Efeitos colaterais dos suplementos de ferro

08 Julho, 2020
Consumir suplementos de ferro pode causar efeitos colaterais como náuseas e prisão de ventre. Portanto, é importante tomar apenas a dose recomendada pelo seu médico.

Você conhece os principais efeitos colaterais dos suplementos de ferro? Eles são indicados para a prevenção e o tratamento da anemia por deficiência de ferro. Eles também são usados ​​em algumas situações em que o corpo exige maiores concentrações desse mineral, como durante a infância e a gestação.

No caso da anemia, o tratamento não se baseia apenas na ingestão de suplementos de ferro. Geralmente eles são combinados com uma dieta rica em ferro e, em alguns casos mais graves, pode ser necessária uma transfusão de sangue.

Tipos de suplementos de ferro

O ferro em sua forma elementar é um metal instável que enferruja facilmente. Por esse motivo, geralmente é encontrado na forma de complexos, como sulfato ferroso, fumarato ferroso e gluconato ferroso, que o tornam mais estável.

Todos os suplementos contêm o mesmo tipo de ferro; o que pode variar é como eles são absorvidos ou como interagem com os alimentos. Além disso, alguns suplementos de ferro podem ter mais efeitos colaterais do que outros, principalmente no sistema gastrointestinal.

Cápsulas de ferro
Existem vários tipos de suplementos de ferro. A diferença está na maneira como eles são absorvidos e interagem com os alimentos.

O suplemento mais conhecido é o sulfato ferroso, que deve ser tomado com o estômago vazio. Isso pode causar efeitos colaterais como náuseas e azia.

No entanto, existem outros suplementos de ferro que podem ser tomados durante as refeições. Nesses, o ferro é preparado de forma a não interagir com alimentos e outras substâncias. Por esse motivo, ele é mais biodisponível e tem menos efeitos colaterais.

Também existem suplementos de ferro associados a outras substâncias, como ácido fólico e vitamina B12. Apesar de as doses serem de 325 mg para os três, o fumarato ferroso tem uma maior disponibilidade (33%).

Descubra: Tipos de dieta que podem ajudar a tratar a anemia

Como esses suplementos de ferro funcionam?

Nosso organismo só é capaz de absorver uma determinada quantidade de ferro instantaneamente. Portanto, é recomendável dividi-lo em várias doses diárias e não tomá-lo uma única vez. Desta forma, a sua assimilação também será mais fácil.

O ferro é melhor assimilado com o estômago vazio, por isso é aconselhável tomá-lo 1 hora antes das refeições. É muito importante que o ferro não interaja com outros medicamentos; portanto, ele deve ser tomado pelo menos 2 horas antes ou depois de tomar outro medicamento, especialmente se forem suplementos com cálcio, zinco ou ácido fólico.

Mulher tomando suplemento de ferro
Lembre-se de que os suplementos de ferro podem interagir com outros medicamentos. Portanto, eles não devem ser tomados em horários próximos.

Para uma maior absorção, tome o ferro junto com um copo de suco de laranja ou tomate, pois eles têm vitamina C e favorecem a sua assimilação. Embora existam várias causas de anemia, geralmente ela é o resultado de uma deficiência sustentada de ferro.

A prática generalizada para a prevenção ou tratamento da anemia nas mulheres é a administração diária de suplementos de ferro, embora às vezes eles sejam combinados com ácido fólico, outras vitaminas e minerais por três meses.

No entanto, a suplementação diária de ferro costuma ser associada a efeitos colaterais, como náuseas e prisão de ventre. Nesses casos, a administração uma, duas ou três vezes por semana foi proposta como uma opção eficaz e mais segura do que as doses diárias.

Possíveis efeitos colaterais dos suplementos de ferro

Os efeitos colaterais variam de acordo com o tipo de complexo de ferro usado, sendo os mais comuns:

  • Azia e queimação estomacal.
  • Náuseas e vômitos.
  • Sabor metálico na boca.
  • Sensação de estômago cheio.
  • Fezes escuras.
  • Diarreia ou prisão de ventre.

As náuseas e o desconforto gástrico podem aumentar com a dose dos complexos de ferro. Esses desconfortos geralmente aparecem de 30 a 60 minutos após a ingestão. No entanto, eles podem desaparecer após os primeiros 3 dias de tratamento.

Para reduzir a prisão de ventre causada pelo medicamento, é conveniente adotar hábitos saudáveis, como aumentar o consumo de fibras presentes nas frutas e vegetais e fazer atividade física regularmente.

Tente tomar o suplemento junto com as refeições sempre que isso for possível. Algumas versões também podem conter ácido fólico e vitamina B12, que também ajudam a combater a anemia.

Não deixe de ler: O que causa o sabor metálico na boca?

Conclusão sobre os efeitos colaterais dos suplementos de ferro

Recomenda-se tomar suplementos de ferro somente quando houver indicação médica. Embora a deficiência de ferro possa ser estabilizada em dois meses, o organismo leva entre 6 meses e um ano para se recuperar totalmente.

  • Christensen, L., Sguassero, Y., & Cuesta, C. B. (2013). Anemia y adherencia a la suplementación oral con hierro en una muestra de niños usuarios de la red de salud pública de Rosario, Santa Fe. In Archivos Argentinos de Pediatria. https://doi.org/10.5546/aap.2013.288
  • Lane DJ, Jansson PJ, Richardson DR. Bonnie and Clyde: Vitamin C and iron are partners in crime in iron deficiency anaemia and its potential role in the elderly. Aging (Albany NY). 2016;8(5):1150–1152. doi:10.18632/aging.100966
  • Tolkien Z, Stecher L, Mander AP, Pereira DI, Powell JJ. Ferrous sulfate supplementation causes significant gastrointestinal side-effects in adults: a systematic review and meta-analysis. PLoS One. 2015;10(2):e0117383. Published 2015 Feb 20. doi:10.1371/journal.pone.0117383
  • Brock, C., Curry, H., Hanna, C., Knipfer, M., & Taylor, L. (1985). Adverse effects of iron supplementation: A comparative trial of a wax-matrix iron preparation and conventional ferrous sulfate tablets. Clinical Therapeutics7(5), 568–573.
  • Schümann, K., Ettle, T., Szegner, B., Elsenhans, B., & Solomons, N. W. (2007, September 10). On risks and benefits of iron supplementation recommendations for iron intake revisited. Journal of Trace Elements in Medicine and Biology. Elsevier GmbH. https://doi.org/10.1016/j.jtemb.2007.06.002
  • OMS. (2014). Administración diaria de suplementos de hierro y ácido fólico en el embarazo. Organización Mundial de La Salud. https://doi.org/10.5923/j.instrument.20170601.01