Creme caseiro com vitamina E para as estrias

Embora seja difícil eliminar completamente as estrias, existe uma grande variedade de produtos que permitem nutrir a pele de forma a minimizar o seu aspecto. Hoje compartilharemos um creme caseiro com vitamina E.
Creme caseiro com vitamina E para as estrias

Última atualização: 08 Fevereiro, 2021

As estrias são linhas irregulares na pele formadas por um estiramento excessivo das fibras elásticas. Elas geralmente ocorrem durante a gravidez, mas também são causadas ​​por mudanças repentinas de peso e fatores hereditários. Descubra um creme caseiro com vitamina E para estrias.

Hoje, existem muitos cremes e produtos tópicos que ajudam a minimizar o aparecimento das estrias. Embora essa condição não afete a saúde, seu aparecimento pode causar problemas de autoestima. Felizmente, além das alternativas convencionais, existem produtos naturais para suavizar o problema.

Por que usar um creme caseiro com vitamina E para as estrias?

Capsulas de vitamina E
A vitamina E é um poderoso regenerador, graças ao seu efeito antioxidante e hidratante nos tecidos.

Preparar um creme caseiro com vitamina E para estrias tem benefícios interessantes. De acordo com uma publicação no Indian Dermatology Online Journal, a vitamina E é um importante antioxidante solúvel em gordura com efeitos interessantes quando se trata de cosméticos e saúde da pele.

Embora as evidências sobre seus efeitos na redução das estrias sejam limitadas, costuma ser incluída em tratamentos cosméticos contra esse problema. Graças ao seu efeito antioxidante, protege a pele contra a perda de elasticidade e a degradação das suas fibras.

Outras vantagens deste creme são:

  • Sua fórmula suave permite seu uso seguro durante a gravidez.
  • É mais barato do que outros tratamentos convencionais para estrias.
  • Seus ingredientes são 100% naturais e não costumam causar reações alérgicas.

A flacidez preocupa você? Então leia também: Alimentos para prevenir a flacidez

Como preparar um creme caseiro com vitamina E para as estrias?

Como preparar um creme caseiro com vitamina E para as estrias?
Como preparar um creme caseiro com vitamina E para as estrias?

A aplicação direta de vitamina E nas estrias pode ajudar a minimizar sua aparência. Porém, para um tratamento mais completo, propomos um creme caseiro à base desta vitamina. Este tratamento é feito com outros ingredientes benéficos, como óleo de coco e manteiga de karité.

Ambos os ingredientes fornecem ácidos graxos, antioxidantes e aminoácidos que, após serem assimilados pela pele, ajudam a melhorar sua aparência. Você tem coragem de experimentar? Aqui está a receita.

Não deixe de ler também: Envelhecimento precoce: 3 sucos antioxidantes

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de óleo de coco (20 g).
  • 1 cápsula de óleo de vitamina E.
  • 2 colheres de sopa de manteiga de karité (40 g).
  • ½ colher de sopa de óleo de abacate (7 ml) (opcional).

Modo de preparo

  • Coloque a manteiga de karité em um recipiente resistente ao calor e esquente-a em banho-maria.
  • Quando tiver derretido, acrescente o azeite de coco e mexa, com o fogo baixo.
  • Fure uma cápsula de vitamina E e adicione o conteúdo à mistura anterior.
  • Continue mexendo e retire do fogo.
  • Se quiser, adicione meia colher de óleo de abacate.
  • Por último, coloque a preparação em um recipiente e espere até que se solidifique.
  • Guarde-a em um lugar fresco e seco para que se conserve bem.

Modo de aplicação

  • Esfregue o creme em áreas como nádegas, abdômen e seios, onde as estrias costumam aparecer.
  • Massageie por 5 minutos, até que o produto seja bem absorvido.
  • Deixe agir sem enxaguar e repita o uso todos os dias, de preferência 2 vezes ao dia.

Nota: você pode variar a quantidade dos ingredientes para preparar mais creme. Entretanto, tenha em conta que sua validade é de um a dois meses.

Modo de aplicação

Para lembrar!

A aplicação deste creme caseiro com vitamina E para as estrias não oferece resultados milagrosos ou imediatos. Aliás, nenhum creme contra as estrias consegue eliminar completamente essas marcas. Para conseguir que o problema se atenue você deve ser constante com a aplicação do produto.

Por outro lado, é importante complementar seu uso com uma dieta saudável e com a prática de exercício físico. Estes hábitos são determinantes para a saúde da pele, porque ajudam a mantê-la firme e livre de alterações. Inclusive, atenua os efeitos do estiramento próprio da gravidez.

Então, você se anima a experimentar este tratamento? Agora que sabe a receita, não deixe de experimentar em sua rotina de beleza diária. Porém, se você quiser saber uma forma mais eficaz de combater esse problema cosmético, consulte um dermatologista para saber as opções.

Pode interessar a você...
Estrias nos seios: 8 dicas úteis para preveni-las
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Estrias nos seios: 8 dicas úteis para preveni-las

Muitas mulheres se preocupam em prevenir as estrias nos seios. Por sorte não só os cremes caros ajudam a preveni-las, também vocë pode seguir algum...



  • Keen, M., & Hassan, I. (2016). Vitamin E in dermatology. Indian Dermatology Online Journal. https://doi.org/10.4103/2229-5178.185494
  • Nachbar, F., & Korting, H. C. (1995). The role of vitamin E in normal and damaged skin. Journal of Molecular Medicine. https://doi.org/10.1007/BF00203614
  • Thiele, J. J., Hsieh, S. N., & Ekanayake-Mudiyanselage, S. (2010). Vitamin E: Critical Review of Its Current Use in Cosmetic and Clinical Dermatology. Dermatologic Surgery. https://doi.org/10.1111/j.1524-4725.2005.31724
  • Lin, T. K., Zhong, L., & Santiago, J. L. (2018). Anti-inflammatory and skin barrier repair effects of topical application of some plant oils. International Journal of Molecular Sciences. https://doi.org/10.3390/ijms19010070
  • Brennan, M., Clarke, M., & Devane, D. (2016). The use of anti stretch marks’ products by women in pregnancy: A descriptive, cross-sectional survey. BMC Pregnancy and Childbirth. https://doi.org/10.1186/s12884-016-1075-9
  • Ud-Din, S., McGeorge, D., & Bayat, A. (2016). Topical management of striae distensae (stretch marks): Prevention and therapy of striae rubrae and albae. Journal of the European Academy of Dermatology and Venereology. https://doi.org/10.1111/jdv.13223