Dieta depurativa para o fígado

· 21 de abril de 2018
Assim como é importante incluir alimentos benéficos para o fígado, também devemos evitar aqueles que possam dificultar seu trabalho ou impedir suas funções depurativas. Siga essa dieta para cuidar dele.

O fígado é um órgão incrível que executa várias tarefas no corpo, por isso é vital cuidar dele e mantê-lo saudável. Em geral, é suficiente comer de forma saudável, mas, se você não fizer isso, tente a seguinte dieta depurativa para o fígado.

Qual é a função do fígado?

Sinais de toxicidade no fígado

A principal função do fígado é a eliminação de substâncias potencialmente prejudiciais ao organismo, incluindo oxidantes.

O fígado também é responsável pela eliminação do excesso de hormônios. Portanto, quando o fígado tem um mau funcionamento pode levar ao aparecimento de acne e síndrome pré-menstrual dolorosa.

Os níveis de açúcar no sangue são equilibrados graças ao fígado. Quando esta função falha, o corpo começa a sentir-se cansado, gera um aumento de peso e, em casos graves, pode resultar em diabetes.

A bílis é produzida pelo fígado. Sem isso, os níveis de colesterol aumentam, causando distúrbios digestivos e distensão do estômago, alergias alimentares e má absorção de vitaminas, particularmente A, D, K e E.

Como você pode ver, seguir uma dieta depurativa para o fígado pode livrá-lo de vários problemas que são irritantes para sua vida diária.

Recomendamos que você leia: 6 sinais de alerta de fígado gorduroso

Por que é necessário purificar o fígado?

O corpo naturalmente produz grandes quantidades de toxinas simplesmente processando os alimentos que ingerimos.

Quando o fígado está sobrecarregado, uma mistura de amônia é liberada no sangue, o que pode causar danos ao cérebro, sistema nervoso, rins e fígado. Outra toxina que é liberada quando o fígado está sobrecarregado é o ácido lático. Isso causa fadiga crônica e dores musculares.

Um acúmulo excessivo de ácido lático pode causar ansiedade, dores de cabeça, pressão alta e ataques de pânico.

Outras fontes de toxinas, além do processamento de alimentos, são:

  • A cafeína
  • O Álcool
  • O sal
  • Os alimentos processados
  • As drogas
  • Os medicamentos

Há também toxinas ambientais, como fumaça de cigarro, pesticidas e produtos químicos.

Dieta depurativa para o fígado

Dieta depurativa à base de frutas para o fígado

Esta dieta depurativa para o fígado tenta intensificar certos alimentos, moderando e evitando o consumo de outros. O ideal é manter essa dieta por uma semana inteira.

Alimentos verdes (podem ser consumidos sem restrição)

Frutas com maior potencial de desintoxicação são uma parte importante desta dieta depurativa para o fígado.

As melhores são:

  • Cítricos
  • Mamão
  • Pêssegos
  • Mangas
  • Melões
  • Uvas vermelhas
  • Bagas

O teor de fibras nestas frutas acelera a eliminação de toxinas no corpo e melhora o trabalho do trato digestivo. É aconselhável consumi-los frescos e inteiros em vez de suco.

Entre os vegetais que são especialmente bons para a desintoxicação estão:

  • Alcachofras
  • Pimentos
  • Beterraba
  • Couve de Bruxelas
  • Crucíferas (brócolis, repolho roxo, couve-flor, couve, agrião, espinafre)
  • Cenouras
  • Pepino
  • Abóbora
  • Batata Doce
  • Tomate
  • Feijão
  • Sementes germinadas

Esses vegetais ajudam a neutralizar os metais pesados, pesticidas e outros produtos químicos que podem afetar o corpo, mas com os quais entramos em contato constantemente.

Sementes cruas, sem sal, podem ser consumidas todos os dias. As opções são: amêndoas, castanhas-do-pará, avelãs, nozes-pecãs, sementes de abóbora, sementes de girassol, sementes de gergelim e sementes de linhaça.

Utiliza azeite extra-virgem para cozinhar e óleos de sementes para temperar as saladas. Como as sementes, esses óleos fornecem uma base lipídica que pode absorver toxinas prejudiciais.

Certifique-se de beber pelo menos oito copos de água por dia. Isso pode incluir água purificada, filtrada ou engarrafada. Você também pode beber chá ou café descafeinado.

Veja também: 5 sementes benéficas que não podem faltar na sua dieta

Alimentos amarelos (consumir com moderação)

Dieta depurativa à base de arroz para o fígado

Limite o consumo de:

  • Grãos: arroz integral, milho, aveia e quinoa, não mais do que duas porções por dia.
  • Peixe, como salmão, cavala, anchova e sardinha, não mais que uma porção diária.
  • Bananas e batatas para uma porção a cada dois dias.

Alimentos vermelhos (evitar completamente)

  • Carne vermelha e laticínios, incluindo ovos, leite, queijo e iogurte. Os produtos lácteos são o alérgeno alimentar mais comum e a maioria das pessoas produz anticorpos contra eles, fazendo com que o sistema imunológico reaja.
  • Trigo e outros grãos com glúten, como o centeio e a cevada, que irritam o intestino.
  • Sal, adoçantes artificiais, aditivos alimentares e conservantes, frituras, temperos e frutas secas. Estes alimentos contêm conservantes, ingredientes sintéticos e produtos químicos que podem prejudicar o bom funcionamento do fígado.
  • A cafeína e o álcool fazem com que o fígado tenha que trabalhar arduamente para desintoxicá-lo. Substitua essas bebidas por chá verde.

Como você pode ver, esta dieta depurativa para o fígado é bastante simples e dá-lhe várias opções para comer bem e sem esforço.