5 exercícios para pacientes com hipertensão

17 Março, 2020
Embora possa parecer contraditório, elevar a frequência cardíaca quando se tem hipertensão não é prejudicial. O exercício físico ajuda a reduzir os níveis de pressão arterial, melhora a aptidão física e reduz os fatores de risco que causam doenças crônicas.

Segundo a Fundação Espanhola do Coração, o exercício físico é fundamental para o tratamento e prevenção da hipertensão, pois ajuda a reduzir os níveis de pressão arterial. Aqui estão alguns exercícios físicos que os pacientes com hipertensão podem fazer.

Lembre-se de que, antes de iniciar um programa de exercícios físicos, você deve consultar seu médico para obter medidas adicionais para cuidar da sua saúde.

O que é a hipertensão?

O que é a hipertensão?
Fatores de risco como dieta e estilo de vida sedentário desempenham um papel importante no aparecimento da hipertensão.

A hipertensão é a elevação dos níveis de pressão arterial de forma contínua ou constante. Para entender melhor, é importante definir a pressão arterial.

O coração exerce pressão sobre as artérias para que elas conduzam o sangue aos diferentes órgãos do corpo humano. Essa ação é conhecida como pressão arterial. A pressão máxima é obtida em cada contração do coração, e a mínima, a cada relaxamento.

Leia também: Praticar ioga pode ajudar a controlar a hipertensão

Benefícios da prática de exercícios para pacientes com hipertensão

Embora possa parecer contraditório, elevar as pulsações quando se sofre de hipertensão não é prejudicial.

“O exercício físico ajuda a reduzir os níveis da pressão arterial, melhora a aptidão física e reduz os fatores de risco que causam doenças crônicas. Isso está incluído no ‘Guia para a prescrição de exercícios físicos em pacientes com risco cardiovascular‘, preparado pela Sociedade Espanhola de Hipertensão. Além disso:

  • Você se sentirá progressivamente mais saudável e em melhor forma física.
  • Mantém o peso corporal e previne a obesidade.
  • Ajuda o coração a funcionar melhor: reduz o número de batimentos por minuto, melhora a sua contração e desenvolve novas artérias.
  • Evita a ansiedade, a depressão e o estresse.
  • Controla a pressão sanguínea, os níveis de colesterol e glicose.

Como e quais exercícios executar?

Segundo Paola Beltrán, membro da seção de risco cardiovascular e reabilitação cardíaca da Sociedade Espanhola de Cardiologia, a chave é que o exercício seja de intensidade moderada, constante, e que tenha sido previamente supervisionado por um especialista.

“No caso de pessoas com hipertensão que não sofrem de insuficiência cardíaca, o ideal é que realizem exercícios moderados, como caminhar em um bom ritmo, três a cinco dias por semana e em intervalos de meia hora a uma hora”.

Para aqueles que sofrem de hipertensão, são eficazes aqueles exercícios que ativam os grandes grupos musculares, de caráter rítmico e aeróbico, como caminhar, dançar, correr, nadar e andar de bicicleta.

Beltrán também adverte que um paciente com hipertensão deve ter a pressão controlada antes de iniciar um programa de exercícios. Portanto, a consulta médica é obrigatória.

Exercícios que pacientes com hipertensão podem realizar

1. Andar de bicicleta

Exercícios que um paciente com hipertensão pode realizar
É recomendável fazer exercícios de forma moderada, dando preferência aos aeróbicos que ativem grandes grupos musculares.

Este exercício físico é ideal como treinamento de resistência. Fortalece o sistema cardiovascular, o metabolismo e o sistema imunológico. Além disso, tonifica os músculos das pernas e costas e as articulações não ficam sobrecarregadas.

A pressão arterial aumenta inicialmente durante o treinamento, embora, a longo prazo, caia para o nível mais baixo.

2. Dançar

Esta atividade física é um excelente complemento para tratamentos médicos. Melhora a capacidade cardiovascular, diminui os níveis de colesterol e pressão arterial. Também diminui o estresse, que é um dos gatilhos da hipertensão.

3. Caminhar

Os benefícios da caminhada são indiscutíveis. Queimar calorias, aumentar o tônus ​​muscular e manter a massa óssea são algumas das propriedades que este exercício proporciona para o corpo.

O Dr. Alberto López Rocha, médico de Atenção Primária, também enfatiza que esta atividade ajuda a controlar a hipertensão, melhora o humor e reduz a ansiedade e o estresse.

4. Correr

Este exercício físico aumenta o colesterol bom, reduz os coágulos sanguíneos, mantém o coração em boas condições, acelera o metabolismo e reduz o risco de hipertensão.

Você pode se interessar: 7 complicações graves causadas pela hipertensão

5. Nadar

Pessoa fazendo natação
Além dos benefícios para a saúde cardiovascular, a natação reduz o estresse e a ansiedade, o que melhora a nossa saúde geral.

Crawl, peito, borboleta ou costas. Quatro estilos que se adaptam a cada tipo de pessoa e as suas necessidades. Os benefícios comuns da natação variam do aumento da resistência cardiorrespiratória à redução da frequência cardíaca e à consequente estimulação da circulação sanguínea.

Por outro lado, dar algumas braçadas por dia também ajuda a melhorar o humor, pois contribui para reduzir o estresse.

Portanto, se a hipertensão for uma das suas preocupações, com a escolha de um estilo de vida saudável, no qual a alimentação balanceada e o exercício físico tenham um lugar essencial, você conseguirá impedir o problema. De qualquer forma, consulte o seu médico para tirar todas as suas dúvidas.

  • José Abellán Alemán; Pilar Sainz de Baranda Andujar; Enrique J. Ortín Ortín (S/F). Guía para la prescripción de ejercicio físico en pacientes con riesgo cardiovascular (España). http://seh-lelha.org/wp-content/uploads/2017/03/GuiaEjercicioRCV.pdf
  • Pedro Armario; Raquel Hernández del Rey; Montserrat Martín Baranera (2002). Estrés, enfermedad cardiovascular e hipertensión arterial (España). https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0025775302733010