11 estratégias que vão te ajudar a ser mais inteligente

A inteligência tem um componente hereditário, mas também pode ser desenvolvida por meio de diferentes estratégias. Vamos explicar algumas delas a seguir.
11 estratégias que vão te ajudar a ser mais inteligente

Última atualização: 09 Junho, 2021

Tradicionalmente, a inteligência era concebida como uma qualidade única e intimamente relacionada às habilidades cognitivas e linguísticas. No entanto, os especialistas mostraram que esta é uma construção muito mais ampla. Por isso, se você quiser ser mais inteligente, terá que trabalhar uma grande variedade de habilidades.

A inteligência pode ser definida como a habilidade de funcionar adequadamente no ambiente ao seu redor. As pessoas mais inteligentes são aquelas que têm a flexibilidade necessária para que possam se adaptar às mudanças e responder às demandas ambientais. A seguir, você vai encontrar algumas estratégias que vão te ajudar a aumentar a sua inteligência de forma geral.

Dormir bem, durante o tempo necessário, para ser mais inteligente

Mulher ouvindo ruído branco para dormir
Dormir bem é essencial para o processamento das informações.

Enquanto você dorme, ocorrem muitos processos importantes a nível cerebral. As informações recebidas durante o dia são processadas e organizadas, alguns dados são descartados e outros são consolidados.

Além disso, a energia mental é restaurada e há um trabalho inconsciente para encontrar soluções para os problemas que te preocupam. Portanto, é essencial ter um sono de qualidade e pelo tempo suficiente para funcionar de forma ideal.

Cuidar do corpo

Você certamente já sabe que a alimentação e a atividade física têm um grande impacto na saúde. Porém, você sabia que elas também podem te ajudar a ser mais inteligente? Foi demonstrado que uma alimentação rica em vitaminas e minerais não apenas aumenta a atenção, a concentração e a memória, mas também evita o declínio cognitivo.

O exercício físico, por sua vez, também se mostrou eficaz na promoção das funções intelectuais, melhorando a circulação sanguínea e, portanto, o suprimento de oxigênio e glicose recebido pelo cérebro. Assim, é importante fazer atividades físicas moderadas regularmente.

Treinar o cérebro

O cérebro, assim como os músculos, requer treinamento e prática para não se atrofiar. Dessa forma, para ser mais inteligente, é importante enfrentar novos desafios que estimulem a capacidade cognitiva.

Reservar dez minutos diários para fazer atividades como, por exemplo, resolver quebra-cabeças, sudoku ou enigmas é algo que vai te manter mentalmente ativo. Além disso, há uma infinidade de aplicativos para celular que podem facilitar essa tarefa.

Procurar desenvolver uma compreensão mais profunda

Geralmente, nas escolas, as crianças são avaliadas de acordo com o seu desempenho em uma prova específica. No entanto, as informações adquiridas costumam desaparecer da sua mente rapidamente, já que não foi desenvolvido um entendimento mais profundo.

Para ser mais inteligente, é preciso ter aprendizagens significativas, elaborar as informações de forma ativa e colocá-las em prática. Entender como o mundo funciona vai permitir que você se desenvolva nele com mais eficácia.

Escrever e rever tudo que for aprendido

Estratégias para ser mais inteligente
A aprendizagem ativa permite interiorizar o conhecimento.

Em relação ao que foi dito acima, escrever o que se aprende é uma excelente maneira de consolidar esse conhecimento. Em primeiro lugar, porque você estará agindo ativamente sobre ele, em vez de recebê-lo de forma passiva. Além disso, porque essa atividade lhe dará a oportunidade de revisar essas informações posteriormente para mantê-las frescas na sua memória.

Fazer coisas diferentes todos os dias para ser mais inteligente

A rotina proporciona uma agradável sensação de familiaridade e segurança. Porém, ao fazer as mesmas tarefas todos os dias, acabamos agindo no piloto automático.

Por isso, é altamente recomendável introduzir pequenas variações na vida diária para que você se mantenha alerta. A cada dia, você pode escolher um caminho diferente para ir ao trabalho, interagir com diferentes grupos de amigos ou experimentar diferentes aulas que chamem a sua atenção.

Ler todos os dias

Ler é um excelente hábito que melhora as habilidades linguísticas e potencializa a criatividade. Além disso, também promove a inteligência social e emocional ao permitir que você se coloque no lugar dos personagens que protagonizam cada história. É também uma forma ideal de explorar vários tópicos do seu interesse e, assim, aumentar a curiosidade e a abertura mental.

Manter um registro de ideias

Quando começar a nutrir a sua mente com novas informações e hábitos, você notará como ela vai começar a se ativar. A sua criatividade será intensificada e você vai se perceber tendo muitos pensamentos novos e originais.

Anote os que chamarem a sua atenção e volte a eles posteriormente, para lapidar e dar forma a essas ideias que surgem do nada; elas vão se tornar novas maneiras de se expandir intelectualmente.

Fazer as coisas de forma diferente

Mulher fazendo alongamento
Fazer novas atividades ou variar a sua rotina pode te ajudar a ser mais inteligente.

Geralmente, quando você aprende a fazer algo com eficiência, você deixa de explorar esse campo e continua repetindo os passos já conhecidos. Por que você mudaria algo que já funciona?

Na verdade, procurar novas maneiras de abordar a mesma atividade nos ajuda a criar novas vias neurais no nosso cérebro. Por exemplo, começar a usar a mão não dominante para tarefas cotidianas, tais como comer ou limpar, pode ser muito estimulante.

Falar com você mesmo e se questionar é uma forma de ser mais inteligente

Você acha que falar sozinho é um sinal de loucura? Isso não poderia estar mais longe da realidade: trata-se de um exercício muito saudável e que pode te levar a ser mais inteligente.

Ao expressar as suas preocupações, pensamentos e emoções em voz alta, eles são processados em um nível mais profundo e você ativa novas estratégias de resolução. Portanto, acostume-se a conversar consigo mesmo e a questionar o conteúdo da sua mente o tempo todo. Assim, você vai se tornar alguém muito mais flexível psicologicamente.

Aprender outro idioma

Por fim, aprender outro idioma vai expandir as suas habilidades cognitivas de forma importante. O bilinguismo melhora a fluência verbal, aumenta a atenção, a concentração e a memória. Além disso, também ajuda a desenvolver outras perspectivas para perceber o mundo, proporcionando uma visão mais ampla.

Como ser mais inteligente?

Em última análise, para ser mais inteligente, você precisa nutrir e exercitar a sua mente, enfrentar desafios e permanecer ativo. Os piores inimigos da plasticidade cerebral são a rotina e o comodismo. Portanto, certifique-se de incluir pequenos desafios no seu dia a dia.

Lembre-se de que a inteligência não é apenas uma pontuação no papel, mas sim a sua melhor aliada para se adaptar à realidade com sucesso. Sem dúvida, vale a pena trabalhar nisso.

Pode interessar a você...
Os alimentos que afetam nossa memória e inteligência
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Os alimentos que afetam nossa memória e inteligência

A falta de vitamina B causa diminuição na memória ou inteligência. Identifique quais são os alimentos devem ser evitados para não sofrer destes pro...



  • Martínez García, R. M., Jiménez Ortega, A. I., López Sobaler, A. M., & Ortega, R. M. (2018). Estrategias nutricionales que mejoran la función cognitiva. Nutrición Hospitalaria35(SPE6), 16-19.
  • Chavarría, Y. A., & Rojas, W. S. (2001). Efecto agudo del ejercicio físico en la inteligencia y la memoria en hombres, según la edad. Pensar en Movimiento: Revista de Ciencias del Ejercicio y la Salud1(2), 1-11.
  • Anderson, A. (2011). La importancia de aprender una segunda lengua.
  • Sanz, E. (2019, octubre 30). ¿En qué trabaja el cerebro mientras dormimos? Recuperado 7 de diciembre de 2020, de https://lamenteesmaravillosa.com/en-que-trabaja-el-cerebro-mientras-dormimos/
  • Cunningham, A. E., & Stanovich, K. E. (2007). Los efectos de la lectura en la mente. Estudios públicos108, 207-228.