As 4 infusões mais diuréticas

As infusões são líquidos quentes obtidos a partir da dissolução das partes solúveis de uma planta, sem que ela ferva.

Quando não podemos eliminar líquidos residuais do corpo e identificamos certos sintomas, o melhor que podemos fazer é recorrer às infusões mais diuréticas que pudermos encontrar. Ao bebê-las, sentiremos um alívio.

Alimentos, infusões, ou substâncias diuréticas são aqueles que fazem o nosso sistema excretor melhorar sua capacidade de eliminar a urina.

Por isso, as infusões ajudam o corpo a se livrar de toxinas, reduzem significativamente a retenção de líquidos e evitam o inchaço do abdômen ou da área da barriga.

As 4 infusões mais diuréticas que podemos consumir

No mundo das plantas existe uma grande variedade de variedades diuréticas. No entanto, aquelas que têm uma capacidade muito maior em relação às outras são as seguintes.

1. Dente-de-leão

Infusão de dente-de-leão

Esta infusão é conhecida por ser a mais diurética, e é popularmente usada para neutralizar a retenção de líquidos. É excelente para eliminar toxinas e purificar o corpo.

Além disso, tem uma grande quantidade de ferro, ácido fólico e cálcio. Também regula os níveis de açúcar no sangue. Existem duas maneiras de preparar esta planta para tirar proveito de seus benefícios:

  • Infusão: Você precisará de uma colher (15g) de dente-de-leão e uma xícara de água (150ml). Ferva a xícara de água em uma panela, adicione o dente-de-leão quando esta atingir o ponto de ebulição. Deixe o fogo por 3 minutos e desligue, cubra e deixe descansar por 5 minutos.
    • Você pode tomar esta infusão três vezes por dia, de preferência antes de cada refeição para aproveitar melhor seus benefícios.
  • Sopa com folhas de dente-de-leão: Para prepará-la você precisa de folhas de dente-de-leão, dois ramos de cebolinha, um dente de alho, três cenouras médias, um alho-poró, quatro xícaras de caldo de legumes (600 ml) e sal.
    • A preparação é simples. Pique as cebolinhas, o alho-poró, as cenouras, e os dentes de alho, e ferva-os em uma panela até ficarem macios.
    • Adicione as folhas de dente de leão à mistura, cortadas em pedaços pequenos. Para terminar, cozinhe cerca de 5 minutos e acrescente à mistura o caldo de legumes. Deixe cozinhar por mais 5 minutos, tampe e deixe repousar.

2. Cavalinha

Cavalinha

Outra das infusões mais diuréticas é a famosa cavalinha. Sua função é ativar os rins e melhorar a saúde daqueles que têm problemas com ácido úrico, reumatismo ou artrite.

A cavalinha aumenta os níveis de urina e isso faz com que o corpo se purifique e evite o acúmulo de toxinas no sangue.

Esta planta pode ser encontrada em infusões e comprimidos. Ambos têm o mesmo efeito.

Para preparar a infusão você precisa de cerca de um litro de água e algumas colheres de sopa (30g) de cavalinha. Primeiro misture os ingredientes e aqueça-os até que a água ferva. Aguarde cerca de 3 a 4 minutos e desligue o fogo. Deixe descansar por 15 minutos e beba.

3. Arenária

Infusão de arenária

A arenária é uma planta diurética fácil de se reconhecer, porque ela forma cachos bonitos com flores brancas e às vezes cor-de-rosa. Este arbusto floresce apenas duas vezes por ano. Entre os seus componentes estão:

  • Resinas
  • Flavonoides
  • Saponinas triterpênicas

Esses componentes atuam especialmente na vesícula. Este processo nos permite eliminar uma grande quantidade de gorduras, toxinas e resíduos que permanecem dentro do corpo.

A melhor maneira de consumi-la é colocar 40 gramas de arenária seca em cerca de 1 litro de água fervente durante cinco minutos, e deixar descansar mais dez. Depois de beber, recomenda-se beber muita água, pois a arenária faz você ir frequentemente ao banheiro.

Se não recuperarmos o líquido perdido, o corpo ficará desidratado.

4. Folhas de alcachofra

Infusão de folhas de alcachofra

A alcachofra é um vegetal que contém inulina e cinarina, especificamente em suas folhas. Estes são responsáveis ​​por facilitar a digestão e a excreção, além de promover a eliminação de líquidos e, desse modo, também de toxinas.

A alcachofra ajuda a proteger o fígado. É por isso que é prescrita para pessoas que sofrem de hepatite. Ela também age com um efeito colagogo, contraindo e aumentando a vesícula e estimulando a expulsão da bile.

Para desfrutar os benefícios deste vegetal em infusões diuréticas, você deve colocar algumas folhas de alcachofra em água fervente e deixá-las ferver por mais de cinco minutos. Retire do fogo e deixe repousar por mais 10 minutos, com as folhas dentro.

Para o seu consumo, a infusão deve ser coada. Você pode beber até três xícaras por dia, de preferência antes das refeições. Outra dica: é aconselhável não consumi-la depois que passaram mais de 24 horas desde que foi preparada, porque pode causar problemas intestinais.

Gostou de conhecer as infusões mais diuréticas que existem? Não deixe de experimentá-las!

Recomendados para você