Como descobrir se sua tireoide está funcionando mal

28 de julho de 2017
As complicações da glândula da tireoide podem passar despercebidas, já que se confundem com outras doenças comuns que costumam afetar a nossa saúde. Diante de qualquer suspeita, devemos consultar um especialista.

Você acredita que sua tireoide não está funcionando corretamente? Então, não deixe de ler as chaves para que você mesmo possa comprovar se ela apresenta algum tipo de problema.

Como sabemos, a tireoide é uma glândula com forma de borboleta que se encontra no pescoço, diante da traqueia.

Esta representa um papel chave no corpo, já que é a encarregada de produzir os hormônios tiroxina e triiodotironina. Além disso, regula o metabolismo corporal e a função de diferentes órgãos.

O motivo de sua grande importância é que cada célula do corpo depende dos hormônios da tireoide para seu crescimento e desenvolvimento.

Por isso, entre outras funções que nosso corpo realiza de forma constante, influencia os seguintes aspectos:

  • A frequência cardíaca
  • Os níveis de colesterol
  • O peso corporal
  • O nível de energia
  • A força muscular
  • As condições da pele
  • A regularidade menstrual
  • A memória

A tireoide faz uso do iodo para produzir seus hormônios. Portanto, este elemento é indispensável para seu correto funcionamento.

O corpo obtém o iodo a partir dos alimentos

Então, um fornecimento insuficiente de iodo pode não só alterar o funcionamento da tireoide, como também agravá-lo.

Podemos obtê-lo através de alimentos como, por exemplo:

  • Laticínios (iogurte, queijo, leite)
  • Frutas (laranja, maçã, abacaxi)
  • Vegetais (beterraba, acelga, cebola)
  • Alho
  • Feijões
  • Algas marinhas

Sintomas mais comuns de problemas na tireoide

Médico examinando a tireoide

Infelizmente não há um sintoma específico que permita detectar se a tireoide está funcionando mal desde as primeiras etapas ou se a glândula falha.

No entanto, a verdade é que os exames de laboratório clínico são a comprovação mais certeira.

É importante saber que as anomalias na tireoide têm sintomas comuns que podem, entretanto, confundir-se com outros transtornos como:

A tireoide pode aumentar seu tamanho e, inclusive, modificar sua estrutura. Estes casos recebem o nome de “bócio” e se apresentam através de uma pequena protuberância no pescoço.

Infelizmente as complicações da tireoide costumam ser assintomáticas, mas podem gerar dificuldades para engolir, respirar ou produzir mudanças na voz.

Por outro lado, as alterações de funcionamento mais conhecidas são o hiper e o hipotireoidismo, que podem vir acompanhadas ou não do aumento do tamanho da glândula.

Veja também: Tratamento natural para o hipotireoidismo

Sintomas do hipotireoidismo

Mulher apalpando a tireoide

O hipotireoidismo implica a diminuição da produção de hormônios da tireoide e, aliás, é até quatro vezes mais comum do que o hipertireoidismo

O desequilíbrio gerado pode levar ao funcionamento irregular do corpo.

Alguns dos sintomas que este problema apresenta são, por exemplo:

  • Fadiga
  • Intolerância ao frio
  • Perda de apetite
  • Ganho de peso (entre 2 e 4 quilos, produto da retenção de líquidos)
  • Pressão sanguínea elevada
  • Pele fria, seca, áspera e rugosa
  • Cabelo mais fino ou mais grosso e seco
  • Dificuldade para se concentrar e problemas de memória
  • Fala e movimentos mais lentos
  • Irregularidades no ciclo menstrual
  • Dores musculares e articulares
  • Fraqueza e sonolência

No caso de ter hipotireoidismo você deve manter uma alimentação equilibrada e variada. Portanto, ela deve conter alimentos de todos os grupos, especialmente aqueles ricos em fibras e pobres em gorduras.

Além disso, também se recomenda aumentar a atividade física diária.

Sintomas do hipertireoidismo

Falhas na tireoide

O hipertireoidismo é outro dos problemas que a tireoide pode apresentar.

Diferentemente do hipotireoidismo, neste transtorno o corpo produz uma quantidade maior de hormônios da tireoide do que a necessária. Assim, é gerado um aumento da taxa metabólica corporal.

Não deixe de ler: Hipertireoidismo em mulheres, sintomas e alimentos recomendados

Entre os sintomas mais comuns encontramos:

  • Aumento da frequência cardíaca (palpitações) e da pressão sanguínea
  • Nervosismo e ansiedade
  • Insônia
  • Aumento do apetite e perda de peso
  • Sensibilidade ao calor
  • Cabelo fino e quebradiço
  • Problemas de visão
  • Irregularidade menstrual
  • Evacuações intestinais frequentes
  • Tremores
  • Aumento da sudoração

Em caso de hipertireoidismo é preciso, portanto, manter uma dieta equilibrada e energética.

Se você suspeita de que pode apresentar alguma irregularidade com esta glândula, consulte seu médico para fazer os exames pertinentes. Assim, ele dará um diagnóstico e tratamento adequados.

Imagem principal cortesia de wikiHow.com

Então, gostou deste artigo? Sendo assim, continue na nossa página com mais dicas para a sua saúde, beleza e bem-estar.

  • N. Brandan; I. Llanos; A. Rodríguez. (2010). Hormonas Tiroideas. Universidad Nacional Del Nordeste. https://doi.org/10.1089/thy.2007.0257
  • Toribio, R. E., & Duckett, W. Μ. (2004). Glándula tiroides. Medicina Interna Equina, Vol. 2.
  • Hernández, F. (2015). Fisiología De Las Glándulas Tiroides Y Paratiroides. Libro Virtual de Formación En ORL.