Como mobiliar um quarto infantil

12 de junho de 2019
Uma das questões mais importantes para que nossos filhos interajam bem com o seu entorno é a que se refere ao dormitório infantil. Como o decoramos? Qual é o espaço que deve ter? Há algumas pautas importantes a seguir.

O quarto infantil geralmente tem o aspecto de uma pequena selva dentro de casa. Sempre bagunçado, cheio de coisas jogadas pelo chão como lápis, brinquedos, sapatos ou roupas. Se além disso, o espaço for pequeno, a situação pode ficar realmente caótica. Mas não tem que ser assim necessariamente.

As crianças se sentem mais à vontade quando seu dormitório é aconchegante e reflete a sua personalidade. Há também aspectos práticos que não se pode deixar de lado. A seguir, veremos algumas recomendações para mobiliar um dormitório infantil.

Conselhos para mobiliar um quarto infantil

Um quarto sem muitos móveis

Quarto infantil com poucos móveis

Quanto menos elementos tenhamos melhor será a forma de organizar o quarto. Assim, as crianças poderão dispor de um amplo espaço para brincar.

Os móveis do dormitório infantil devem ser funcionais. Além da cama e de uma mesa ou escritório, é indispensável contar com móveis que permitam guardar uma grande quantidade de coisas. Entretanto, é preferível não sobrecarregar este espaço com móveis ou objetos desnecessários já que as crianças precisam de muito espaço para brincar.

Aliás, é melhor também não ter muitos brinquedos no meio do caminho para não atrapalhar a passagem. É preferível guardar todos os brinquedos e deixar só os favoritos ao alcance da mão, para ir tirando pouco a pouco na hora de brincar.

Respeitar as preferências dos baixinhos

A melhor maneira de decidir sobre a decoração do dormitório infantil é escutando a opinião das crianças. Os objetos devem ser coerentes com seus gostos, seus passatempos, etc.

Não devemos nos esquecer de que este lugar será seu mundo e devem senti-lo como um espaço próprio onde se sintam identificados. Para isso, cores vivas como o vermelho podem ser atrativas e alegres.

Quando as crianças se sentem bem em seu quarto é mais fácil ensinar-lhes a mantê-lo ordenado. A ordem deve fazer parte da brincadeira, mas é indispensável que cada coisa tenha seu lugar. Por isso, na hora de decorar um dormitório infantil é fundamental considerar os lugares para guardar.

Móveis para guardar

Móveis coloridos

O importante é garantir zonas amplas onde organizar e colocar todos os objetos e roupas das crianças.

Para evitar conflitos desnecessário e discussões intermináveis sobre a ordem, o melhor que podemos fazer é ensinar às crianças a cuidar de seus próprios brinquedos. Mas devemos ajudá-los proporcionando móveis que sejam capazes de colaborar com essa tarefa.

Os baús com rodinhas e as caixas são muito úteis. É recomendável escolher aqueles que estiverem ao alcance das crianças e que tenham etiquetas, desta maneira, as crianças poderão ordenar as suas coisas classificando-as por exemplo, em:

  • Livros
  • Bichinhos de pelúcia
  • Quebra cabeças e jogos de mesa etc.

Nos quartos pequenos, é muito útil aproveitar o espaço embaixo da cama. Muitas camas infantis já vêm equipadas para isso, possuem gavetas que são ideais para guardar brinquedos, roupas e todo tipo de coisas. Aliás, estas gavetas têm a vantagem de estar ao alcance dos mais miudinhos.

Se a cama das crianças não tiver gavetas, podemos comprar umas caixas com rodinhas que se adaptem ao espaço. Este espaço é muito útil para ajudar-nos a manter o quarto em ordem. O importante é não sobrecarregar estas caixas ou baús com coisas muito pesadas, já que poderia ser perigoso para as crianças.

Os espaços pequenos

Existem muitos truques e dicas para aproveitar um espaço reduzido. Para mobiliar um dormitório infantil pequeno, o primeiro que temos que fazer é escolher bem a cama. As camas rebatíveis são uma excelente opção.

Este tipo de camas permite ter um espaço amplo durante o dia para que a criança possa desenvolver suas atividades livremente. E durante a noite, basta abri-las e teremos um quarto pronto para o descanso. O sistema é tão fácil e cômodo como abrir e fechar uma janela.

Outra boa opção para os espaços pequenos é a cama elevada. É como um beliche, mas com uma única cama na parte superior. O espaço de baixo fica livre para um escritório ou lugar para brincar. Se o quarto infantil for compartilhado, o beliche é então a melhor solução.

Não deixe de ler também: 6 dicas para decorar quartos pequenos

As paredes do quarto infantil

Paredes do quarto infantil personalizadas

Você pode personalizar o quarto dos seus filhos com murais ou elementos que eles gostarem.

Isso também pode interessar você: A melhor maneira de fazer um mural infantil

Apesar de que às vezes não pensemos nisso, as paredes do quarto infantil são muito úteis para guardar todo tipo de coisas. As prateleiras, ganchos para pendurar e outros acessórios para paredes e portas são grandes aliados da arrumação. Mas não devemos nos esquecer de que tudo deve estar ao alcance das crianças.