Descubra uma música para fazer os bebês rirem

· 8 de setembro de 2018
O riso dos bebês se espalha para outros bebês. Isso foi comprovado pelos criadores de "A canção feliz", a primeira composição musical cientificamente projetada para fazer os bebês rirem. O que você acha de experimentar?

Um grupo de pesquisadores, liderados pelos psicólogos Caspar Addyman e Lauren Stewart, juntamente com a cantora e compositora britânica Imogen Heap, compuseram a primeira música para fazer os bebês rirem.

Após vários meses de pesquisa, muitos testes de laboratório foram feitos para determinar do que os bebês gostavam. Os cientistas desenvolveram “A canção feliz”, que eles dizem ser a primeira música que consegue fazer os bebês rirem.

Por que a música é importante para os bebês?

A música pode ser uma maneira de se comunicar com os bebês desde o úteroPodemos estimular não apenas o seu senso de audição durante a gravidez, mas também seu relacionamento com as pessoas que estarão esperando por ele quando chegar o momento do parto.

A música permite despertar a criatividade, incentivar a aprendizagem e nutrir o apego que une a família. Juntos, vocês podem se sentar para cantar ou tocar músicas.

Confira também o texto: Musicoterapia para baixar a pressão arterial alta 

Mãe colocando música para fazer o bebê rir

Essa motivação levou esse grupo de cientistas britânicos a encontrar uma música que faria os bebês rirem. Além de lhes proporcionar alegria e melhorar o humor, permitiu avaliar o comportamento dos bebês diante de certos tipos de melodias e ritmos.

É possível fazer um bebê rir com uma música?

A investigação incluiu a realização de mais de 2.300 pesquisas entre os países do Reino Unido, para determinar quais eram os sons favoritos dos bebês.

Esta primeira fonte de informação mostrou que os sons que causam mais risos nos bebês são os espirros (51%).

Depois, os ruídos animais (23%) e o riso de outros bebês (28%).

Testes laboratoriais foram realizados com mais de 50 bebês, com idades entre 6 e 12 meses. Eles foram monitorados para determinar quais sons causavam mais risos e reações positivas.

A artista Imogen Heap é uma talentoso multi-instrumentista, vencedora de um Grammy Award. Ela foi escolhida para fazer parte deste projeto. O projeto é baseado em uma música que inclui sons eletrônicos e sons ambientais. Em “A canção feliz” foram incorporados sons de animais e risos de bebês.

Como é “A canção feliz”?

O fato de Heap ser uma mulher foi decisivo, já que as vozes femininas são mais atraentes para os bebês.

Pai fazendo o bebê rir

Heap primeiro inventou quatro melodias que foram testadas nos bebês, até que encontraram a peça certa. A peça que gerou mais risos entre os bebês que fizeram parte dos testes foi a escolhida.

O ritmo foi outro fator importante. Como os bebês têm uma frequência cardíaca mais rápida do que os adultos, a seleção rítmica precisou ser escolhida com cuidado para se conectar com o ritmo “mais rápido” dos bebês.

A música para fazer os bebês rirem tem um estilo diferente. Com dois minutos de duração, combina uma letra sobre como amamos nossos filhos onde quer que estejamos, a voz melodiosa de Heap e os sons ambientais que os bebês mais gostam.

Recomendamos ler: Quais são os diferentes tipos de gravidez?

O resultado de “A canção feliz” é confiável?

Os cientistas monitoraram as reações de mais de 50 bebês. Eles avaliaram como as melodias, sons e mensagens geravam um maior número de movimentos.

Bebê rindo

Eles até acompanharam como a frequência cardíaca dos bebês variava para descobrir o que gerava uma melhor resposta no humor dos bebês. Após três meses de testes, surgiu “A canção feliz”, e os resultados são confiáveis. No entanto, os cientistas e a cantora ainda estão testando a música.

A dúvida ainda é se todos os bebês do mundo ficarão felizes ao ouvir essa música. Seria necessário avaliar se a linguagem pode ser uma barreira para despertar a alegria dos bebês, já que a letra foi originalmente composta em inglês.

Acreditamos que sons universais, ou ruídos diários, e o ritmo alegre da música podem criar conexões com os bebês, mesmo que sejam feitos em outros idiomas. O que você acha de experimentar com o seu bebê? Escute a música nesta página.