Diurético: o que é e para que serve?

15 de novembro de 2019
Um diurético é geralmente usado para tratar doenças como hipertensão ou patologias renais.

Um diurético é uma substância que ajuda a eliminar a água e os eletrólitos do corpo através da urina. Ou seja, agem fazendo com que os rins liberem principalmente mais sódio e mais água na urina.

Dessa maneira, um diurético consegue reduzir a quantidade de líquido que circula por nossos vasos sanguíneos. Assim, a pressão que o próprio sangue exerce nas paredes dos vasos é reduzida.

Por exemplo, um diurético pode ser usado no tratamento da hipertensão ou insuficiência cardíaca. Portanto, neste artigo, explicamos tudo o que você precisa saber sobre eles e para que são usados.

Como funciona um diurético?

Como já mencionamos, em geral, um diurético age fazendo com que o rim elimine mais eletrólitos e mais água na urina. Ao aumentar o fluxo de urina, é possível reduzir o volume total de sangue que circula pelos vasos.

Um diurético ajuda o funcionamento dos rins

É importante saber que existem diferentes tipos de diuréticos. São classificados de acordo com seu mecanismo de ação. Isso permite um desempenho muito mais eficaz quando usado para um tratamento médico específico. Principalmente, um diurético pode ser:

  • Tiazídico: evita que o sódio e o cloro sejam reabsorvidos nos rins, reduzindo a quantidade destes e de líquido no sangue. Além disso, esses são os únicos que permitem a dilatação dos vasos sanguíneos. Portanto, são os que são usados ​​principalmente para tratar a hipertensão.
  • Poupador de potássio: atua praticamente da mesma forma que os anteriores. No entanto, evita que o potássio se perca na urina. Isso é importante para certas doenças causadas por desequilíbrios de potássio.
  • Diurético de alça. Seu mecanismo é semelhante aos tiazídicos e, de fato, geralmente são combinados. São usados ​​em tratamentos agudos por sua alta eficácia na produção de urina.

Para que é utilizado um diurético?

Um diurético pode ser usado para muitos propósitos. Primeiro, eles são usados ​​como medicamentos para tratar ou melhorar certas doenças. Por exemplo, são usados ​​na insuficiência cardíaca.

A insuficiência cardíaca é uma situação em que o coração não consegue bombear sangue oxigenado com eficiência para todas as partes do corpo. Conforme o tempo passa, o sangue se acumula em certas áreas.

Isso faz com que o fluido passe para o tecido intersticial, como nos pulmões ou nas pernas. Portanto, com o uso do diurético, essa quantidade de líquido é reduzida, o que permite que o coração se torne mais eficaz novamente.

Além disso, também são usados ​​em muitas patologias renais, doenças hepáticas ou no tratamento de edemas. Da mesma forma, é importante saber que eles são um dos pilares do tratamento da hipertensão.

No entanto, existem pessoas que pensam que um diurético é útil para a perda de peso. Isto não é assim; os diuréticos ajudam a reduzir a quantidade de líquido que se acumula, mas não queimam gordura.

É verdade que se você os tomar, parecerá menos inchado e pensará que está mais magro, mas isso será graças à perda de líquidos e não da gordura excedente. De fato, fazer isso pode colocar você em risco de desidratação. Não faça isso sem antes consultar um médico.

Leia também: Alimentos ricos em água para deter a desidratação

Quais alimentos são diuréticos?

Os pepinos ajudam na eliminação de líquidos do organismo

De fato, embora você não deva tomar medicamentos por conta própria, é aconselhável adicionar alimentos na sua dieta que ajam naturalmente como diuréticos. Ajudarão você a eliminar o possível excesso de líquido e a melhorar a saúde de seus rins, desde que você faça isso de maneira equilibrada.

Alguns alimentos que servem como diuréticos naturais são aipo, beterraba, pera e pepino. Obviamente, melancia e aspargos também cumprem essa função, de acordo com a crença popular. Não se esqueça de combiná-los com a hidratação adequada.

Descubra: Benefícios de comer pepino com frequência

Em conclusão

Um diurético é uma substância que ajuda a eliminar mais água e eletrólitos através da urina. Permite reduzir o volume total de sangue, o que é muito benéfico para o tratamento de algumas patologias, como a hipertensão.

No entanto, também deve ser administrado com cuidado e controle, porque pode ser prejudicial se tomado em excesso. Portanto, o ideal é consultar um médico e nunca tomá-lo sob a forma de medicamento por conta própria.

  • Cómo actúan los diuréticos y sus efectos secundarios. (n.d.). Retrieved September 25, 2019, from https://www.sabervivirtv.com/medicina-general/como-actuan-diureticos-efectos-secundarios_1156
  • Diuréticos | Texas Heart Institute. (n.d.). Retrieved September 25, 2019, from https://www.texasheart.org/heart-health/heart-information-center/topics/diureticos/
  • Utilidad de los diuréticos en la insuficiencia renal aguda – Artículos – IntraMed. (n.d.). Retrieved September 25, 2019, from https://www.intramed.net/contenidover.asp?contenidoid=22501