Como escolher o melhor berçário para o seu bebê

8 de novembro de 2019
Obter o melhor berçário para o nosso filho pode se tornar um verdadeiro pesadelo, mas levando em conta vários fatores, a experiência pode ser até agradável.

Hoje ensinaremos a você como escolher o berçário certo para o seu bebê, pois como pais, sabemos que deixar nossos filhos pela primeira vez em uma creche pode ser um pesadelo.

Há tantas perguntas que vêm à mente que não podemos deixar de sentir angústia. No entanto, esse processo não precisa ser traumático. Pense que é um processo normal, que leva algum tempo para se adaptar e que avaliar adequadamente a creche de que seu filho precisa evitará preocupações e inconvenientes futuros.

Bebês sentados no penico

 

Fatores a considerar para escolher o melhor berçário para o seu bebê

A localização

Um dos primeiros fatores a avaliar é a distância entre o local, sua casa, e seu trabalho. A proximidade entre os três pontos favorecerá sua rotina diária, sua participação em reuniões e outras atividades, e sua chegada imediata ao berçário em caso de emergência.

Pouco nos ajudará a encontrar o “melhor berçário”; se para chegarmos lá precisaremos percorrer uma grande distância. Use a internet e as redes sociais para explorar quais são as mais próximas de sua casa. Dessa forma você aumentará seu tempo de descanso e o tempo para compartilhar com seus filhos.

Veja também: Você sabe quais são as vantagens e desvantagens das fraldas de pano?

Número de berçários visitados

Uma das recomendações que você receberá tanto na internet como de amigos, conhecidos e familiares, é que você visite muitos centros de assistência antes de tomar uma decisão. No entanto, ninguém diz quantos berçários você deverá ir antes de escolher um. Não há um número mágico, você pode ter visitado 10 e nem um deles lhe convence.

Recomendamos que você siga seu instinto maternal. Assim que encontrar um berçário que atenda à maioria dos requisitos que você considera essenciais, investigue-o, e procure conhecê-lo a fundo. Talvez seja o primeiro por onde passou. Finalmente, o que realmente importa é que você tenha o ambiente perfeito para cuidar e educar seu filho.

Qualidade das instalações 

Em primeiro lugar, as crianças precisam de um espaço interior bem iluminado, limpo e desobstruído, e de um playground ao ar livre com elementos lúdicos suficientes, e áreas sombreadas. Estes são apenas alguns dos detalhes que você deve observar ao fazer uma inspeção.

A presença de prateleiras ou móveis em todos os lugares aumenta o risco de quedas ou acidentes. Medidas higiênicas adequadas são essenciais para evitar a ocorrência de doenças. Recomendamos que você visite as instalações e revise todas as áreas, incluindo os banheiros e a sala de jantar.

Nada é excessivo quando se trata de cuidar do seu bebê, verifique se as tomadas estão cobertas, e se há brinquedos apropriados para a idade do bebê. Em caso de dúvida, nunca deixe de perguntar.

A equipe

Ao começar a escola, não faça uma longa despedida

Tão importante quanto as boas instalações, é a equipe que atende as crianças e até os pais. Professores ou cuidadores atenciosos e profissionais, e funcionários atentos criam uma creche especial para o seu filho.  Observe a reação das crianças diante ao pessoal. Lembre-se, elas são sempre transparentes em suas emoções.

Não se esqueça de perguntar quantas crianças que frequentam a sala de aula, e quantos professores ou cuidadores cada grupo tem. Dessa forma você pode ficar tranquila com a atenção que seus filhos receberão.

Você também pode estar interessado: Como preparar seu filho para o início das aulas

O melhor berçário para o seu filho deve oferecer uma boa educação

Atualmente, existem várias tendências sobre a educação infantil: por exemplo, a promoção da autoaprendizagem, estratégias lúdicas, educação mais formal. Sem dúvida alguma, você deve levar tudo isso em consideração ao selecionar o berçário mais adequado.

Recomendamos que solicitar o projeto educacional da instituição que mais lhe interessar. Esta é a base para conhecer os valores e estratégias que o berçário procura aplicar na educação de seus filhos.

A alimentação 

Criança comendo no melhor berçário

Os berçários podem ser divididos em duas classes no que se refere à alimentação. Por um lado, existem aqueles que oferecem comida feita em sua própria cozinha, enquanto por outro, há aqueles que exigem que os pais tragam a comida preparada de casa. Em suma, em ambos os casos, o centro deve contar com uma área de jantar adequada.

Naqueles que fornecem a alimentação, certifique-se de que sejam assessorados por um profissional da nutrição. Sem dúvida alguma, saber de onde provêm os produtos que nossos filhos consumirão pode ser a diferença entre a “melhor” ou a “pior” creche.

A opinião de outros pais pode ajudar a escolher o melhor berçário

Certamente, ouvir a opinião de pais que têm suas crianças nos centros que você mais gostou é uma excelente ideia. Dessa forma você terá outros pontos de vista sobre a qualidade da educação, alimentação, e instalações oferecidas por esses berçários. Além disso, é bom se alguém em quem você confia recomenda o lugar.

Documentos em ordem

Cada país tem suas próprias leis para regular a operação de jardins de infância, creches ou berçários. Investigue as que se aplicam ao seu caso e verifique se os certificados do local escolhido estão em ordem. Seja cuidadosa com os detalhes e você não vai se arrepender de sua escolha.

Verifique também: Estimulação nos bebês: aprenda a ativar os sentidos

Você tem a última palavra

Finalmente, o conselho mais importante é confiar em sua intuição de mãe. Nada pode superar o radar interno que se desenvolve com o nascimento do nosso filho. Conhecemos nosso bebê melhor do que ninguém. As visitas são essenciais para escolher o melhor berçário, mas também o que o seu coração lhe diz.