Evitar problemas digestivos: 9 hábitos saudáveis

21 Dezembro, 2019
Comer sempre deveria ser um prazer para todos, mas algumas rotinas comuns fazem com que algumas vezes soframos após as refeições. Evitar problemas digestivos é muito simples se aplicarmos uma mudança de hábitos.

Ter problemas digestivos é muito comum. Gases, constipação, acidez, peso e outros desconfortos podem nos atacar em qualquer ocasião. Às vezes pensamos que uma alimentação saudável é suficiente, mas para evitar problemas digestivos existem muitos outros fatores que afetam a saúde do estômago.

No entanto, muitas vezes as mudanças na nossa forma de comer e no nosso estilo de vida em geral, podem ajudar a manter longe a dor de estômago.

Hábitos para evitar problemas digestivos

1. Mantenha o corpo hidratado

Beba bastante água

Em primeiro lugar, os famosos 8 copos de água diariamente, ou 2 litros, são essenciais para a saúde do estômago. Vários estudos comprovaram que a água evita a constipação. Sem dúvida alguma, o intestino precisa de líquidos para transportar os alimentos ao longo de seu complexo caminho.

Além disso, a água facilita a decomposição dos alimentos e a absorção de nutrientes. Sem líquidos, perdemos muitos dos benefícios daquilo que comemos.

Podemos nos hidratar bebendo água pura e consumindo alimentos como frutas e legumes. Além disso, também nos podemos beneficiar dos sucos, sopas e infusões. Evite, no entanto, os refrigerantes e as bebidas com cafeína.

2. Coma apenas o necessário

Certamente, comer mais não significa comer melhor. Muita comida causa peso, má digestão e muitos outros problemas ao nosso organismo.

Quando comemos em grandes quantidades o corpo precisa trabalhar mais para processar os excessos. Produz mais enzimas para decompor os alimentos, e isso o obriga a produzir mais ácido estomacal, o que causa refluxo ácido no esôfago.

Finalmente, comer em abundância também causa gases e acelera o metabolismo, causando exaustão, sudorese e sensação de calor.

Leia também: 6 alimentos que você deve comer se tem úlceras estomacais

3. Equilibre a alimentação para evitar problemas digestivos

Alimentação saudável para prevenir problemas digestivos

As refeições devem ser compostas de legumes, proteínas e carboidratos saudáveis. O Dr. Gonzalo Guerra, especialista no Centro Médico Cirúrgico de Doenças Digestivas da Colômbia, recomenda minimizar a ingestão de gordura. Como proteína, é aconselhável comer carnes magras, como peru, frango e coelho.

Os alimentos processados normalmente têm gorduras trans, que estão associadas com problemas cardiovasculares e do estômago, como úlceras, colite e irritação do sistema digestivo.

Esses alimentos também possuem aditivos que, segundo estudos, causam maior permeabilidade ao intestino, o que pode causar inflamação intestinal, dores de cabeça e alergias alimentares.

Por outro lado, os ácidos graxos ômega 3 são muito benéficos para a saúde do estômago. Estes ajudam a saciar a fome, o que reduz a necessidade de comer demais e, por outro, facilitam a absorção de nutrientes. Alguns estudos sugerem que os ácidos graxos previnem a inflamação e as úlceras intestinais.

4. Coma fibra

Os alimentos com fibra têm vários benefícios para a saúde do estômago e boa digestão. A fibra ajuda a limpar o trato digestivo e dá mais volume às fezes, o que ajuda a prevenir a constipação.

Por esse motivo, recomenda-se comer nozes, legumes, verduras, cereais e frutas.

Você pode estar interessado: Uma alimentação saudável e atividade física são a chave para perder peso?

5. Gerencie o estresse

Dor de cabeça

O sistema digestivo e o cérebro estão conectados por mais de 100 milhões de células nervosas, que transmitem informações em ambas as direções. É por isso que sentimos borboletas e cócegas no estômago antes de certos estímulos emocionais.

Além disso, o estresse afeta a saúde do estômago, conforme evidenciado por vários estudos que vinculam desconfortos como diarreia, constipação, acidez e gastrite ao estresse. Contar com técnicas para controlar o estresse, como meditação, ioga ou exercícios, promove a saúde mental e, portanto, ajuda a evitar problemas digestivos

6. Respeite a hora da refeição e coma devagar

O horário da refeição deve ser respeitado. As distrações como assistir televisão ou trabalhar geram estresse, mesmo que você se sinta relaxado. Também comer muito rápido cria gases e indigestão. Estudos mostram que prestar atenção à comida ajuda a digestão e a saúde do estômago.

Além disso, dedicar um tempo para mastigar bem ajuda a evitar dores de estômago. O processo de digestão começa ao mastigarmos os alimentos. Cortar e triturar alimentos com os dentes facilita muito o trabalho das enzimas digestivas.

Além disso, mastigar bem produz mais saliva, o que ajuda a quebrar carboidratos e gorduras, e hidrata os sólidos para que se movimentem melhor pelo trato digestivo. Portanto, devemos cuidar desse processo para facilitar a digestão dos alimentos.

7. Mantenha um horário para as refeições

Estabeleça uma rotina de alimentação

Nem todas as refeições afetam as pessoas de igual modo. Alguns têm intolerância ou alergias a certos alimentos e têm mais problemas em processá-los. Ao manter um balanço diário dos alimentos que são ingeridos pode-se saber a quais se reage bem e quais podem causar desconforto.

8. Faça exercícios

Foi demonstrado que o exercício ajuda a saúde do sistema digestivo. A atividade física reduz o trânsito de alimentos pelo trato digestivo em 30%, aumentando a absorção de nutrientes. Além disso, também reduz a constipação e a inflamação intestinal.

9. Abandone os vícios

Elimine hábitos nocivos

Hábitos como fumar e ingerir álcool são a causa de inúmeros problemas digestivos. O tabaco aumenta as chances de azia, úlceras e, na pior das hipóteses, o câncer gastrointestinal.

Por outro lado, o álcool também aumenta a acidez, o refluxo e também promove o desenvolvimento de bactérias, e pode causar doenças inflamatórias intestinais.

Adeus aos problemas digestivos

Não é complicado melhorar a saúde digestiva e evitar alguns maus momentos após as refeições. Sem dúvida alguma, mudanças simples na dieta e hábitos diários podem fazer isso. Os benefícios não se limitarão à eliminação de problemas digestivos.

Em conclusão, como as evidências médicas mostram, um sistema digestivo saudável significa um corpo saudável em geral. Esses 9 hábitos também farão você se sentir melhor em todos os aspectos da sua vida cotidiana.

 

  • Boilesen SN., Tahan S., Dias FC., Fonseca LC., et al., Water and fluid intake in the prevention and treatment of functional constipation in children and adolescents: is there evidence? J Pediatr, 93 (4): 320-327.
  • Valenzuela CA., Baker EJ., Miles EA., Calder PC., Eighteen carbon trans fatty acids and inflammation in the context of atherosclerosis. Prog Lipid Res, 2019.
  • Understanding the Physics of Functional Fibers in the Gastrointestinal Tract: An Evidence-Based Approach to Resolving Enduring Misconceptions about Insoluble and Soluble Fiber.McRorie JW Jr, McKeown NM. (2017).