Como manter o fígado e os rins saudáveis de maneira natural

· 14 de janeiro de 2015
O consumo de álcool, somado a uma dieta desequilibrada, pode comprometer a saúde do fígado e dos rins.

Os rins e o fígado desempenham funções vitais em nosso organismo, pois são responsáveis ​​pela filtração, absorção de nutrientes, eliminação de resíduos além de contribuírem para a digestão.

Ter estes órgãos completamente saudáveis proporciona ao nosso organismo a capacidade de aproveitar ao máximo os nutrientes e benefícios dos alimentos que consumimos.

Uma dieta pouco saudável com alimentos processados, gordurosos, ricos em sódio e outros compostos causa a deterioração desses órgãos e o acúmulo de toxinas e resíduos.

Felizmente, tanto o fígado como os rins têm uma resposta rápida e positiva aos tratamentos de limpeza natural.

Você quer saber como manter o fígado e os rins saudáveis? Continue lendo!

Limite o consumo de proteínas de alta qualidade

O consumo de proteínas é necessário para um correto funcionamento dos órgãos do nosso corpo, assim como para reparar os tecidos danificados.

No entanto, quando a função hepática e renal está comprometida, o consumo excessivo de proteínas de alta qualidade pode exercer pressão sobre esses órgãos.

Este tipo de proteína está presente em alimentos como carnes, frango, peixe e ovos.

Os vegetais e cereais têm proteínas de baixa qualidade, mas ambos os tipos de proteínas são necessários para o bom funcionamento do fígado e dos rins.

A nutricionista Rachel Link recomenda nesses casos planejar com uma nutricionista, pois a deficiência de proteínas pode causar outros problemas.

Leia também: Dieta depurativa para o fígado

Evite o excesso de peso e a obesidade

Evite o excesso de peso e a obesidade para manter o fígado e os rins saudáveis

O peso desempenha um papel muito importante na saúde do fígado e dos rins, uma vez que as pessoas com excesso de peso e obesidade tendem a exercer pressão sobre estes dois órgãos vitais.

Uma pessoa que tenha funções renais comprometidas deve fazer todo o possível para alcançar e manter um peso saudável.

O excesso de calorias pode armazenar gorduras no interior do fígado e prejudicar seu funcionamento. É muito importante consumir alimentos saudáveis.

Não consumir sódio em excesso

O sódio ou sal é um mineral essencial. No entanto, seu consumo excessivo pode causar desequilíbrio nos fluidos corporais, afetando, como resultado, a saúde dos rins.

O sal é uma das principais causas da retenção de líquidos, especialmente em pessoas com insuficiência hepática e renal.

A retenção de líquidos é um problema que deve ser controlado, já que pode causar infartos e derrames.

O ideal é ingerir sódio naturalmente dos alimentos e não utilizá-los como um ingrediente adicional.

A American Kidney Foundation recomenda também evitar os substitutos do sal, por conterem excesso de potássio, que também pode prejudicar os rins.

Pode te interessar: 5 conselhos para ter rins saudáveis

Cuidado com o consumo excessivo de álcool

O consumo excessivo de álcool pode causar danos ao fígado e aos rins

O consumo excessivo de álcool causa sérios danos ao fígado e aos rins.

O álcool faz com que as células do fígado fiquem debilitadas e se destruam, causando um desequilíbrio de eletrólitos que o corpo mantém para sua estabilidade biológica.

Além disso, também causa a retenção de líquidos, que origina a deterioração da função hepática e renal.

Suco poderoso para limpar o fígado e os rins

Além de ter em mente o conselho acima, é muito bom limpar o fígado e os rins naturalmente com ingredientes que favorecem a eliminação de toxinas e resíduos.

Embora existam vários sucos depurativos para uma boa limpeza do fígado e dos rins, desta vez compartilhamos um suco muito poderoso com um sabor que você vai adorar.

Ingredientes

  • 5 cenouras
  • Uma maçã
  • Duas peras
  • Um punhado de salsa.

Como preparar?

Leve todos os ingredientes ao liquidificador e bata bem com um pouco de água para facilitar sua incorporação.

Quando estiver pronto, deve ser consumido de preferência fresco por três dias seguidos e em jejum. Repita todos os meses.

Embora você tenha a opção de coá-lo depois de prepará-lo, é ideal que você não o faça, para aproveitar melhor todas as suas propriedades.

  • MINCIS, M., & MINCIS, R. (2011). Álcool e o Fígado. GED Gastroenterol. Endosc. Dig. https://doi.org/10.1016/j.csi.2012.05.003
  • Abdel-Misih, S. R. Z., & Bloomston, M. (2010). Liver Anatomy. Surgical Clinics of North America. https://doi.org/10.1016/j.suc.2010.04.017
  • Raila, J., & Schweigert, F. J. (2001). The role of the kidneys in vitamin metabolism. Berl Munch Tierarztl Wochenschr. https://doi.org/10.1080/10408390601177613
  • U.S. Department of Health and Human Services. (2009). The Kidneys and How They Work. National Institutes of Health. https://doi.org/10.1017/CBO9781107415324.004