Como identificar uma pessoa narcisista

Você já esteve perto de uma pessoa narcisista? Quer saber como eles são, o que pensam, como agem e o que fazer? Descubra neste artigo do que se trata esse transtorno de personalidade.
Como identificar uma pessoa narcisista

Última atualização: 26 abril, 2022

O transtorno de personalidade narcisista é aquele em que a pessoa tem um enorme senso de grandiosidade, necessidade de reconhecimento e de receber tratamento especial, falta de empatia, egomania e egoísmo exacerbado. Como em todos os padrões de personalidade, esse fenômeno pode ocorrer em diferentes graus.

Por exemplo, haveria personalidades narcísicas subclínicas, ou seja, aquelas com um ou mais traços narcísicos, mas que não atenderiam a todos os critérios diagnósticos. Da mesma forma, pode haver pessoas que, pelas suas características, se enquadrem mais nos critérios.

De qualquer forma, essas pessoas podem ter muitos problemas em suas vidas, tanto no trabalho quanto no relacionamento com os outros. No entanto, por mais paradoxal que possa parecer, não costumam ir voluntariamente ao psicólogo/psiquiatra, pois percebem que seus problemas são outros.

Se por acaso foram ao especialista, o mais provável é que o tenham feito para pedir algum tipo de ajuda para seus sintomas secundários. Entre isso, estresse, problemas econômicos, de trabalho ou acadêmicos.

Como identificar uma pessoa narcisista

Deve ser dito neste ponto que os transtornos de personalidade apresentam anosognosia. Esta condição é a incapacidade do paciente de perceber seus sintomas. Por isso, não fazem a consulta pela questão subjacente, mas sim por motivos secundários que o profissional de saúde mental deve descartar.

Quanto à pessoa narcisista como tal, tende a ser arrogante, exigindo admiração excessiva e constante. Elas esperam que os outros os reconheçam como alguém superior.

Quando narram o que fizeram antes, exageram suas conquistas ou talentos, chegando ao ponto da fantasia, onde imaginam um sucesso desmedido e poder sobre os outros. Em seu caminho pessoal, eles procuram se relacionar com pessoas especiais que contribuem para seu objetivo de superioridade.

Eles tratam qualquer um que considerem inferior com desprezo e se aproveitam dos outros. Ficam zangados com aquelas pessoas que não os tratam como acham que merecem, e se acontece um tratamento diferente do esperado, se ofendem facilmente.

Fortes sentimentos de inveja os invadem ao avaliar as realizações dos outros. Claramente, o pensamento é muito superficial, sem atingir as profundezas dos sentimentos. Eles têm dificuldade em regular suas emoções e comportamentos, por isso não se adaptam facilmente às mudanças. Secretamente, eles escondem sentimentos de inferioridade e vergonha.

Por que as pessoas narcisistas são assim?

A ciência ainda não conseguiu demonstrar uma causa unitária que explique o transtorno de personalidade narcisista, pois é um transtorno complexo e intrincado. Portanto, mais investigações são necessárias para determinar com mais precisão a origem.

Apesar de tudo, os cientistas sugerem que há uma interação de três fatores:

  • Genético ou hereditário.
  • Neurobiológico: conexão entre cérebro, comportamento e pensamento.
  • Sociocultural: a educação recebida, o ambiente em que a criança se desenvolve, a cultura.

Em frequência, há mais homens narcisistas do que mulheres. A idade clássica de início é geralmente no final da adolescência, levando a uma série de complicações que, em primeira instância, afetam a escolaridade da pessoa, com o absenteísmo escolar.

Já na idade adulta, o narcisista sofre com problemas de trabalho, elevado conflito interpessoal, depressão e ansiedade. A combinação de fatores leva ao uso e abuso de álcool, às vezes até com pensamentos suicidas.

Essas pessoas não estão em condições de sustentar um compromisso social, e é comum que seus relacionamentos amorosos não durem. A amizade de longo prazo também é difícil para elas.

Ajuda e tratamento para uma pessoa narcisista

É importante saber que essas pessoas não se permitirão ser ajudadas facilmente, a menos que sejam tratadas indiretamente por causa de seus problemas, por exemplo, com álcool ou drogas, fracasso escolar ou problemas de trabalho. Somente depois de ganhar a confiança da pessoa em questão, aspectos mais profundos de sua personalidade, pensamentos, emoções e comportamento podem ser abordados.

Se tratando de um transtorno de personalidade, o tratamento será longo e difícil. No entanto, por meio dele, você pode ajudar a reduzir seus pensamentos negativos, seu conflito, o uso e abuso de substâncias e o comportamento errático. Portanto, quanto mais cedo o tratamento for iniciado, melhor será o prognóstico.

This might interest you...
7 conselhos para neutralizar um narcisista
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
7 conselhos para neutralizar um narcisista

Você não sabe o que fazer para neutralizar um narcisista? Descubra 7 dicas importantes para evitar ser controlado por estas pessoas.



  • American Psychiatric Association. Narcissistic personality disorder. Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders. 5th ed. Arlington, VA: American Psychiatric Publishing. 2013;669-672.
  • NIH.GOV (MEDLINEPLUS). “Trastorno de Personalidad Narcisista”.
  • López-Ibor Aliño, Juan J. & Valdés Miyar, Manuel (dir.) (2002). DSM-IV-TR. Manual diagnóstico y estadístico de los trastornos mentales. Texto revisado. Barcelona: Editorial Masson. ISBN 9788445810873.
  • Millon, Theodore & Davis, Roger D. Trastornos de la personalidad. Más allá del DSM-IV. Primera edición 1998. Reimpresiones 1999 (2), 2000, 2003, 2004. Barcelona: Editorial Masson. ISBN 9788445805183.
  • Grossman, Seth Millon, Carrie Meagher, Sarah, Ramnath, Rowena. Trastornos de la personalidad en la vida moderna. Primera edición 2001, segunda edición 2006. Barcelona: Editorial Masson & Elsevier. ISBN 9788445815380.