Por que devemos parar de consumir junk food?

O consumo regular de junk food não apenas leva a um ganho de peso, como também pode afetar a nossa saúde cardiovascular e causar complicações graves.
Por que devemos parar de consumir junk food?

Última atualização: 24 Fevereiro, 2021

Vivemos em uma época em que tudo acontece em grande velocidade. O ritmo e o estilo de vida da sociedade moderna nos fazem conviver com o estresse e a pressa. Tudo parece ser urgente e até mesmo comemos sem a tranquilidade que deveríamos ter. Além disso, é muito comum consumir alimentos de baixa qualidade. O junk food já está estabelecido na nossa rotina.

No entanto, a literatura científica revela que o consumo regular de junk food não é benéfico, muito pelo contrário. Isso reduz a saúde e a qualidade de vida, além de aumentar o risco de sofrer problemas de saúde tanto a curto quanto a longo prazo (por exemplo, distúrbios cardiovasculares, sobrepeso, fadiga e depressão). Você quer saber mais sobre o assunto?

O que é o junk food?

devemos parar de consumir junk food

O junk food se caracteriza por ser muito apetitoso e visualmente atraente, mas de baixa qualidade, barato e pobre em nutrientes. Além disso, sempre tem grandes campanhas publicitárias voltadas para setores vulneráveis ​​da população. Os seus alvos são, acima de tudo, crianças e adolescentes.

Definimos como junk food todos os produtos processados ​​que são compostos de:

  • Açúcares.
  • Condimentos.
  • Excesso de sal refinado.
  • Altos níveis de gorduras e óleos vegetais refinados.
  • Aditivos alimentares: corantes artificiais, realçadores de sabor, conservantes, etc.

Todas essas substâncias são prejudiciais à saúde e, além disso, geram dependência, pois estimulam o apetite e a sede. Esse efeito faz com que, quanto mais junk food comemos, mais vontade temos de continuar a consumi-lo. Isso nos faz entrar em um círculo vicioso do qual só conseguiremos sair se eliminarmos completamente esses alimentos da nossa dieta.

Riscos para a saúde

devemos parar de consumir junk food
A hipertensão arterial não controlada pode causar danos às artérias.

1. Aumenta o colesterol

A alimentação tem grande influência no aumento ou na diminuição do colesterol no sangue.

As gorduras hidrogenadas que ingerimos com o junk food são metabolizadas no corpo e passam para o sangue, onde causam um aumento do colesterol ruim (LDL). Portanto, não são apenas os alimentos de origem animal que aumentam o colesterol.

Dessa forma, o risco de doença cardiovascular aumenta, uma vez que o pico de açúcar no sangue lesiona e inflama os vasos sanguíneos. Além disso, o colesterol ruim (LDL) adere às paredes das artérias e impede o fluxo de sangue para o coração. Isso aumenta as chances de ter um infarto se a obstrução for muito grande.

1. Causa obesidade

Existem várias causas para o aumento da obesidade na população mundial, incluindo a mudança nos hábitos alimentares. Com o aparecimento do junk food, há uma tendência a consumir alimentos hipercalóricos, com excesso de gorduras e açúcares e uma falta total de nutrientes como vitaminas e minerais.

Tudo isso fez com que as taxas de obesidade na população aumentassem de forma alarmante, bem como das doenças dela derivadas. Isso acontece, sobretudo, nos países ocidentais, onde esse tipo de produto é mais consumido. Além disso, as crianças têm acesso a esse tipo de comida com muita facilidade.

3. O consumo abusivo pode causar depressão e fadiga crônica nos jovens

Uma alimentação saudável é essencial para regular as alterações hormonais na adolescência. O abuso de junk food e a sua deficiência nutricional podem nos predispor diretamente a sofrer de depressão e estados de apatia ou desânimo.

Uma vez que não fornece as proteínas e vitaminas de que o corpo precisa para o seu bom funcionamento, o consumo contínuo de junk food também pode causar fadiga crônica. Os níveis de energia são tão precários que qualquer atividade ou esforço acaba sendo muito difícil de realizar.

4. Causa problemas digestivos

devemos parar de consumir junk food

O junk food geralmente costuma ser elaborado através de processos com altas temperaturas, principalmente frituras. O óleo que ingerimos por meio desses alimentos fritos fica nas paredes do estômago. Isso causa um aumento na produção de ácido, o que irrita o estômago e cria um refluxo gástrico.

Uma vez que quase não contém fibras e é rico em gorduras saturadas, esse tipo de comida dificulta os processos digestivos e hepáticos e, como consequência, aumenta o risco de hemorroidas e constipação. Além disso, também pode causar:

O abuso de junk food provoca, em muito pouco tempo, efeitos nocivos para o nosso corpo, semelhantes aos do abuso de álcool e outros hábitos tóxicos. Por este motivo, recomendamos que a partir de hoje você opte por uma dieta mais natural e saudável.

Pode interessar a você...
Acrilamida nos alimentos: riscos e como evitá-la
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Acrilamida nos alimentos: riscos e como evitá-la

A acrilamida é uma substância cancerígena gerada em alimentos que contêm amido e que passam por processos de cozimento em altas temperaturas.



  • Oginsky MF, Goforth PB, Nobile CW, Lopez-Santiago LF, Ferrario CR. Eating “Junk-Food” Produces Rapid and Long-Lasting Increases in NAc CP-AMPA Receptors: Implications for Enhanced Cue-Induced Motivation and Food Addiction. Neuropsychopharmacology. 2016;
  • Sonia S. Anand, Corinna Hawkes, Russell J. de Souza, Andrew Mente, Mahshid Dehghan, Rachel Nugent, Michael A. Zulyniak, Tony Weis, Adam M. Bernstein, Ronald M. Krauss, Daan Kromhout, David J.A. Jenkins, Vasanti Malik, Miguel A. Martinez-Gonzalez, Dariush WCW and BMP. Food Consumption and its Impact on Cardiovascular Disease: Importance of Solutions Focused on the Globalized Food System. J Am Coll Cardiol. 2015;
  • Ashakiran, Deepthi R. Fast Foods and their Impact on Health. J Krishna Inst Med Sci Univ. 2012;
  • Mensink RP, Plat J. Dietary fats and coronary heart disease. In: Food Lipids: Chemistry, Nutrition, and Biotechnology, Fourth Edition. 2017.