Como preparar sopas mais saudáveis

· 24 de março de 2016
Além de ser um prato reconfortante e permitir diversas variações, a sopa pode ser um alimento muito benéfico se estivermos doentes, pois nutre e hidrata o organismo.

Você chega em casa após um dia frio e cansativo… A primeira coisa que você quer fazer é tomar um banho quente e, em seguida, tomar algo gostoso e que aumente sua temperatura. Como uma de suas sopas caseiras, por exemplo!

Além de ser um alimento reconfortante, também é nutritivo e com certeza faz você se lembrar da sua infância. Entretanto, você se pergunta se poderia estar consumindo sopas mais saudáveis?

Sendo assim, no artigo a seguir, vamos dizer-lhe quais são os benefícios de tomar sopas e como prepará-las de forma mais nutritiva e benéfica para o organismo. 

Por que as sopas fazem bem?

Quando estamos doentes ou queremos elevar a temperatura do corpo, ou ainda como uma forma de reunir a família em torno da mesa… Sem dúvida, são muitas as vantagens de tomar uma sopa! Aqui estão algumas delas:

É uma tradiçãoIngredientes para sopas saudáveis

Geração após geração, a sopa permanece firme entre os pratos mais consumidos no mundo. Você sabia que a primeira referência a este alimento data do período Paleolítico? Pois é! Foram encontradas pinturas nas cavernas francesas de Les Eyzies de Tayac que representavam um grupo de pessoas cozinhando sopa.

Mas você não precisa ir tão longe nem voltar tanto em termos de tempo. Em suas lembranças de memória coletiva com certeza há imagens de sua infância, onde avós, tias ou sua mãe estavam preparando uma sopa.

É apropriada para todos

Bebês, crianças, adolescentes, adultos e idosos… ou seja, todo mundo pode aproveitar os benefícios de uma deliciosa sopa de legumes! Além disso, é um prato muito reconfortante e uma fantástica entrada durante o inverno.

É, portanto, o primeiro contato familiar na mesa durante o jantar. Pode-se dizer que um caldo faz a união entre pais, filhos, irmãos, etc…

Veja também: 4 sopas para depurar o fígado e os rins

É nutritiva

Do ponto de vista nutricional, a sopa nos fornece uma grande quantidade de vitaminas e proteínas. Ela é feita com legumes, mas também pode conter carne, aves, peixe, massa ou arroz. Portanto, é uma ótima maneira de agregar todos os grupos de alimentos em uma refeição.

É hidratanteIngredientes para preparar sopas saudáveis

Quando estamos doentes, com febre, por exemplo, nos recomendam beber sopa, já que ela contém um elevado teor de água e sais minerais que ajudam o organismo a manter o seu equilíbrio de hidratação.

É baixa em calorias

Para atender a esta máxima, deve-se prepará-la apenas com vegetais e água, isto é, sem alimentos ricos em gordura nem carboidratos, como as massas. Assim, a sopa fornece poucas calorias em relação ao seu volume.

É compatível com qualquer dieta de baixa caloria, pois é saciante e evita que comamos entre as refeições.

É de fácil digestão

Como muitos dos alimentos estão processados ou esmagados, são facilmente mastigados e digeridos. Portanto, bebês ou idosos podem consumi-las sem problemas.

É medicinalPrato com sopas

Uma sopa rica evita resfriados ou gripes no inverno. A tradicional canja de galinha é um espetacular remédio caseiro para estes tipos de doenças. Contém ingredientes anti-inflamatórios e antibacterianos, e por isso é tão poderosa.

É acessível

Finalmente, a sopa é fácil de preparar e, sem dúvida, seus elementos podem ser encontrados em qualquer casa. Muitas vezes combinamos os vegetais que temos na geladeira com algum outro ingrediente no armário, um pouco de água e pronto!

Como fazer sopas mais saudáveis

Em primeiro lugar, existem milhares de receitas para sopas e cada uma tem uma tradição ou foi criada por uma avó décadas atrás. Sendo assim, vamos dar uma receita “básica”:

Ingredientes

  • Cebola
  • Pimenta vermelha ou verde
  • Cenoura
  • Aipo
  • Alho-poró
  • Alho
  • Salsa

Também podemos adicionar o que quisermos, como, por exemplo:

  • Tomate
  • Batata
  • Abobrinha
  • Erva-doce
  • Acelga
  • EspinafreIngredientes para preparar sopas mais saudáveis

Mas, atenção! Não se esqueça dos condimentos e ervas:

  • Sal
  • Tomilho
  • Orégano
  • Louro
  • Azeite de oliva

Nem dos adicionais:

  • Arroz
  • Macarrão
  • Carne
  • Frango
  • Peixe
  • Cogumelos

Existem diferentes técnicas para preparar uma sopa:

Juliana

O nome deriva da forma como cortamos os legumes da receita. É uma preparação sem dúvida colorida, cheia de vitaminas, fibras e cálcio.

Os vegetais são cozidos com água temperada até que tudo esteja macio. E, além disso, você pode adicionar arroz ou macarrão.

Cremosa

A sopa cremosa ou creme passa pelo mesmo processo anterior. Os vegetais pré-cozidos são, em seguida, batidos no liquidificador. Podem ser misturados com o leite, por exemplo. Alguns fazem essa sopa com sêmola.

Visite este artigo: 8 idéias interessantes para não perder como muitas frutas e legumes

RefogadaSopas de cogumelo

É uma combinação com a primeira opção, pois uma vez que os vegetais são cortados à Juliana, são refogados com um pouco de azeite de oliva. Adiciona-se, em seguida, a água ou caldo até tudo ficar bem cozido.

De único ingrediente

Pode ser cremosa, à Juliana ou com pedaços maiores, mas com um único componente. Por exemplo, tomate, peixe ou abóbora.

Huertana

Acrescenta-se alguns pedaços de presunto e também leva caldo de carne. É servida quente e comida com pão. Mas, cuidado! Pois essa sopa é um pouco gordurosa e não recomendada para dieta.

Sopa friaVasilha com sopas para o frio

É perfeita para o verão e uma solução para os amantes de sopa que não querem esperar pelo inverno para aproveitar este prato. Pode ser feita, por exemplo, usando tomate, pepino ou beterraba.

E o caldo em cubos?

Há diferentes opiniões sobre os benefícios ou malefícios que possam ter os típicos caldos industrializados de carne e legumes que são adicionados às sopas.

Isso porque é inegável que eles têm uma grande quantidade de sódio. No entanto, também é verdade que proporcionam um sabor diferente aos alimentos (não apenas ao caldo).

Alguns escolhem não colocar estes cubos em seus pratos e outros procuram maneiras de substituí-los por legumes processados ou desidratados. Você pode verificar com o seu médico o que ele recomenda, caso você sofra de pressão alta ou problemas nos rins, por exemplo.

Yong Zhu y James H. Hollis, “Soup Consumption Is Associated with a Reduced Risk of Overweight and Obesity but Not Metabolic Syndrome in US Adults: NHANES 2003–2006”, PLoS One. 2013; 8(9): e75630.