Como melhorar a dieta se você é diabético?

22 de junho de 2019
Você é diabético e quer mudar a sua dieta para evitar problemas de saúde? Descubra aqui as melhores dicas.

Para manter seus níveis de glicose sob controle, é imperativo que você verifique seus hábitos alimentares e os modifique, se necessário. Neste artigo, diremos a você como pode melhorar sua dieta se for diabético. Não o perca!

Como melhorar a dieta se você é diabético

Adaptar a dieta é uma das melhores maneiras de evitar possíveis complicações se você for diabético. Por isso, recomendamos que preste atenção especial a tudo o que come.

Frutas em uma tigela em forma de coração: melhore a dieta se você for diabético

Escolha sempre alimentos de alto valor nutricional e qualidade e, além disso, não coma em abundância. Lembre-se que, para manter a glicose sob controle, é preferível comer pequenas porções. Outra recomendação? Tente organizar suas refeições, ou seja, manter os horários de ingestão de alimentos para evitar picos de açúcar no sangue.

Em geral, as mudanças na dieta de diabéticos concentram-se na necessidade de comer alimentos saudáveis ​​que atendam às necessidades nutricionais, mantendo assim um peso adequado e um nível controlado de triglicérides e colesterol. Vejamos algumas ideias abaixo.

Descubra ademais: Diabetes sob controle: como posso fazer isso?

Dicas de dieta se você é diabético

Mudar seus hábitos alimentares e adaptá-los à sua condição é essencial para garantir uma boa qualidade de vida. Por isso, comer bem, sem excesso de calorias ou quantidades, permitirá otimizar a produção e o uso de insulina, justamente o principal problema que causa o diabetes.

Mas, claro, antes de mudar sua dieta, vá ao seu médico e verifique com ele quais alimentos você deve adicionar ou remover de seu cardápio habitual. Ninguém melhor do que ele para te aconselhar.

1. Se você é diabético, modere o consumo de alimentos que se transformam em açúcares

Alimentos e exercícios para diabéticos

Você sabia que os doces não são os únicos alimentos que podem disparar os níveis de glicose? Os carboidratos simples disparam os valores de glicose, uma vez que se transformam nessa substância quando absorvidos pelo organismo.

Mas, isso não significa que você deve evitar carboidratos, e sim que deve saber como escolher carboidratos do tipo complexos, que são progressivamente liberados e permitem um melhor controle da glicose no sangue.

2. É diabético? Consuma proteínas

Em geral, os alimentos ricos em proteínas não aumentam os níveis de glicose no sangue. Por isso, seu consumo diário é recomendada mas, claro, seguindo sempre as porções adequadas para idade, altura e peso.

Um estudo de 2014 concluiu que um café da manhã rico em proteínas poderia fornecer benefícios metabólicos para pessoas com diabetes tipo 2. Verifique isso com o seu médico.

3. Escolha carboidratos de absorção lenta

Carboidratos complexos são absorvidos lentamente, o que significa que a elevação dos níveis de glicose ocorre mais gradualmente, evitando assim os picos tão perigosos para os diabéticos. Por isso, coma batatas, macarrão e arroz integrais, pão integral e legumes.

4. Cuide do consumo de gorduras

Azeite de oliva para diabéticos

A realidade é que não há informações conclusivas sobre o consumo de gordura recomendado em caso de diabetes. Existem vários estudos com diferentes conclusões. Enquanto não há um critério único, poderíamos dizer que:

  • Você deve escolher alimentos com gorduras “boas” em vez daqueles com gorduras saturadas. Por exemplo, um abacate em vez de um chouriço ou azeite, em vez de manteiga.

5. Evite sucos

Prefira sempre comer um pedaço de fruta a beber um suco. Embora uma laranja e um suco de laranja feito com um pedaço da fruta tenham a mesma quantidade de açúcar, o açúcar do suco é absorvido mais rapidamente, o que pode gerar um aumento muito abrupto da glicose.

Não perca: 5 remédios herbais para normalizar sua glicose no sangue

6. Coma frutos secos

Frutos secos para diabéticos

Um estudo publicado em fevereiro de 2019 na Circulation Research analisou mais de 16.000 pessoas que sofrem de diabetes tipo 2. A conclusão desta pesquisa foi que o consumo habitual de amêndoas, pistaches e nozes ajudaria a reduzir o risco de doenças cardiovasculares em adultos com diabetes do tipo 2.

Além disso, estima-se que as pessoas que comem pelo menos cinco porções de nozes por semana são 17% menos propensas a desenvolver doenças cardiovasculares do que aquelas que consomem apenas algumas porções por semana.

7. Consuma canela

Os dados a este respeito são contraditórios. Enquanto alguns estudos argumentam que o consumo de canela regularmente poderia ajudar a reduzir a glicose no sangue em pessoas com diabetes tipo 2, outros dizem que não houve variações nas pessoas estudadas. Por isso, antes de mudar sua dieta para incluir canela, consulte seu médico.

Melhorar a dieta se você é diabético é o primeiro passo para controlar sua doença. Mas, claro, você não deve fazer qualquer tipo de mudança radical de hábitos sem consultar um especialista.

Por fim, como sempre dizemos: ninguém melhor do que o seu médico poderá aconselhá-lo com base nas suas necessidades nutricionais e na sua condição física.

  • NCBI. (2014). Big breakfast rich in protein and fat improves glycemic control in type 2 diabetics. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24311451
  • Harvard T.H. Chan. (2019). Nut consumption may help heart health for people with type 2 diabetes. https://www.hsph.harvard.edu/news/hsph-in-the-news/nut-heart-health-type2-diabetes/
  • NCBI. (2013). The Effect of Cinnamon on Glucose of Type II Diabetes Patients. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3924990/
  • WebMD. Does Cinnamon Help Diabetes? https://www.webmd.com/diabetes/cinnamon-and-benefits-for-diabetes