Conheça as propriedades da canela

06 Março, 2019
A canela possui uma série de propriedades no mínimo interessantes. Então confira o artigo e não deixe de descobrir algumas delas.

Como sabemos, a canela é uma especiaria muito utilizada na cozinha. Isso porque ela dá sabor e aroma a muitas das sobremesas que comemos diariamente.

Entretanto dar sabor e aroma não são suas únicas funções. Entretanto, a mesma possui uma imensa quantidade de propriedades no mínimo interessantes.

Assim como muitos outros elementos naturais como, por exemplo, plantas e frutas, essa especiaria conta com benefícios importantes à nossa saúde. Por isso é usada de maneira medicinal. Te convidamos a ler esse artigo e saber um pouco mais a respeito.

Origem da canela

a origem da canela é muito interessante

Em documentos chineses do ano de 2800 a.C já falavam da Cinnamomum Zeylanicum. Esta é uma palavra de origem grega que significa madeira doce e Zeylanicum provém do nome onde se cultivava, Ceilão.

Na Itália recebeu o nome de Canella, que significa “pequeno tubo”, referindo-se à forma que toma quando está seca.

Na atualidade é cultivada em Sri Lanka, China, Índia e alguns países da américa do sul. Dessa forma seu uso se estendeu por todo o mundo.

Leia também: Mau hálito: como tratá-lo com remédios à base de canela

Usos medicinais

Desde épocas remotas a canela é usada medicinalmente, já era utilizada em tratamentos para problemas respiratórios e para a gripe; também foi utilizada para conservar carnes, pois suas propriedades não deixam que fungos e bactérias se proliferem.

Problemas circulatórios

A canela é um potente anticoagulante e circulatório sanguíneo. O consumo frequente dessa especiaria ajuda à boa circulação do sangue, já que evita que as plaquetas de sangue se acumulem.

Por ter essa propriedade é muito útil consumi-la durante o período menstrual, evitando as dores que aparecem nesse período.

Além do mais, a boa circulação do sangue permite igualmente boa oxigenação das células, logo, nosso organismo funciona melhor. Muitas pessoas consomem canela como infusão para tratamento de perda de peso.

A canela é antiplaquetária, antiesclerótica e também antitrombótica, o que a torna útil para evitar varizes.

Diabetes tipo II

Mediante algumas pesquisas científicas que se realizaram sobre os benefícios que a canela proporciona aos pacientes com diabetes tipo 2, pode-se comprovar que os resultados são muito bons quando se consome a especiaria.

Entre os componentes que a canela possui o chamado de cinnamtannin é de extrema importância porque ajuda a diminuir os níveis de glicose no sangue. Se consome em jejum e após as refeições. Para incluir em um tratamento contra diabetes é aconselhável consumir meia colher de chá duas vezes ao dia, em pó, infusão ou cápsulas de óleo de canela.

Pode te interessar: Quais são as causas da diabetes tipo II?

Outras maneiras de utiliza-la

É recomendado o consumo de canela se apresentamos problemas com infecções ou fungos.

Desde séculos, como já comentado, é utilizada em tratamentos contra resfriados ou gripes e congestionamentos, por suas propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas. Também é útil no equilíbrio da temperatura corporal, ou seja, pode reduzir a febre.

Além disso, auxilia no sistema digestivo, já que tomar uma xícara de chá de canela abre o apetite, detém diarreia e vômito; nosso sistema digestivo é favoravelmente estimulado.

É também um potente afrodisíaco. Além disso, estuda-se seu possível benefício como estimulante sobre o sistema nervoso central de idosos.

Imagem oferecida por ElColorComunicación.

  • Canela. Fundación Española de la Nutrición. Disponible en línea: https://www.biogalia.com/Files/Documents/32564944-SciInfo-info-cient-pdf-bg-specias-d.pdf
  • Ranasinghe, P., Pigera, S., Premakumara, G. S., Galappaththy, P., Constantine, G. R., & Katulanda, P. (2013). Medicinal properties of “true” cinnamon (Cinnamomum zeylanicum): A systematic review. BMC Complementary and Alternative Medicine13. https://doi.org/10.1186/1472-6882-13-275
  • Palacios Lozada, E. E. (2004). Economía y plantas medicinales. Boletín Del Consejo Superior de Investigaciones (CSI). Consejo Superior de Investigaciones. https://doi.org/10.11604/pamj.2015.21.152.4827
  • Montero-Recalde, M., Revelo I., J., Avilés-Esquivel, D., Valle V., E., & Guevara-Freire, D. (2017). Efecto Antimicrobiano del Aceite Esencial de Canela (Cinnamomum zeylanicum) sobre Cepas de Salmonella. Revista de Investigaciones Veterinarias Del Perú28(4), 987. https://doi.org/10.15381/rivep.v28i4.13890
  • NCBI. (2013). Medicinal properties of ‘true’ cinnamon (Cinnamomum zeylanicum): a systematic review. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3854496/
  • NCBI. (2015). The Effect of Cinnamon on Menstrual Bleeding and Systemic Symptoms With Primary Dysmenorrhea. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4443385/
  • Wiley Online Library. (1995). Cinnamon bark oil, a potent fungitoxicant against fungi causing respiratory tract mycoses. https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1111/j.1398-9995.1995.tb02515.x