Como melhorar a saúde emocional

09 Julho, 2020
Ter uma boa saúde emocional nos ajuda a enfrentar os muitos desafios que se colocam em nosso caminho. O que podemos fazer para gerenciar melhor as nossas emoções? Descubra a seguir.

Melhorar a saúde emocional nos ajudará a gerenciar melhor nossas reações em contextos estressantes. Muitas vezes, as pessoas se concentram na saúde física, negligenciando a importância de manter o equilíbrio emocional para responder melhor a situações desafiadoras.

A saúde emocional, para alguns autores, é “a gestão responsável de sentimentos, pensamentos e comportamentos”. Essa definição implica ser capaz de reconhecer tudo que sentimos e pensamos, dar um nome, aceitar e integrar tudo isso em nossas vidas.

Pessoas com uma boa saúde mental têm a capacidade de controlar seus sentimentos de forma assertiva; além disso, elas têm uma boa autoestima e relacionamentos pessoais saudáveis. Os desajustes emocionais podem levar a distúrbios de saúde, como transtornos de ansiedade ou depressão maior, como indicam alguns estudos.

Isso ocorre porque as reações de tristeza, ansiedade, raiva ou depressão atingem altos níveis de intensidade que são sustentados ao longo do tempo e provocam mudanças no comportamento. Isso leva as pessoas a esquecer hábitos saudáveis, o que aumenta o risco de desenvolver comportamentos viciantes ou coloca a saúde geral em risco. Mas, então, como melhorar a saúde emocional?

Como melhorar a saúde emocional

Segundo uma publicação do Instituto Superior de Estudos Psicológicos (ISEP), ter uma boa saúde emocional se reflete em um aumento do bem-estar geral. É importante entender que todas as emoções são desejáveis, pois atingem certos objetivos em nossas vidas.

Portanto, embora certas emoções sejam classificadas como negativas e indesejáveis, é importante aprender a gerenciá-las adequadamente, sem tentar reprimi-las. Isso se traduz em uma melhor saúde emocional e uma menor tendência ao estresse, ansiedade, depressão, entre outros distúrbios.

O que podemos fazer para melhorar a saúde emocional? Na verdade, existem pequenos ajustes que permitem treinar a nossa mente para gerenciar melhor a parte emocional. No espaço a seguir, detalharemos algumas recomendações gerais.

Não deixe de ler: 5 exercícios para controlar as emoções

Reconheça as suas emoções

Como melhorar a saúde emocional
Quando reservamos um tempo para reconhecer as nossas emoções, aceitamos que elas fazem parte de nós.

Aprenda a reconhecer as suas emoções e a distinguir o que faz você se sentir frustrado, bravo ou triste. Como já dissemos, não tente reprimi-las; procure aceitar que elas fazem parte de você e que elas existem por algum motivo.

Expresse sentimentos

A expressão de sentimentos é sinônimo de boa saúde emocional. Se sentirmos desconforto e isso causar tensão, podemos ter dificuldades – seja no trabalho ou em casa – se não expressarmos o que sentimos adequadamente.

Pense primeiro e aja depois

Isso é necessário porque a intensidade das emoções pode nos levar a agir de maneira inadequada, tendo que lamentar as consequências no futuro. Para evitar isso, é melhor pensar com calma, depois de esfriar a cabeça.

Aplique técnicas de relaxamento

Conforme detalhado em uma publicação na revista médica ‘Complementary Therapies in Medicine’, as técnicas de meditação são recursos com efeitos positivos no gerenciamento do estresse. Portanto, é conveniente adotar opções como mindfulness, meditação, ioga ou outras.

Você pode se interessar: 5 exercícios de mindfulness para a ansiedade

Tire um tempo para si

Respirar profundamente
Deixar a pressa de lado e apreciar as coisas simples nos ajudará a promover o bem-estar emocional.

Viver com pressa é uma das razões pelas quais estamos imersos em estados de estresse e ansiedade. Portanto, é bom dedicar tempo a si mesmo, viver com calma e apreciar as coisas simples, mas que nos enchem de plenitude e nos ajudam a nos sentirmos felizes.

Durma o suficiente

Uma má qualidade do sono, somada ao estilo de vida agitado, afeta consideravelmente o humor. Por isso, é essencial dormir bem, pelo menos 7 horas por noite, sem interrupções, e fazer pausas ativas durante o dia.

Estabeleça conexões positivas com outras pessoas

Devemos tentar fugir de relacionamentos conflituosos. Se nos cercarmos de pessoas que somam, nossa saúde emocional vai melhorar drasticamente. Além disso, nós mesmos devemos nos concentrar nas coisas positivas, evitando as reclamações.

Os relacionamentos positivos também surgem quando fazemos coisas que ajudam os outros. Nem sempre podemos pensar individualmente, porque muitas vezes ser bom consigo mesmo significa agir em favor do outro.

Aprenda coisas novas

Não perca a curiosidade e a vontade de se desenvolver! Você pode aprender novos idiomas, ler um livro, fazer um curso, entre outros.

Todo ser humano é diferente, assim como suas necessidades. No entanto, para estar tudo bem, é necessário trabalhar a saúde emocional de cada um de nós.

  • Bisquerra Alzina, R., & Pérez Escoda, N. (2007). Las competencias emocionales. Educación XX1.
  • Bisquerra Alzina, R. (2003). Educación emocional y competencias básicas para la vida. Revista de Investigación Educativa, RIE.
  • Cano-Vindel, A., & Miguel-Tobal, J. (2001). Emociones y salud. Ansiedad Estrés.
  • Velázquez, S. (2013). Salud Física y emocional. Programa Institucional Actividades De Educacion Para Una Vida Saludable.
  • Gardiner P, Sadikova E, Filippelli AC, et al. Stress Management and Relaxation Techniques use among underserved inpatients in an inner city hospital. Complement Ther Med. 2015;23(3):405–412. doi:10.1016/j.ctim.2015.03.006