Como fazer uma viagem longa com o bebê?

20 de maio de 2019
Viajar com o bebê é uma situação que costuma gerar estresse para os pais. Apresentamos as melhores dicas para tornar sua viagem um sucesso!

Pensar em fazer uma viagem longa com um bebê é algo que, em primeiro lugar, gera medos e ansiedade nos pais. E não é de se admirar: seja de carro ou avião, viajar com um bebê não é fácil. Mas também não é impossível!

Apresentamos abaixo as melhores dicas para tornar sua viagem em família com seu bebê um verdadeiro sucesso. Respire fundo, sacuda seu nervosismo e descubra nossas dicas em seguida!

Planejando uma viagem longa com um bebê

Para tornar a sua aventura com o seu bebê o mais agradável possível, você precisa estar preparado. A chave está na preparação e no planejamento. Por isso, não deixe nada ao acaso, pelo menos dentro do que você pode controlar (sabemos que com crianças há coisas que não podemos ter sob controle).

Ao planejar a viagem, é importante levar em consideração principalmente dois fatores: a idade do bebê e o meio de transporte. Embora pareça estranho, esses serão os dois pilares que guiarão o planejamento.

Viagem longa de avião com um bebê!

Viagem longa com bebê de avião

Voar com um bebê não é impossível nem uma loucura. Você só deve considerar algumas questões.

1. Onde o bebê vai dormir?

Dependendo da idade da criança, você terá a opção de solicitar um berço ou não. Por isso, se viajar com o seu recém-nascido ou com um bebê com menos de 8 meses, não se esqueça que nos voos transatlânticos tem a possibilidade de pedir um berço.

Não se esqueça de fazer isso com antecedência, pois eles não o entregarão se você solicitar dentro do avião. Verifique o site da companhia aérea sobre idade e peso máximo para solicitar um berço.

No caso de você não ter direito a um berço, ele deve dormir com você. A menos que você esteja disposto a pagar mais (50-100% da passagem) para que o bebê viaje em seu próprio assento. Caso escolha carregá-lo em seus braços, recomendamos que traga uma almofada ergonômica para o pescoço. Isso permitirá que você descanse um pouco.

Pode te interessar: Descubra como fazer com que seu bebê durma melhor

2. A comida do bebê

Em uma longa viagem de avião o adequado é oferecer o peito ou mamadeira na decolagem e no pouso

Os bebês amamentados são muito simples porque não costumam empacar nada. Se você der uma mamadeira, lembre-se de levar o leite em pó e pedir às aeromoças água quando você precisar ou leite líquido em pequenas apresentações. Os potinhos são permitidos, então leve vários com você.

3. A bolsa de mão e a bolsa do bebê

Na bolsa do bebê você deve levar fraldas suficientes para todo o voo… e um par extra. Adicione um cobertor para o pequeno e pelo menos duas mudas de roupa.

Não se esqueça dos lenços umedecidos e, claro, é essencial que você leve consigo um antipirético e um termômetro no caso de febre aparecer. A comida da criança, garrafa de água e algum brinquedo ou entretenimento para ela também devem estar ao seu alcance.

Na mala levar uma muda a mais para o bebê e uma para você! Você se nunca sabe se não vai precisar. Uma dica: mantenha pelo menos duas sacolas plásticas grandes em sua mala, caso suas roupas fiquem manchadas e você as guarde até chegar ao seu destino.

4. Roupas de viagem

Quando você faz uma viagem longa com um bebê, é importante que vocês dois estejam confortáveis. Esqueça as roupas elegantes e faça seu filho viajar de pijama confortável. Lembre-se de não cobri-lo muito para evitar a transpiração e carregue um cobertor se estiver frio demais dentro do avião.

5. Em uma viagem longa, se ele chorar, não tem problemaQuando viajar com o bebê, ele pode chorar

Os bebês choram. Nada acontece se o seu filho também fizer isso. Assim, mantenha a calma, respire profundamente e tente acalmá-lo. Concentre-se no seu filho e tente abrigá-lo para se acalmar.

Não perca: Como acalmar um bebê que chora sem parar

6. Sucção para evitar dor de ouvido

Na decolagem e aterrissagem recomenda-se que o bebê mame para evitar problemas com os ouvidos. Por isso, se você amamentar, ofereça-o em ambas as circunstâncias. No caso de lhe dar uma mamadeira, prepare-a para esses dois momentos. E se seu bebê usa chupeta, não se esqueça dela!

Viagem longa de carro com um bebê!

Viagem longa de carro com bebê

A grande vantagem de viajar de carro é que você pode regular o ritmo da viagem, fazer pausas e controlar a temperatura, por exemplo. Você tem muito mais possibilidades de buscar o conforto do seu pequeno e o seu.

1. Escolha a melhor hora do dia para fazer uma viagem longa

O ideal é viajar de carro quando o bebê cochilar. Assim, você pode viajar sem se preocupar com o desconforto do seu bebê. Caso não se importe em dirigir à noite, pode ser outra boa opção.

2. Certifique-se de ter uma cadeirinha confortável e adequada

A cadeirinha do carro deve ser adaptada à idade e ao tamanho do bebê. Assim, antes de sair, verifique se está bem posicionada e se a criança está confortável ali, com o cinto corretamente colocado.

3. Se a viagem for longa e for possível, faça pausas

viagens longas de carro dão mais conforto ao bebê

Calcule quando seu filho terá fome e tente organizar pausas para permitir que ele saia da cadeirinha, coma e tenha algum contato com você. Além disso, não se esqueça que a cadeirinha, pelo seu formato, não é recomendado por longos períodos de tempo.

4. Em uma viagem longa, leve itens extra

Assim como quando viaja de avião, é imperativo que você tenha à mão roupa de reposição e fraldas suficientes. Embora seja mais fácil parar de comprar em caso de necessidade, não é o mais confortável.

5. Roupas confortáveis para uma viagem longa

Roupas confortáveis e apropriadas para viajar são essenciais para garantir que o bebê não sinta desconforto. Por isso, evite lã, excesso de roupa de frio e roupas muito finas. Tenha em mente que a criança pode sentir calor ou frio, e pode até incomodar as amarras da cadeira em sua pele.

Fazer uma viagem longa com um bebê requer paciência, antes e durante a viagem. Por fim, respire fundo e aproveite a aventura. Com pensamento e planejamento positivos, será mais fácil do que você imagina!

  • Iberia. Niños y bebés. https://www.iberia.com/es/viajar-con-iberia/ninos-y-bebes/
  • Erich K. Batra, Jonathan D. Midgett, Rachel Y. Moon. Hazards Associated with Sitting and Carrying Devices for Children Two Years and Younger. https://www.jpeds.com/article/S0022-3476(15)00345-5/fulltext
  • Crespo, C. (2012). Cuidados del recién nacido. In Cuidados de enfermería en neonatología.
  • Healthy Children. Flying with baby. https://www.healthychildren.org/english/safety-prevention/on-the-go/pages/flying-with-baby.aspx