Como regular o pH da região íntima com 5 remédios caseiros

Graças ao seu efeito alcalino, tanto o bicarbonato de sódio quanto o vinagre de maçã são soluções muito efetivas para equilibrar o pH da região íntima feminina e aliviar os incômodos.

Quer saber como regular o pH da região íntima? Suas alterações são resultado das contínuas mudanças hormonais, do uso de produtos químicos, da roupa íntima e de outros fatores que, de algum modo, afetam a atividade de suas bactérias saudáveis.

Estas podem causar mudanças na textura, cor e odor do fluxo vaginal, originando incômodo e problemas de autoconfiança no entorno social e sexual.

O mais preocupante é que, algumas vezes, proporciona o surgimento de infecções por fungos, bactérias e vírus que, devido ao ambiente, conseguem se proliferar com facilidade.

Como consequência surgem doenças, odores fortes e outros sintomas incômodos que tendem a piorar quando não recebem o tratamento oportuno.

Felizmente há vários remédios de origem natural que, sem causar efeitos adversos, restabelecem o pH natural antes de sofrer outras complicações.

A seguir queremos revelar 5 opções interessantes para que você não deixe de aplicá-las quando este problema surgir.

1. Infusão de sálvia para regular o pH da região íntima

Chá de sálvia

As propriedades das folhas de sálvia ajudam a restabelecer o equilíbrio da flora vaginal, diminuindo a produção excessiva de fluidos e os odores fortes.

Sua aplicação externa diminui a irritação na pele sensível das áreas externas da vagina e, de quebra, oferece um efeito protetor contra as infecções.

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de folhas de sálvia (20 g)
  • 2 xícaras de água (500 ml)

Preparo

  • Adicione as xícaras de água em uma panela e coloque-as para ferver.
  • Quando entrarem em ebulição, adicione as folhas de sálvia, abaixe o fogo e deixe assim por 3 minutos.
  • Espere que a bebida repouse durante 15 minutos e coe.

Modo de uso

  • Aplique o líquido sobre a região íntima.
  • Use até 2 vezes por dia, todos os dias, até regular o pH.

2. Chá de alho

Por suas propriedades antibióticas e anti-inflamatórias, o chá de alho é um produto alternativo para combater as infecções que alteram o pH da flora bacteriana da vagina.

Seus compostos combatem de forma eficaz as leveduras e bactérias, evitando maus odores, irritação e fluxo excessivo.

Ingredientes

  • 3 dentes de alho
  • 2 xícaras de água (500 ml)

Preparo

  • Triture os dentes de alho e coloque-os para ferver em uma panela com água.
  • Quando alcançar seu ponto de ebulição, retire do fogo, cubra a bebida e deixe-a repousar por 20 minutos.
  • Filtre-a com uma peneira fina e aplique o líquido.

Modo de uso

  • Enxágue a região íntima com o chá de alho.
  • Aplique o remédio à noite, durante 5 a 7 dias seguidos.

3. Iogurte natural e óleo de árvore do chá

Iogurte natural

Os probióticos que o iogurte natural contém ajudam a fortalecer as bactérias saudáveis da flora vaginal, facilitando a eliminação de fungos e bactérias prejudiciais.

Estas propriedades são potencializadas com o poder antimicrobiano do óleo essencial de árvore do chá para obter um tratamento eficaz contra as infecções.

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de iogurte natural (40 g)
  • 3 gotas de óleo essencial de árvore do chá

Preparo

  • Combine o iogurte natural com as gotas do óleo de árvore de chá.

Modo de uso

  • Esfregue o tratamento sobre as regiões externas da vagina e deixe agir por 20 minutos.
  • Enxágue e repita o uso 2 vezes por dia, até regular o pH da região íntima.

4. Vinagre de maçã

Por seu teor de ácido acético e antioxidantes, o vinagre de maçã é um dos remédios mais populares para o controle das infecções que alteram o pH da vagina.

Estas substâncias combatem a ação negativa dos micro-organismos e, de quebra, alimentam as bactérias saudáveis da flora vaginal.

Ingredientes

  • ½ xícara de vinagre de maçã (125 ml)
  • 3 xícaras de água (750 ml)

Preparo

  • Coloque as xícaras de água para esquentar e, sem deixá-las ferver, adicionar o vinagre de maçã.

Modo de uso

  • Faça um banho de assento com a solução, lavando com cuidado as regiões externas da vagina.
  • Repita o tratamento durante uma semana.

5. Bicarbonato de sódio

Bicarbonato de sódio

Por seu leve efeito alcalino, o bicarbonato de sódio também é uma solução alternativa para restabelecer o pH vaginal.

Sua aplicação externa diminui o excesso de corrimento e controla a coceira e o mau cheiro.

Ingredientes

  • ½ xícara de bicarbonato de sódio (100 g)
  • 3 xícaras de água (750 ml)

Preparo

  • Dilua o bicarbonato de sódio nas xícaras de água morna.

Modo de uso

  • Enxágue as áreas externas da vagina usando a solução.
  • Repita seu uso 2 vezes por dia, durante 1 semana.

Você tem excesso de corrimento vaginal? Sente ardor e coceira em sua região íntima? É provável que tenha um desequilíbrio em seu pH natural.

Escolha algum destes remédios para regular o pH da região íntima e controle este problema antes de enfrentar infecções que exigem um maior cuidado.

Recomendados para você