Erva-cidreira a favor da saúde

· 23 de outubro de 2013
A erva-cidreira é uma herbácea da família da menta, hortelã e boldo. Neste artigo, mostraremos benefícios que colocam a erva-cidreira a favor da saúde.

A erva-cidreira (Melissa officinalis) é uma herbácea da família da menta, da hortelã e do boldo, e é nativa da Europa. Neste artigo, mostraremos benefícios que colocam a erva-cidreira a favor da saúde.

Antes de falarmos mais a respeito é preciso esclarecer algumas dúvidas comuns. A erva-cidreira e o capim-cidreira ou capim-limão, NÃO SÃO A MESMA COISA. Mas, apesar disso, apresentam propriedades muito semelhantes.

Diferente da erva-cidreira, o capim-cidreira é uma herbácea da família das gramíneas, e da mesma forma, tem a ver com a menta, hortelã ou o boldo.

Outro problema comum de ocorrer é algumas pessoas confundirem a erva-cidreira com a menta ou o hortelã, mas eles também são bem diferentes. Além disso, a erva-cidreira (ou melissa) costuma apresentar folhas mais claras que essas duas últimas.

A erva-cidreira é uma excelente reguladora de menstruações, aliviando as cólicas e tonificando o útero. Além disso, serve para combater o nervosismo, advindo das tensões pré-menstruais e possui um componente que auxilia no tratamento da insônia.

A erva-cidreira é usada desde antigamente, no entanto, nem todos conhecem seus diversos benefícios.

Componentes químicos da erva-cidreira

Esta erva possui poderosos componentes químicos, que lhe conferem incríveis propriedades medicinais. 

São eles: Acido cafeico, ácido rosmarínico, ácido clorogênico, ácidos triterpênicos: ursólico e oleânico; óleo essencial (citral, citronelal, citronelol, pineno, limoneno, linalol e geraniol), glicosídeos flavônicos, resinas, sesquiterpenos (cariofileno e outros), succínico e tanino.

Benefícios

  • Diminui a secreção das mucosas;
  • Combate inflamações nos órgãos genitais e na boca;
  • É anestésica, aliviando a dor;
  • Auxilia no combate a alergias;
  • Impede o surgimento de espasmos no estômago e no intestino;
  • Inibe a ação dos glóbulos brancos;
  • Reduz vermelhidões de machucados e inchaços;
  • Inibe o crescimento de micróbios no corpo;
  • Protege a pele contra mico-organismos;
  • Cicatriza feridas rapidamente;
  • Diminui cansaços;
  • Reduz dores de cabeça;
  • Alivia enjoos, etc.

Contraindicações

No entanto, a erva-cidreira é contraindicada para pessoas que tenham problemas como tireoide. Isso pois inibe a absorção dos medicamentos contra a doença, e também pessoas alérgicas.

Por isso, antes de utilizá-la consulte um médico.

Conheça também: As melhores ervas e especiarias para o cérebro

Como usar?

A melhor forma de utilizar a erva-cidreira, embora não seja a mais comum, é colher a folha fresca e usá-la na hora mesma hora.

No entanto, o jeito mais comum, que a maioria das pessoas faz, é comprá-la seca no supermercado ou em feiras livres.

Erva-cidreira a favor da saúde
A melhor forma de utilizar a erva-cidreira é colher a folha fresca e usá-la na hora mesma hora.

O chá é uma ótima forma de utilizar o poder da planta

É muito simples:

1. Primeiramente, coloque 12 folhas picadas dentro de uma xícara de chá;
2. Adicione água fervente;
3. Cubra a xícara e então deixe a temperatura abaixar um pouco;
4. Ao amornar a bebida, coe-a;
5. Beba de 3 a 4 xícaras por dia (com intervalos).

Leia também: Como acalmar o nervosismo com 5 remédios à base de ervas

Em que casos utilizar a erva-cidreira?

• Dores de barriga ou cólicas menstruais;
• Dor nos olhos;
• Em machucados;
• Como repelente, amassando as folhas e aplicando-as na pele;
• Dores de dente, ao colocar algumas folhas dentro de um copo de água, deixando descansar, e então depois fazendo bochecho, etc…

A erva-cidreira é bastante utilizada como remédio natural, mas também pode servir como aromatizador de ambientes, na produção de cosméticos, na fabricação de sabonetes, em óleos para o corpo, xampus, condicionadores para os cabelos, cremes, esfoliantes, etc.

E na culinária?

Na cozinha, no preparo de certos alimentos, a erva-cidreira adiciona um sabor cítrico à comida, além disso, é utilizada com bebidas para dar um aroma diferente. Serve também como tempero em saladas, peixes e aves.

Produto fitoterápico

A fitoterapia é baseada em fontes naturais para tratar diversos problemas, neste caso, nas plantas medicinais.

Já a aromaterapia é a forma com que o aroma das plantas exerce determinados efeitos sobre o corpo humano. 

Neste caso, a erva-cidreira é tanto fito, quanto aromaterápica. Não é uma maravilha?

  • Lins, A. D. F., Oliveira, M. N., Fernandes, V. de O., Rocha, A. P. T., Sousa, F. C., Martins, A. N. A., & Nunes, E. N. (2015). Quantificação de compostos bioativos em erva-cidreira (Melissa officinalis L.) e capim-cidreira [Cymbopogon citratus (DC) Stapf.]. Gaia Scientia.
  • AQUINO, L. C. L. de, SANTOS, G. G., TRINDADE, R. de C., ALVES, J. A. B., SANTOS, P. O., ALVES, P. B., … CARVALHO, L. M. de. (2010). Atividade Antimicrobiana Dos Óleos Essenciais De Erva-Cidreira E Manjericão Frente a Bactérias De Carnes Bovinas. Alim. Nutr.