Como cuidar da garganta durante o ano todo

· 2 de abril de 2018
Normalmente só nos lembramos dela quando ficamos doentes, mas devemos nos preocupar em cuidar da garganta sempre para evitar inconvenientes, tanto no inverno quanto no verão. A seguir nós lhe damos algumas dicas para fazer isso.

Embora acreditemos que só devemos lhe dar atenção no inverno, a garganta também pode sofrer no verão devido à secura do ar condicionado ou ao consumo de bebidas muito frias. Portanto, neste artigo oferecemos algumas recomendações para cuidar da garganta o ano todo.

Dicas para cuidar da garganta diariamente

No inverno é mais comum prestar atenção à garganta, já que vírus e doenças estão “rondando”. Mas o que acontece quando está calor? Nós nos esquecemos de algo tão essencial quanto o instrumento que nos permite nos comunicar? Em qualquer época do ano, devemos proteger a garganta através dos seguintes hábitos:

1. Tenha uma dieta saudável

Laranjas

Acredite ou não, tudo que você come influencia a saúde da garganta. Se a sua dieta não é saudável, será mais fácil ficar doente. Opte por alimentos frescos – mesmo no inverno – e não esqueça o suco de laranja, que tem muita vitamina C (e, portanto, fortalece seu sistema imunológico). Escolha frutas de época para a sobremesa.

2. Hidratar e hidratar

Para ter uma garganta saudável, é muito importante que ela se mantenha úmida. Recomendamos que você beba os já famosos “2 litros de água por dia” para hidratar as cordas vocais e evitar que a área aqueça e seque, causando desconforto, dor e até rouquidão. Este hábito deve estar presente o ano todo, não apenas no verão.

Por sua vez, aconselhamos evitar bebidas muito frias, mesmo que esteja muito calor, e reduzir a ingestão de café e álcool, optando por leite vegetal em vez de laticínios (que aumentam o muco).

3. Descansar

Mulher descansando

Se você não dorme o suficiente, é provável que no dia seguinte tenha problemas para falar bem. Sua voz soará “arranhada” e um pouco abafada. O sono serve para reparar e descansar todo o organismo, incluindo a garganta. Portanto, se você teve um dia em que suas cordas vocais funcionaram demais, a melhor coisa que você pode fazer é dormir mais do que o habitual.

4. Mantenha o corpo agasalhado

Você pode pensar que este conselho é apenas para os meses frios, mas não é assim. No verão, as pessoas costumam abusar um pouco do ar condicionado. Em muitos escritórios e edifícios fica tão frio que devemos usar algum tipo de casaco. O ar frio pode secar sua garganta, então, recomendamos que, em qualquer época do ano, você tenha um lenço ou algum acessório para cobrir a área. E, é claro, não saia sem um cachecol no inverno.

5. Coma mel

Potes de mel

Existem muitas propriedades do mel para a nossa saúde em geral, e para a garganta em particular. Isso porque é um poderoso agente antibacteriano e antifúngico que pode fazer frente a qualquer vírus, bactéria ou micro-organismo que tente entrar em seu corpo. No caso do própolis, é usado para combater infecções, reduzir a inflamação das cordas vocais e reduzir a secura. Você pode consumir uma colher de chá todos os dias em jejum. Se você escolher o mel, use-o para adoçar suas infusões.

6. Evitar a secura

Alguns lugares são muito secos devido ao ar condicionado. Por exemplo, se você estiver viajando de avião, recomendamos que coloque uma toalha ou lenço molhado sobre sua boca e nariz para evitar a sensação de secura e hidratar as cordas vocais. O mesmo se aplica se você trabalha em um escritório onde a ventilação é muito forte. E tenha cuidado, porque isso também pode acontecer no inverno com o aquecedor no máximo.

Por outro lado, você deve evitar áreas ou locais mal ventilados, com muita fumaça e ruído porque são uma das principais fontes de infecção: eles estão cheios de mofo, fungos e poeira que podem afetar sua garganta.

7. Não fale

Dor de garganta

Embora pareça impossível, muitas vezes é bom fechar a boca e permitir que a garganta descanse. As pessoas que têm empregos que exigem muito das cordas vocais (recepcionistas, operadores de telefone, cantores, locutores, etc.) podem notar secura ou desconforto no final do dia. Portanto, é aconselhável não falar quando não for necessário. Assim, a garganta descansará e se descongestionará.

8. Não fumar

A fumaça e as toxinas do cigarro afetam não só os pulmões, mas também todo o sistema respiratório, incluindo a garganta e as cordas vocais. Se você não fuma, evite estar em torno de pessoas que o fazem, porque você também pode sofrer as consequências.

9. Tossir

Mulher tossindo

Quando você sente que tem algum desconforto na garganta, não recorra à “tosse curta” usual. Pelo contrário, você deve tossir com força para eliminar o que bloqueia a passagem do ar. Isso evitará danificar as cordas vocais. Se o problema persistir, beba um pouco de água ou uma xícara de chá de sua escolha.

10. Expressar sentimentos

Finalmente, uma dica que você não deve ignorar porque, mesmo que não acredite, a garganta está relacionada às emoções. Portanto, quando algo te aflige, você sente um “nó” que não permite que você respire ou fale bem. Expresse o que está acontecendo, evite o acúmulo de tensões e peça o que você precisa. Fale com seus entes queridos (ou com um terapeuta) sobre seus medos, suas frustrações, sua tristeza e suas preocupações. Você verá que tudo melhora, incluindo a saúde da sua garganta.