Recupera o peso perdido rapidamente? Saiba mais!

· 1 de agosto de 2015
Manter o peso pode ser tão ou mais difícil do que emagrecer. Quantas vezes já sofremos com o famoso efeito sanfona? Saiba mais!

Também daremos algumas dicas que devem ser seguidas para que isso não ocorra novamente. Não desanime! Focando nos pontos certos, conseguirá perder peso e mantê-lo bem longe do seu corpo.

  1. Dietas muito restritivas

As dietas muito restritivas, que eliminam completamente alguns alimentos ou grupos alimentares, são a receita perfeita para recuperar o peso perdido.

Sejamos realistas, é impossível continuar o resto da vida sem ingerir nunca mais os alimentos “proibidos”, não é verdade?

Sem dar ao nosso corpo todos os nutrientes dos quais precisa, perderemos massa magra e reduziremos o metabolismo, tudo o que não queremos fazer.

Por isso, quando acabar o período de restrição e voltarmos a ingerir os alimentos que haviam sido cortados, o organismo focará em armazená-los na forma de gordura, fazendo com que o peso perdido seja rapidamente recuperado.

  1. Hábitos alimentares não saudáveis

comer-devagar

Depois de atingirem o famoso peso ideal, muitas pessoas começam a se dar recompensas pelo esforço realizado.

Geralmente, essas recompensas surgem na forma de alimentos dos quais estão com saudades e que não podiam comer durante o período de regime, como doces, frituras, gorduras saturadas, fast food, etc.

Se isso só ocorresse às vezes, não haveria problema, porém muitos terminam uma dieta para perda de peso e voltam exatamente para os hábitos alimentares não tão saudáveis de antigamente.

Lembre-se: se foi essa alimentação que fez com que engordasse no passado, certamente ocorrerá novamente, principalmente depois de uma dieta restritiva.

Portanto, para que o peso não volte, será necessário manter os hábitos saudáveis.

Saiba mais: 6 hábitos para levar uma vida mais saudável

  1. Atividade física

O mesmo ocorre com a atividade física. Quando se está dieta e focado em perder peso, surge uma motivação extra e consegue-se fazer exercícios físicos sempre, às vezes até exageradamente, dependendo do grau de preparo físico.

No entanto, depois que se atinge o peso ideal e se está satisfeito com o corpo, a motivação começa a diminuir, as desculpas começam a aparecer, e nota-se que, aos poucos, a atividade física vai sendo abandonada.

Falta-se na academia, desiste-se de correr, uma, duas, três vezes, até que ocorre o retorno aos antigos hábitos de sedentarismo e se  ganha todo o peso perdido novamente.

Lembre-se: a atividade física deve fazer parte da sua vida, mesmo que o seu objetivo não seja perder peso. É uma questão de saúde! Por isso, escolha um exercício do qual realmente goste e que dê prazer, não algo que está na moda; faça dele um hábito na vida.

  1. Estresse e má qualidade do sono

estresse dificulta a perda de peso

O estresse também pode atuar como um vilão no processo de ganho de peso após uma dieta. A ansiedade e o nervosismo desequilibram o organismo e fazem com que se tenha uma tendência de ingerir alimentos; como doces e açúcares, contribuindo para o ganho de peso.

Dessa forma, tente fazer alguma atividade que relaxe, sempre que possível, para não passar por isso. Pode ser ioga, meditação, etc.

O mesmo vale para o sono. Não dormir bem desregula o metabolismo e faz com que seja mais fácil recuperar o tempo perdido.

Além disso, cansado e com sono, fica muito mais difícil fazer escolhas alimentares saudáveis e praticar atividade física. Por isso, dê a devida atenção para o descanso e tente dormir cerca de 8 horas todas as noites.

Leia mais: 5 técnicas para dormir melhor

O que fazer para não recuperar o peso perdido?

Infelizmente, por mais que muitos estejam sempre em busca de uma solução, não há fórmula mágica para perder peso e para se manter no peso ideal.

Dessa forma, é fundamental ficar atento aos pontos que listamos acima.

Além disso, é preciso entender que ter um corpo bonito e saudável é uma questão de constância e da adoção de hábitos saudáveis.

É necessário realmente gostar de comer alimentos saudáveis e de praticar a atividade física. Somente quando estiver realmente feliz com as escolhas saudáveis conseguirá manter o peso desejado, pois não será um sacrifício.

Também não significa que nunca mais irá comer gorduras, doces, farinha refinada, etc. A palavra-chave é moderação. Mantenha hábitos saudáveis no dia a dia e não haverá problema em comer quantidades moderadas das suas comidas e doces preferidos.

Encontre a fórmula que funcione, aliando alimentação e exercícios físicos. Dessa forma, conseguirá alcançar seus objetivos.

  • Hoehr, C. F. (2016). Efeitos do exercício físico sobre o comportamento dos hormônios da tireoide e cortisol em escolares com sobrepeso e obesidade: um estudo de intervenção interdisciplinar.
  • Macêdo, D., & Silva, M. S. (2009). Efeitos dos programas de exercícios aeróbio e resistido na redução da gordura abdominal de mulheres obesas. Rev. bras. ciênc. mov17(4), 47-54.
  • Rossi, M. B. (2010). Avaliação do sono e do sobrepeso em adolescentes após mudança do turno escolar.
  • Mohsen, A. Y., & dos Santos, C. C. (2010). A RELAÇÃO ENTRE O DESJEJUM, SOBREPESO E DIFICULDADE DE EMAGRECER. Seminário Científico de Nutrição1(2).