Dieta do metabolismo acelerado, como funciona?

· 12 de agosto de 2018
Se o seu metabolismo for lento, pode ser que aplicar a dieta do metabolismo acelerado seja uma excelente solução para você. A seguir te explicamos em que consiste este novo método.

Se ao longo da sua vida você fez uma dieta atrás da outra sem alcançar sucesso em seus objetivos, pode ser que esta seja a solução para você. Principalmente se teve que reduzir as proporções de cada uma de suas refeições, contar as calorias, gorduras ou cada grama que ingeriu para conseguir o peso que deseja.

Por isso, repassaremos tudo sobre a famosa dieta do metabolismo acelerado (DMA). Este método dietético te permitirá emagrecer até 10 kg em apenas 28 dias.

De que maneira? Por meio do consumo de nutrientes concretos em tempos estratégicos, com a finalidade de reativar seu metabolismo estancado ou lento.

Do que se trata a dieta do metabolismo acelerado?

Haylie Pomroy desenhou um plano perfeito, saudável e variado para que a comida não seja sua principal inimiga na hora de emagrecer. Pelo contrário, se transformará no remédio e a energia necessária para acelerar o seu metabolismo lento.

Por esta razão, escreveu o livro que ganhou uma posição na lista de sucessos de vendas do New York Times, “A Dieta do Metabolismo Acelerado”.

Ali afirma que você vai comer muito, e ainda assim vai perder peso. O que não vai fazer é contar se quer um grama de calorias ou gorduras que ingerir”.

Ainda, assegura que fará tudo oposto a isso, devido ao fato de que modificará o que come ao longo de cada semana. Tudo de acordo com um plano simples, desenvolvido especialmente para induzir mudanças fisiológicas preciosas que te permitirão acelerar seu metabolismo.

Pode te interessar: 5 alternativas para substituir o açúcar em uma dieta de perda de peso

Como funciona?

Basicamente, a dieta do metabolismo funciona em três fases. Se dividem de segunda a domingo e têm que se repetir durante quatro semanas consecutivas. A seguir, te apresentaremos quais são as etapas nas quais este método se estrutura:

  • Primeira fase (segunda e terça): deve consumir muitos carboidratos e frutas.
  • Segunda fase (quarta e quinta): tem que ingerir muitas proteínas de origem animal e verduras alcalinas.
  • Terceira fase (sexta, sábado e domingo): além de tudo o que foi citado antes, deverá adicionar mais gorduras e óleos totalmente saudáveis.

Lembre-se que tem que repetir este plano durante 28 dias consecutivos, de forma que possa notar os resultados.

Mulher mostrando que tem um metabolismo acelerado

Precisa se exercitar?

Em cada uma dessas fases é necessário que faça exercício. Pode distribuí-lo nas três etapas da seguinte maneira: um treinamento cardio, depois um anaeróbico e, por último, fazer uma atividade física que relaxe seu corpo. Assim, sem dúvidas, conseguirá ter um metabolismo mais ativo e saudável.

Indicações para realizar a dieta DMA

Se alimente cinco vezes ao dia

Os pratos básicos são desjejum, almoço e jantar. Incluirá dois lanches entre as comidas, uma no meio da manhã e outra no meio da tarde.

Coma a cada dois ou quatro horas

O espaço mínimo que deve ter entre uma refeição e outra é de duas horas, enquanto o lapso máximo é de quatro horas. Certamente, esta norma não se aplica quando estamos desfrutando de nossas respectivas horas de sono.

Desjejum ao acordar

Deve fazer o desjejum dentro o lapso da primeira hora depois de acordar, não pode pular nenhum café da manhã. Isso é imprescindível para que seu metabolismo se ative rapidamente.

Ingerir um café da manhã completo ajuda a obter um metabolismo acelerado

Cumpra as quatro semanas

É preciso que, no mínimo, cumpra as quatro semanas deste regime. Seu corpo precisa de tempo para se reparar, o que leva um lapso de pelo menos 28 dias.

Leia também: Benefícios de uma dieta rica em proteínas para perder peso

Respeite cada fase e seus alimentos

Você deve respeitar a ordem de cada etapa deste plano e os produtos que deve consumir. Não misturar, mudar e nem inverter. Só assim conseguirá os resultados esperados. Diga sim aos alimentos orgânicos e diga não às carnes processadas.

Alimentos proibidos

Como a maioria dos regimes alimentares saudáveis, a dieta do metabolismo acelerado proíbe o consumo de certos alimentos como:

  • Lácteos;
  • Milho;
  • Trigo (só se permitem os que estão germinados);
  • Soja;
  • Álcool;
  • Açúcares refinados;
  • Cafeína;
  • Sucos;
  • Produtos light;
  • Fruta dissecada;
  • Adoçantes artificiais;

Se assegure de abandonar as comidas rápidas ou fast foods, que contêm gorduras nada saudáveis, todo tipo de açúcares e farinhas refinadas que só ficam armazenadas em nossos corpos.

Benefícios para a saúde

Haylie Pomroy explica que esta distribuição com alimentos integrais e saudáveis tem como objetivo aliviar as glândulas suprarrenais, diminuir o estresse no fígado e nutris a tireoide.

Tudo com a finalidade de produzir os hormônios triiodotironina (T3) e tiroxina (T4), principais responsáveis por um metabolismo rápido.

Além disso, adicione que a dieta do metabolismo acelerado ajuda a reduzir o estresse e, por conseguinte, o hormônio cortisol, responsável por produzir a gordura que se localiza no abdômen.

Do mesmo modo, expõe que por meio deste método também é possível diminuir as probabilidades de sofrer várias complicações tais como:

  • Doenças cardiovasculares;
  • Problemas hormonais;
  • Hipercolesterolemia;
  • Diabetes;
  • Artrite;
  • Doença Celíaca;
  • Infertilidade;
  • Desordens emanadas da tireoide;
  • Sobrepeso;

Trata-se de uma proposta interessante que pode incluir em sua rotina diária. Te aconselhamos que antes de iniciá-la consulte a opinião de um profissional. Da mesma forma, lembre-se de que precisará de uma boa rotina de exercício para que o procedimento seja eficaz.