Eu adoeço com muita frequência: por que isso acontece?

Sentir-se mal com muita frequência pode ser sinal de um distúrbio no sistema imunológico, mas também existem outras causas possíveis. Quer saber mais sobre isso? A seguir detalharemos esse assunto.
Eu adoeço com muita frequência: por que isso acontece?

Última atualização: 24 março, 2022

Uma das perguntas mais frequentes nas consultas médicas é “por que eu adoeço com tanta frequência?” Muitas pessoas buscam uma resposta para essa pergunta pois costumam ter gripes, resfriados, dores, problemas digestivos, fadiga prolongada e muitos outros sintomas de forma constante, provocando uma sensação de doença.

A verdade é que existem muitos fatores que podem explicar por que algumas pessoas tendem a se sentir mais doentes que outras. Alterações no sistema nervoso, a condição do sistema imunológico e as mudanças hormonais têm muito a ver com isso. Para saber mais sobre esse assunto, a seguir detalharemos algumas causas possíveis:

Por que eu adoeço com tanta frequência? Possíveis causas

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças adverte que um grande número de doenças crônicas estão associadas à prática de maus hábitos de vida como o tabagismo, a exposição indireta à fumaça, o consumo de álcool, o sedentarismo e uma má alimentação.

Por isso, para responder à pergunta “por que eu adoeço com tanta frequência” é importante primeiramente revisar os hábitos do paciente. Viver um estilo de vida pouco saudável pode ser um gatilho para muitas doenças. No entanto, outras causas não devem ser excluídas. Vejamos quais são elas:

Ansiedade

Quando os níveis de ansiedade aumentam as manifestações clínicas provocadas vão além da esfera emocional. Muitos pacientes sentem desconfortos digestivos como náuseas, dores de estômago ou vômitos.

De fato, um estudo publicado no Scandinavian Journal of Gastroenterology determinou que existe uma relação entre os sintomas gastrointestinais e os transtornos de ansiedade e depressão.

Outros sintomas relacionados à ansiedade incluem:

  • Transpiração excessiva.
  • Dificuldade para respirar ou sensação de falta de ar.
  • Tontura.
  • Tremores.
  • Aumento na frequência cardíaca.
Ansiedade.
A ansiedade é uma das respostas à questão de por que eu adoeço com tanta frequência. Geralmente ela pode provocar vários sintomas físicos.

Quando consultar um médico?

Experimentar esses sintomas e se sentir doente com frequência deve ser motivo suficiente para consultar um médico. Uma vez que seja determinado que o problema está relacionado à ansiedade, o profissional pode sugerir uma consulta com um profissional de saúde mental como um psicólogo ou psiquiatra.

Felizmente tanto os casos específicos de ansiedade quanto os de transtornos de ansiedade podem ser tratados de diversas maneiras. A psicoterapia pode ser suficiente, desde que esteja acompanhada de mudanças no estilo de vida. Em alguns casos o uso de medicamentos pode ser necessário.

Estresse crônico

O estresse é uma reação natural do corpo a certas ameaças. No entanto, quando ele está presente de forma crônica seu impacto na saúde e no bem-estar é bastante negativo. Adoecer com muita frequência pode ser um sinal de que a pessoa está submetida a muito estresse, e que isso precisa ser controlado.

Conforme detalhado por uma pesquisa publicada na Future Science OA, o estresse afeta as funções do sistema imunológico, altera o sistema nervoso e compromete a saúde cardíaca. Um estresse fora de controle está associado a outras doenças como dores de cabeça e lombalgia.

Entre outras coisas, os outros sinais de doença relacionados ao estresse incluem:

  • Falta de energia ou fadiga.
  • Problemas digestivos como diarreia, náuseas e cólicas.
  • Insônia e dificuldade para dormir.
  • Infecções frequentes como gripes, resfriados e problemas urinários.

Quando consultar um médico?

Médicos e psicólogos podem ajudar a desenvolver estratégias para mitigar os efeitos do estresse. É importante marcar uma consulta caso hajam sintomas que afetam a qualidade de vida. O tratamento pode se concentrar na causa subjacente do estresse e na própria doença derivada. Portanto, ele pode incluir:

  • Terapia psicológica.
  • Medicamentos.
  • Mudanças no estilo de vida.

Problemas imunológicos

Problemas que afetam o sistema imunológico podem explicar por que muitas pessoas estão constantemente doentes com gripes, resfriados e infecções. Quando os mecanismos de defesa não respondem bem contra os patógenos essas doenças se desenvolvem.

De fato, conforme explica uma pesquisa publicada no Journal of Immunology Research, os distúrbios no sistema imunológico também estão implicados em um risco aumentado de doenças cardíacas e metabólicas.

As pessoas com um sistema imunológico enfraquecido podem apresentar:

  • Quadros frequentes de resfriados e gripes (com febre, congestão, dificuldades respiratórias, mal-estar geral, etc.).
  • Bronquite e asma.
  • Problemas digestivos como prisão de ventre ou diarreia.
  • Dor nas articulações.
  • Intolerâncias alimentares.
  • Irritação, coceira e erupções na pele.
Problemas imunológicos.
Ter crises constantes de gripe, resfriado ou alergias pode ser sinal de um sistema imunológico enfraquecido.

Quando consultar um médico?

É necessário se consultar sempre que houverem sinais de que o sistema imunológico está enfraquecido. O médico investigará se os sintomas ocorrem com frequência para começar a fazer o diagnóstico. Dependendo das manifestações clínicas alguns exames mais específicos serão solicitados, que também ajudarão a determinar o tratamento.

Anemia

A anemia é uma doença provocada pela baixa produção de hemoglobina, uma parte dos glóbulos vermelhos cuja função é facilitar o transporte de oxigênio para o sangue. O consumo de certos medicamentos, a deficiência de ferro e vitamina B12, gravidez e algumas doenças crônicas podem estar por trás da anemia.

Quando ela se desenvolve é normal que a pessoa sinta enjoos com mais frequência (pois a sensação de cansaço aumenta), além de dificuldades respiratórias, problemas de concentração e tonturas. Até a pele começa a ficar mais pálida e as olheiras se tornam mais visíveis.

Quando consultar um médico?

A princípio muitos ignoram os sintomas da anemia por acharem que isso é algo pontual e temporário. No entanto, diante das primeiras manifestações é importante se consultar para não atrasar o tratamento. Dependendo da causa, o médico pode sugerir ajustes na dieta, suplementação ou medicamentos.

Existem outras razões para adoecer com muita frequência?

Nesse ponto já temos várias possíveis respostas para a pergunta “por que adoeço com tanta frequência?”. No entanto, cabe comentar que também existem outros fatores que podem explicar essa ocorrência. Desidratação, uma dieta pobre em nutrientes e a falta de sono também podem provocar doenças.

Além disso é comum adoecer por trabalhar em ambientes de saúde (clínicas, hospitais, etc.), por não lavar bem as mãos ou compartilhar o mesmo ambiente com pessoas com doenças infecciosas. Diante disso é importante garantir uma boa higiene e tomar medidas rígidas de segurança.

This might interest you...
Por que é importante tratar uma infecção urinária a tempo?
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Por que é importante tratar uma infecção urinária a tempo?

Tratar uma infecção urinária a tempo é muito importante para evitar complicações. Essa patologia pode trazer problemas muito sérios.



  • Haug, T. T., Mykletun, A., & Dahl, A. A. (2002). Are anxiety and depression related to gastrointestinal symptoms in the general population? Scandinavian Journal of Gastroenterology37(3), 294–298. https://doi.org/10.1080/003655202317284192
  • Mariotti A. The effects of chronic stress on health: new insights into the molecular mechanisms of brain-body communication. Future Sci OA. 2015;1(3):FSO23. Published 2015 Nov 1. doi:10.4155/fso.15.21
  • Bagatini MD, Cardoso AM, Dos Santos AA, Carvalho FB. Immune System and Chronic Diseases. J Immunol Res. 2017;2017:4284327. doi:10.1155/2017/4284327