Dores de cabeça devido à punção lombar

02 Junho, 2020
O número de pacientes que sofrem de dores de cabeça após uma punção lombar foi bastante reduzido. No início do século 20, o percentual era de 60%. Hoje, chegou a 11%, pois a punção passou a ser feita com uma agulha mais fina.

Estima-se que as dores de cabeça devido à punção lombar afetem aproximadamente 40% dos pacientes submetidos a uma punção lombar ou anestesia intradural. Em geral, estas são condições que se resolvem sozinhas.

A punção lombar é um procedimento realizado para aplicar anestesia local ou para fins de diagnóstico ou terapêutico. Às vezes, causa uma redução na pressão intracraniana e isso, por sua vez, leva à dor de cabeça.

As primeiras punções lombares foram realizadas no final do século 19. No início do século 20, a incidência de dor de cabeça por esse procedimento era de 60%. Com o tempo, esse percentual diminuiu e continua caindo até hoje.

O que é uma punção lombar

Punção lombar

A punção lombar é um procedimento clínico cujo objetivo é extrair o líquido cefalorraquidianoTambém é feito para aplicar anestesia ou algum medicamento. Este líquido é encontrado ao redor do cérebro e da medula espinhal. Funciona como uma espécie de almofada.

Durante o procedimento, o médico insere uma agulha entre duas vértebras lombares e no canal medular. Dependendo do objetivo da punção lombar, é executada imediatamente uma das seguintes ações:

  • Uma pequena quantidade de líquido cefalorraquidiano é removida, que será examinada em laboratório.
  • Uma certa quantidade de líquido é removida para reduzir a pressão no canal medular.
  • Um anestésico ou algum medicamento é injetado.

Então, a agulha é removida. No entanto, se houver uma perda muito grande de líquido cefalorraquidiano, a pressão desse líquido é reduzida na cavidade craniana e isso causa dor de cabeça.

Dores de cabeça devido à punção lombar

A cefaleia pós-punção lombar geralmente se apresenta como dor bilateral, ou seja, nos dois lados da cabeça. É usual que apareça imediatamente, e no máximo dentro de um período não superior a cinco dias após o procedimento. O normal é que desapareça espontaneamente em menos de uma semana.

Em casos típicos, a dor piora quando o paciente está sentado ou em pé. Portanto, é recomendável que permaneça deitado. A dor de cabeça ocorre principalmente em mulheres, entre 18 e 30 anos e que possuem baixa massa corporal.

Por outro lado, o aparecimento da dor de cabeça após uma punção lombar depende muito do tipo de agulha utilizada, da técnica aplicada e da habilidade do operador que executa o procedimento. Quanto menor a espessura da agulha, menor o risco de dor de cabeça. Com agulhas muito finas, a porcentagem de afetados cai para 11%.

Talvez você possa se interessar: Uma coluna vertebral biônica ajudaria as pessoas com paralisia a voltarem a caminhar

Sintomas e diagnóstico das dores de cabeça devido à punção lombar

Punção lombar e dor de cabeça

O principal sintoma da dor de cabeça pós-punção é uma dor surda e latejante, variando em intensidade, de leve a incapacitante. A dor piora quando o paciente se levanta e diminui quando está deitado.

Além disso, a dor de cabeça pode vir acompanhada por outros sintomas, como tontura, zumbido, visão dupla ou embaçada, náusea, perda auditiva e rigidez e dor no pescoço. As imagens de ressonância magnética revelam uma diminuição nas estruturas intracranianas, entre outros sinais.

Como vimos, o diagnóstico é clínico. Às vezes, o médico solicita uma ressonância magnética ou outros estudos semelhantes para descartar outras possíveis causas da dor de cabeça.

Não deixe de ler: 8 conselhos para manter a coluna vertebral forte e saudável

Outros dados a considerar

É aconselhável deitar-se por um período não inferior a 12 horas se ocorrer dor de cabeça após uma punção lombar. Geralmente a dor aparece 15 minutos após a realização do procedimento; não é contraindicado realizar ações como levantar-se para ir ao banheiro ou comer.

Beber bastante líquido ajuda a recuperar o líquido cefalorraquidiano que foi perdido, especialmente durante as 24 horas após o procedimento. Da mesma forma, a menos que seja dada uma indicação contrária, é permitido tomar café e bebidas que contenham cafeína.

A dor de cabeça deve diminuir. Se for muito intensa ou permanecer em alto nível por várias horas após o procedimento, é necessário consultar um médico, bem como se houver vômito e formigamento ou dormência nas pernas. Uma consulta também é necessária se houver dificuldades para urinar, ou ocorrer dor ou sangramento no local em que a agulha foi inserida.

  • Herrera Salas, S. (2016). Cefalea post punción lumbar. Revista Médica de Costa Rica y Centroamérica, 73(620), 443-448.