Ideias para criar um canto relaxante em casa

Criar um canto relaxante em casa é a alternativa perfeita para que você possa esquecer os problemas do dia a dia. Hoje, daremos a você algumas ideias para projetar um local especial de forma rápida e dentro do orçamento.
Ideias para criar um canto relaxante em casa

Última atualização: 22 Maio, 2021

O trabalho, o estudo, as responsabilidades financeiras e a educação dos filhos exigem que você dê um tempo para se dedicar alguns minutos à sua tranquilidade e paz de espíritoCriar um canto relaxante em casa, nesse sentido, é a melhor coisa que você pode fazer para lidar com seus problemas.

Ao contrário do que você pensa, não é necessário investir muito esforço ou dinheiro para projetá-lo. Hoje, vamos provar isso com algumas ideias que você pode aplicar na sua casa ou apartamento.

Ideias para criar e decorar um canto relaxante em casa

É muito comum as pessoas negligenciarem os cuidados com a sua saúde física e mental. Praticar esportes, manter uma dieta balanceada e evitar maus hábitos são apenas algumas das coisas que ajudam a combater o problema.

Junto com isso, também é importante dedicar um espaço para o relaxamento. Ler, tricotar, tomar chá em silêncio ou ter uma conversa agradável com uma pessoa querida são coisas que você não pode esquecer de fazer se estiver preocupado com a sua saúde mental.

Aproveite o espaço

Uma das primeiras questões ao projetar um espaço de relaxamento em casa é definir onde ele pode ser montado. Felizmente, você não precisa de muitos metros quadrados para criar um lugar harmonioso e aconchegante.

Debaixo de uma escada, no sótão, aproveitando o canto de um quarto e na frente de uma janela são opções perfeitas. Não se preocupe se você tiver apenas 1 ou 2 metros de espaço: você só precisa disso para iniciar a transformação. Pense, por exemplo, que muitas decorações Zen são feitas em pequenos espaços.

Se quiser que o recanto da casa seja só para você, então você tem tudo a seu favor, uma vez que será necessário apenas uma pequena área. Se você quiser que mais membros o usem, considere alterar a disposição da mobília para adicionar alguns metros extras.

Poltrona para relaxar
Existem cantinhos da casa que não são utilizados por completo e podem ser ideais para montar um pequeno oásis.

Escolha onde se sentar

Você já selecionou o local onde criará sua zona de conforto, agora é a hora de escolher o que usar para se sentar. São várias opções, mas você deve ter sempre em consideração o seguinte: deve ser confortável, versátil e proporcionar a tranquilidade de que você precisa.

Entre as melhores alternativas, destacamos as cadeiras de balanço, puffes, sofás-cama e as chaise longue. Se você apostar no minimalismo, pode usar apenas algumas almofadas no chão ou até mesmo instalar uma rede.

Para a escolha, lembre-se de que o objeto deve permitir esticar as pernas, mudar de posição e promover o movimento. Afinal, quando você se sentar nele, certamente desejará liberar a tensão acumulada de um dia agitado e estressante.

Cerque-se de objetos que proporcionam paz

Que coisas te deixam feliz? Uma pequena estante, um tipo específico de planta, um determinado cheiro? Pense nisso com cuidado e tente integrar 1 ou 2 coisas que façam a diferença para alcançar a harmonia e o relaxamento.

Incenso, velas, óleos essenciais, música e certas texturas que você pode usar para complementar o local. É neste ponto que você começa a criar e personalizar o seu canto relaxante em casa. Evite sobrecarregar muito a área.

Idealmente, devem ser objetos discretos que, mesmo não sendo o centro das atenções, conseguem transformar aquele canto da sua casa num local onde você pretende descansar por alguns minutos ou horas.

Decore com cores claras ou neutras

Existe uma relação estreita entre as cores e os estados emocionais. Resumindo, os tons que escolher para decorar este novo espaço de relaxamento vão determinar como ficará o seu estado de espírito nos momentos em que decidir utilizá-lo. Para uma aposta segura, devemos optar por cores claras ou neutras.

Se você usar tecidos, cortinas, almofadas ou cobertores muito escuros, só sobrecarregará a área. Lembre-se de que o local é pequeno, então tudo deve fluir livremente. Faça a escolha com base nos seus gostos, desde que correspondam ao espectro sugerido.

Dois dos tons de maior sucesso são o azul claro e o verde claro. O primeiro lembra o mar ou o céu, de forma que irradia uma sensação de amplitude e tranquilidade. O segundo se refere imediatamente à natureza.

Inclua um bom tapete

Uma das primeiras coisas que você faz no final de um longo dia é tirar os sapatos logo depois de chegar. Isso significa que, ao criar seu canto relaxante em casa, não pode faltar um tapete, de preferência que tenha uma textura macia e agradável.

Se possível, certifique-se de que o tapete escolhido combina com as outras cores e padrões da área e é grande para que você possa esticar os pés. Tenha o hábito de tirar os sapatos ao usar esse lugar especial, para liberar o estresse.

Inclua obras de arte

Você não precisa transformar sua área de relaxamento em um museu, mas é importante que você inclua uma pequena pintura ou escultura.

Você tem duas opções: escolha uma que transmita uma sensação de liberdade ou, melhor, opte por um estado de quietude. Depende da sua personalidade.

Como sugestão, evite motivos clichês, como um cavalo a galope ou a silhueta de uma praia. Lembre-se de que buscamos aquele diferencial que faz do espaço um lugar único para poder canalizar momentos de tensão.

Adicione uma mesa auxiliar

Por fim, você pode adicionar uma mesa auxiliar, de preferência pequena, para não atrapalhar a harmonia dos demais objetos. Isso vai servir para você colocar livros, xícaras de chá ou café, flores recém-colhidas, seus dispositivos móveis ou até mesmo um diário.

Uma mesa auxiliar é uma grande ajuda, já que você não vai querer precisar arrumar suas coisas no chão ou em cima de você. Não precisa ser um móvel novo, nem precisa ter um design muito atraente. Em qualquer caso, você pode usar um tecido de linho ou algodão para realçar ou combinar seu estilo.

Dicas para harmonizar e ambientar o canto relaxante em casa

Agora que você sabe como criar um canto relaxante em casa, é hora de revelarmos algumas dicas que você pode aplicar na hora de projetá-lo. Atenção, elas são muito fáceis de implementar e serão úteis para simplificar a decoração.

Reutilize coisas que você já tem em casa

Quando você pensa em criar uma área de relaxamento em casa, provavelmente supõe que terá que investir uma grande quantia de dinheiro. Não precisa ser assim. Na verdade, você pode usar o que já tem para minimizar o orçamento investido.

Todos nós temos uma mesa, uma cadeira, uma prateleira ou vários objetos de decoração para os quais não vemos qualquer utilidade. Talvez você tenha os tenha guardado todos esses anos porque eles não combinavam mais com o novo estilo de decoração que você escolheu para sua casa. É o momento perfeito para tirar o pó e lhes dar uma nova função.

Opte sempre pela iluminação natural

Como você bem sabe, a iluminação natural oferece uma série de vantagens que contrastam com as fontes artificiais. Não estamos falando apenas no plano da economia de energia ou da sustentabilidade ambiental, mas da sua relação com saúde ocular, depressão, estresse e relaxamento.

Sempre que puder, você deve aproveitar a luz natural ao criar esta área de conforto. Condicioná-la perto de uma janela ou claraboia é a melhor maneira. Mesmo assim, é necessário instalar um sistema de iluminação artificial que o atenderá ao cair da noite.

Use os princípios do feng shui

Quer você seja ou não um defensor desta prática originada na China, os benefícios emocionais do feng shui estão intimamente relacionados ao objetivo que você deseja alcançar com este espaço de relaxamento.

Você não precisa atravancar a área com centenas de objetos ou aplicar conceitos que vão contra as suas crenças. Na verdade, esse sistema filosófico se baseia em alcançar a harmonia com o espaço em que você habitaAplique seus princípios e você verá como eles se encaixam perfeitamente para alcançar a paz de que você precisa.

Decoração com plantas
É interessante não colocar muitos elementos neste espaço para não sobrecarregar o local.

Mantenha o espaço sempre arrumado

Não faz sentido ter um canto relaxante em casa se ele estiver sempre bagunçado. Defina como meta, sempre que possível, deixá-lo em perfeitas condições, bem como sacudir o pó e a sujeira para mantê-lo limpo.

Desta forma, você evita momentos desagradáveis ​​no futuro, principalmente se em uma noite você chegar cansado e não puder desfrutar desta área como deveria. Se outros membros da sua família também a usam, faça desta regra o seu principal requisito.

Opte por texturas e objetos naturais

Como já explicamos, algumas texturas e cores que remetem à natureza transmitem uma sensação de liberdade e paz. Você pode conseguir isso com a ajuda de uma planta ou até mesmo de um tronco de árvore como objeto de decoração no canto relaxante, mas também com algumas texturas.

O material da mesa, a lombada de alguns livros e as cortinas que você escolher são um bom começo para alcançar aquele toque natural. Alguns aromas, principalmente os cítricos, fortalecem ainda mais isso.

Este canto não é o único que pode ser usado para o relaxamento

Por fim, lembre-se também de estender alguns destes conceitos a outras partes da sua casa. Por exemplo, é impraticável que você mantenha seu canto de relaxamento arrumado, mas que os outros espaços que o cercam não o sejam. Isso não ajudará em nada se você quiser reduzir a tensão.

Pode interessar a você...
Descubra como fazer uma decoração com tons neutros na sua casa
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Descubra como fazer uma decoração com tons neutros na sua casa

Um recurso estilístico muito popular na decoração de interiores é o uso de tons neutros. Saiba como aplicá-lo na sua casa neste artigo!



  • Arora, R. Importance of Interior Decoration in Home. J. Civ. Eng. Environ. Technol. 2015; 2(3): 219-220.
  • Payne, R. A. Técnicas de relajación. Editorial Paidotribo. 2005.
  • Ventura, A. T., & González, S. C. Ideas prácticas en decoración. Lexus Editores, Lima (Perú). 2006.