Estou namorando um narcisista? Confira os sinais.

20 de junho de 2019
Um parceiro narcisista acabará fazendo você se sentir inferior. Embora a princípio sejam grandes conquistadores, quando o jogo acaba, pode ser que faça com que você se sinta culpado, menosprezado e desvalorizado.  

Talvez haja alguns sinais em seu relacionamento que fazem você se sentir muito desconfortável e não conseguir identificar o motivo exato. Será que você está namorando um narcisista?

O seu parceiro fala demais sobre si mesmo e seus problemas e projeta uma imagem idealizada de si mesmo que, se você pensar sobre isso, não é exatamente a verdadeira… então, talvez você esteja saindo com um narcisista. Neste artigo, informamos alguns sinais e, além disso, o que fazer.

A personalidade narcisista

Segundo o psicólogo Stephen Johnson, um narcisista é uma pessoa que “enterrou a verdadeira expressão de si mesmo em resposta às primeiras feridas e a substituiu por uma falsa, altamente desenvolvida e/ou compensatória“.

Portanto, a imagem tradicional do narcisista apaixonado por si mesmo não é a imagem que corresponde ao narcisista real. Pelo contrário, o narcisista não está apaixonado por si mesmo, muito menos, mas está apaixonado pela imagem idealizada que ele fez de si mesmo.

Na realidade, são pessoas profundamente feridas, com baixa autoestima, que se escondem sob um eu idealizado para não enfrentar a realidade. Não é fácil lidar com um narcisista. De fato, sua necessidade de sentir-se um ser superior e idealizado pode levá-lo a menosprezar e subestimar o outro.

Por isso, abaixo apresentamos alguns comportamentos típicos de um narcisista, e o que você pode fazer a respeito.

Recomendamos que você leia também: 5 estratégias que toda mulher deve seguir para acabar com o estresse e a ansiedade

1. Sua conversa não é uma conversa

Casal conversando

Manter uma conversa com um narcisista pode se tornar um tédio infinito, uma experiência verdadeiramente frustrante. Isso porque, na realidade, o narcisista não “fala”, mas mantém um monólogo sem fim e tedioso. Não é um diálogo, não há troca.

De fato, mesmo se você tentar tomar a vez da palavra com algum “bom”, “bem”, “realmente”, ele não permitirá que você participe. E isso porque o narcisista sabe tudo, e melhor que ninguém. Seus comentários, se você conseguir expressá-los, serão ignorados ou corrigidos.

Por esse motivo, é normal que você se sinta realmente frustrado depois de tentar conversar com um narcisista.

2. A conversa gira em torno de “eu, eu, e eu e eu também”

O tópico da conversa acabará sempre girando em torno de si mesmo. De fato, mesmo em conversas com mais pessoas, ele sempre tentará dar a volta para retornar a conversa sobre si mesmo. Por essa razão, narcisistas são pessoas que interrompem constantemente, tomando a vez da palavra sem respeitar os outros.

Além disso, não apenas não ouvem os outros, mas acabam ignorando-os e monopolizando qualquer noite. Por esta razão, se o seu parceiro é um narcisista, é lógico que você se sentirá subestimado e desvalorizado.

3. Ele gosta de quebrar as regras

O narcisista precisa se sentir diferente e superior. Por essa razão, é comum que pessoas narcisistas gostem de quebrar algumas regras. Por exemplo, não respeitar algumas regras de trânsito, levar materiais de escritório para casa, etc…

Essas ações fazem com que sintam que estão acima das regras, leis e sociedade. E se sentem impunes e superiores.

4. Você está saindo com um narcisista e não respeita os limites

Um narcisista fará você se sentir culpado

Como ser superior, você está abaixo dele. Por essa razão, o narcisista não o respeitará nem atenderá às suas necessidades. Ele é a prioridade. Lhe pediu dinheiro emprestado e nunca o devolveu? Mostra a soberba diante dos seus sentimentos ou conquistas, menosprezando-os? Então, talvez você esteja saindo com um narcisista.

5. Projeta uma imagem falsa de si mesmo

É a característica externa básica do narcisista. Eles gastam muito tempo se preparando, por exemplo, porque precisam impressionar os outros. Além disso, costumam se orgulhar diante dos outros: “Veja como isso ficou bem em mim”, “veja como eu sou especial”.

Com efeito, eles devem criar a ideia em outros de que é necessário admirá-los. No entanto, na realidade, são seres profundamente inseguros e com baixa autoestima.

6. Deve ser o centro do seu mundo, quando você está saindo com um narcisista

Suas necessidades não são apenas menos importantes, mas o narcisista espera que você atenda suas necessidades preferencialmente. Em casal, o narcisista considera que é o elemento mais marcante do relacionamento, por isso vai exigir que você lhe dê atenção em todos os momentos, sem considerar suas necessidades e obrigações.

Recomendamos também o seguinte artigo: 5 truques psicológicos para atrair a atenção dos demais para você

7. No começo, foi lindo

Um narcisista sabe como agradar às pessoas

Quando tentou conquistar você, foi encantador. Você viu uma pessoa carismática e persuasiva, charmosa e pensativa. No entanto, conforme o relacionamento progrediu e o interesse na conquista desapareceu, você foi relegado para um segundo lugar.

O narcisista deve ser o melhor em tudo. Portanto, ele também deve ser um conquistador ideal. Depois de ficar entediado com o jogo, as coisas são muito diferentes.

8. Se você está namorando um narcisista, ele é um herói excepcional

Por se sentir superior, ele cria uma imagem idealizada de si mesmo que ele mesmo acredita. Com efeito, ele se apresenta como herói ou heroína, alguém extremamente excepcional e superior aos outros. Por esta razão, estará convencido de que você não é nada sem ele.

9. Alguns narcisistas são vitimistas

Uma boa maneira de chamar a atenção dos outros é se apresentar como uma vítima. Dessa forma, eles farão com que você esqueça suas necessidades e se concentre neles. Seu objetivo desde o começo.

No entanto, isso também pode acontecer a qualquer momento. O narcisista tende a ser “aludido” constantemente, por isso faz com que se sinta culpado pela forma como você o trata, se não é o que ele quer.

10. É um manipulador

Os outros são nada mais do que algo ou alguém para usar para cobrir suas necessidades. Por exemplo, eles podem escolher um parceiro que seja uma pessoa fisicamente bela, apenas para mostrar aos outros um determinado status.

Como agir se você está namorando um narcisista

Se você quer que as coisas mudem, tem que ser mais assertivo. Por isso:

  • Primeiro, mostre que isso incomoda você. Com efeito, você deve dar a entender as coisas que o incomodam, como não conseguir manter uma conversa, que suas necessidades são sempre a prioridade, etc… Fale com ele que você também é importante, e tem suas próprias necessidades e demandas.
  • Mantenha-se positivo. Mesmo ao explicar ao narcisista que você também existe, deve fazê-lo de uma maneira que não entenda que tal situação lhe incomoda muito. De fato, se você se expressar como realmente está zangado, pode até estar reafirmando sua superioridade, como se estivesse lhe dando razão.
  • Fique focado. Embora a pessoa narcisista tente sempre fazer ver que ela e seus objetivos são mais importantes, lembre-se de que você também tem os seus. Não se deixe levar, e não se esqueça que você também tem personalidade, necessidades, objetivos e sonhos.
  • Reconheça que essa pessoa precisa de ajuda. Se você quer continuar com o relacionamento, é importante entender que o narcisista, no fundo, é uma pessoa insegura e com baixa autoestima. Talvez, nesse sentido, você possa até mesmo ajudá-la.

Você reconhece alguns desses sinais? Faça alguma coisa. Quer seja deixando o relacionamento porque faz você se sentir mal, ou se continuar com ele, não se esqueça que você é tão importante quanto a outra pessoa.

  • American Psychiatric Association. Narcissistic personality disorder. Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders. 5th ed. Arlington, VA: American Psychiatric Publishing. 2013;669-672.
  • NIH.GOV (MEDLINEPLUS). “Trastorno de Personalidad Narcisista”.
  • López-Ibor Aliño, Juan J. & Valdés Miyar, Manuel (dir.) (2002). DSM-IV-TR. Manual diagnóstico y estadístico de los trastornos mentales. Texto revisado. Barcelona: Editorial Masson. ISBN 9788445810873.
  • Millon, Theodore & Davis, Roger D. Trastornos de la personalidad. Más allá del DSM-IV. Primera edición 1998. Reimpresiones 1999 (2), 2000, 2003, 2004. Barcelona: Editorial Masson. ISBN 9788445805183.
  • Grossman, Seth Millon, Carrie Meagher, Sarah, Ramnath, Rowena. Trastornos de la personalidad en la vida moderna. Primera edición 2001, segunda edición 2006. Barcelona: Editorial Masson & Elsevier. ISBN 9788445815380.