S. A. (1995). Honey may have a laxative effect on normal subjects because of incomplete fructose absorption. American Journal of Clinical Nutrition62(6), 1212–1215. https://doi.org/10.1093/ajcn/62.6.1212
  • Thies, F., Masson, L. F., Boffetta, P., & Kris-Etherton, P. (2014, September 30). Oats and bowel disease: A systematic literature review. British Journal of Nutrition. Cambridge University Press. https://doi.org/10.1017/S0007114514002293
  • Choi, C. H., & Chang, S. K. (2015). Alteration of gut microbiota and efficacy of probiotics in functional constipation. Journal of Neurogastroenterology and Motility21(1), 4–7. https://doi.org/10.5056/jnm14142
  • Badiali, D., Corazziari, E., Habib, F. I., Tomei, E., Bausano, G., Magrini, P., … Torsoli, A. (1995). Effect of wheat bran in treatment of chronic nonorganic constipation – A double-blind controlled trial. Digestive Diseases and Sciences40(2), 349–356. https://doi.org/10.1007/BF02065421