Como fazer com que uma criança se interesse por museus

06 Janeiro, 2020
Ir a um museu com crianças não precisa ser uma utopia. Descubra as melhores dicas para que seus filhos desfrutem de um passeio diferente e educativo.
 

Gostaria de fazer com que seus filhos se interessem por museus? Sendo assim, não pare de ler este artigo. Aqui estão algumas dicas práticas para que os baixinhos desfrutem de uma atividade familiar educativa e diferente!

Os museus são espaços de ciência, arte e conhecimento, que ajudam a despertar vocações e interesses das crianças. Cada vez mais, existem museus com tendências interativas para atrair os baixinhos com várias atividades. Anime-se e incentive o interesse das crianças a partir do exemplo.

Por que visitar museus com crianças?

Passeios por museus com a família

A visita a museus com crianças geralmente é uma atividade que gera nervos e até um pouco de medo nos pais e professores, simplesmente porque desde o início, as crianças parecem “negadas” a aproveitar a saída. «É chato», «não tem nada pra fazer lá», «é coisa de adultos», são algumas das expressões que vamos escutar de uma criança perante essa proposta.

Agora, como pais, não devemos desistir, porque ir a um museu com crianças pode ser uma experiência única! Um museu apresenta uma oportunidade de aprendizado perfeita para as crianças pequenas da família (e não tão pequenas também).

 

Lá é possível desfrutar de uma imersão total em um tema e nas descobertas que estão na ordem do dia. É claro que será necessário despertar interesse em museus nas crianças para que elas aprendam e, acima de tudo, se divirtam.

Não perca: 8 benefícios da leitura para as crianças

Crie nas crianças interesse pelos museus

A seguir, queremos apresentar algumas dicas práticas para despertar a curiosidade no seu filho e fazer com que se interesse pela visita aos museus. Além de ser uma atividade educativa, integra a família inteira.

1. Escolha bem o tema do museu

Em primeiro lugar, para despertar interesse em museus é preciso escolher corretamente o tema. Se seu filho gosta de desenhar, porque não levá-lo ao MASP, em São Paulo? Se gostar de esportes, podem visitar o Museu do Futebol e assim por diante.

Pense com cuidado quais são os tópicos que chamam a atenção do seu filho e procure um museu que se concentre nesse interesse. Dessa forma, é mais provável que a criança se sinta fascinada pela visita. Hoje, existem muitos museus perfeitos para despertar o interesse nas crianças que não conseguem ficar quietas por um minuto. Descubra se há algum na sua cidade!

2. Converse com seus filhos

Atividades em família
 

Em muitas ocasiões, as crianças negam sem conhecer a causa, mas simplesmente porque um amigo lhes disse algo sobre isso. Pense nisso: seu filho sabe o que é um museu e o que encontrará lá? Se ele nunca foi, é impossível que ele saiba!

Explique aos seus filhos o que eles podem esperar de um museu, como devem se comportar e o que pode ou não ser feito lá. Conversar com eles é muito importante para que realmente entendam o que é a atividade que você está propondo.

3. Compartilhe experiências com eles

A empatia é extremamente importante em todas as etapas da nossa vida e, é claro, com nossos filhos. Conte às crianças uma história sobre você em um museu e tente despertar o interesse deles. Se seu filho visitou um museu e ficou entediado, você pode compartilhar com ele uma experiência semelhante que você teve e, em seguida, outra onde você se divertiu!

Colocar-nos no lugar dos filhos nos ajuda a promover o relacionamento pai e filho. Assim, eles se sentirão compreendidos e nos escutarão e levarão em consideração nossas opiniões.

4. Prepare a visita

O interesse em museus depende muito da preparação antes de chegar ao local. Para fazer isso, ofereça aos seus filhos alguns museus possíveis para visitar e depois se concentre no tema. Em outras palavras, se você visitar um museu de trens, leia histórias sobre o tema antes, assista a um filme com eles e incentive suas perguntas sobre o assunto.

Você pode até preparar atividades para realizar no museu:

 
  • Leve imagens em preto e branco para que as crianças completem com cores e detalhes do que virem no museu.
  • Prepare perguntas sobre o que eles verão.
  • Imprima uma folha com imagens das pinturas, trens, dinossauros ou o que eles virem para marcar o que encontrarem.

Faça uma visita ao site do museu escolhido. Aliás, hoje em dia, muitos oferecem imagens para imprimir e assim, incentivar atividades infantis para tornar a visita mais agradável.

5. Crie uma aventura

Passeios reforçam o vínculo entre pais e filhos

A visita ao museu não precisa ser uma saída isolada. Pelo contrário, prepare uma aventura juntamente com a visita. Por exemplo, sair para comer em algum lugar, logo depois, visitar juntos o museu e, quando saírem, fazer um passear pelo parque ou ir a um playground. Dessa forma, você ajudará seus filhos a relaxarem sem a “pressão” de ir ao museu.

Não deixe de ler também: Capacidade motora das crianças: 10 dicas para estimulá-la

6. Evite as próprias expectativas

Não pretenda passar a tarde inteira no museu. É importante que seus filhos se sintam cômodos e, quando derem sinais de tédio, voltem para casa e pronto! ​​ Lembre-se: o conforto e o prazer de seus filhos acima de tudo.

 

7. Estômago cheio e bexiga vazia

Pode parecer óbvio, mas seus filhos apreciarão mais a atividade se não estiverem com fome ou quiserem ir ao banheiro. Portanto, certifique-se de que suas principais necessidades sejam atendidas antes de entrar no museu.

8. Arme-se com paciência

O objetivo deste passeio é desfrutar com a família. Pense que para os seus filhos é uma experiência nova; portanto, tenha paciência para responder às suas perguntas, chame a atenção deles quando eles começarem a ficar entediados e descanse toda vez que precisarem.

Esperamos ter ajudado você a criar interesse em museus nos seus filhos. Tente visitar os museus da sua cidade com os baixinhos e desfrute de uma atividade educativa em família!