Como eliminar o mau colesterol do nosso sangue com remédios caseiros

Além de evitar a assimilação de gorduras e açúcares, a aveia reduz o colesterol. Suas fibras solúveis dificultam a absorção e favorecem a eliminação do mesmo.
Como eliminar o mau colesterol do nosso sangue com remédios caseiros

Última atualização: 28 Janeiro, 2021

O colesterol é um tipo de lipídio que nosso organismo precisa em certas quantidades para se manter saudável e para funcionar corretamente. O colesterol de lipoproteínas de baixa densidade é o que popularmente conhecemos como o mau colesterol.

Ele é o responsável por obstruir as artérias e causar diferentes tipos de doenças; por outro lado, o colesterol de lipoproteínas de alta densidade é o bom colesterol, pois ajuda a levar o colesterol ruim ao fígado onde ele será eliminado.

Nossas células precisam de uma quantidade determinada e o corpo contribui com o que elas precisam.

Entretanto, muitos dos alimentos que consumimos atualmente são ricos neste elemento e isso pode fazer com que seja produzido no nosso corpo uma acumulação de colesterol, o que obstrui as artérias e provoca seu endurecimento.

Quando as artérias perdem sua flexibilidade é mais difícil que o sangue flua, já que elas vão se estreitando e, com o passar do tempo, dificultam cada vez mais a circulação.

Tendo em conta os altos riscos que essa condição representa, é muito importante começar a adotar hábitos que permitam reduzir os níveis no sangue para prevenir sérias consequências no futuro.

Você tem o colesterol alto? Se estiver sofrendo com esse problema de saúde, convidamos você a conhecer nossos remédios caseiros para reduzi-lo.

Infusão de bétula para reduzir o mau colesterol

A bétula é uma árvore com propriedades filtrantes que estimulam a eliminação de resíduos do corpo e os excessos de colesterol no sangue.

Para obter esses benefícios você deve preparar uma infusão de folhas de bétula e consumir três xícaras por dia.

Ingredientes

  • ½ colher de folhas secas de bétula.
  • 1 xícara de água (250 ml).

Como prepará-la?

Coloque para ferver uma xícara de água e, quando estiver em ebulição, adicione ½ colher de folhas secas de bétula e deixe-as no fogo por no mínimo mais cinco minutos.

Passado o tempo recomendado, retire a infusão do fogo, deixe-a descansar por 10 minutos e consuma a dose recomendada.

Água de aveia

Agua-de-aveia

A aveia é um dos alimentos mais saudáveis que podemos incluir todos os dias na nossa dieta. É rica em fibra solúvel, o que faz com que se diminua a absorção de gorduras e açúcares no corpo, ao mesmo tempo em que diminui os níveis de colesterol.

Para obter ao máximo este benefício da aveia, recomendamos preparar água de aveia e beber vários copos durante o dia.

Ingredientes

  • 3 colheres de aveia.
  • 1 litro de água.

Como prepará-la?

A única coisa que deve ser feita é adicionar 3 colheres de aveia em uma jarra e acrescentar um litro de água. Deixe descansar a mistura a noite toda e, no dia seguinte, consuma um litro de água de aveia.

Água de berinjela

A água de berinjela veio se popularizando nos últimos anos, já que foi demonstrado que seu consumo frequente pode ajudar a queimar gorduras com mais facilidade.

Mas, além disso, estudos recentes têm descoberto que as pessoas que beberam água de berinjela com frequência também reduziram os níveis do mau colesterol no sangue. Esse benefício é atribuído à nasunina

Vinho tinto e salsinha

Beneficios-da-salsa

Uma taça de vinho tinto por dia pode ajudar a reduzir os níveis do mau colesterol graças aos seus altos conteúdos de antioxidantes, denominados polifenóis.

Esses antioxidantes ajudam a diminuir os níveis de colesterol no sangue e, ao mesmo tempo, estimulam os níveis de bom colesterol.

Por outro lado, a salsinha tem quantidades importantes de flavonoides e também atua como um vasodilatador, graças ao seu conteúdo de apiol.

Ao juntar ambos os ingredientes em um só remédio, vamos obter como resultado um excelente aliado para reduzir os níveis de colesterol no sangue e melhorar significativamente nossa saúde cardiovascular.

Ingredientes

  • 750 ml de vinho tinto.
  • 50 g de salsinha.

Como prepará-lo?

Em um frasco hermético, iremos misturar 750 ml de vinho tinto com 50 gramas de salsinha e deixaremos descansar durante 12 dias. Passado esse tempo, tome uma taça dessa mistura depois de cada refeição.

Infusão de alcachofra

A infusão de alcachofra é ideal para filtrar o organismo, eliminar as toxinas do corpo e reduzir os níveis de colesterol no sangue.

Além disso, o consumo frequente da infusão de alcachofra também pode ajudar a perder peso com mais facilidade.

  • 2 folhas de alcachofra.
  • 1 xícara de água (250 ml).

Como prepará-la?

Coloque para ferver duas folhas de alcachofra em uma xícara de água durante 15 minutos e posteriormente retire do fogo e deixe descansar por 5 minutos.

Recomendamos tomar essa infusão de alcachofra em jejum. As pessoas com problemas digestivos devem evitar o seu consumo.

Pode interessar a você...
5 erros na dieta de um paciente com colesterol alto
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
5 erros na dieta de um paciente com colesterol alto

Pacientes com colesterol alto devem seguir uma série de recomendações para controlar esse problema. Confira os maiores erros na dieta!



  • Achrem-Achremowicz, Jacek & Kepczyńska, Elzbieta & Zylewski, Marek & Janeczko, Zbigniew. (2009). Synthesis of betulin derivatives and the determination of their relative lipophilicities using reversed-phase thin-layer chromatography. Biomedical chromatography : BMC. 24. 261-7. 10.1002/bmc.1282.
  • Ware, M. (2017). ”Eggplant health benefits and tasty tips”. Medical News Today. [Online] Avaiable at: https://www.medicalnewstoday.com/articles/279359.php
  • Brazier, Y. (2017). ”Is red wine good for you?” Medical News Today. [Online] Avaiable at: https://www.medicalnewstoday.com/articles/265635.php
  • Vasilenko IK, Semenchenko VF, Frolova LM et al. The pharmacological properties of the triterpenoids from birch bark. Eksp Klin. Farmakol 1993; 56(4): 53-5. 
  • Carnat A, Lacouture I, Fraisse D et al. Standarization of the Birch Leaf. Ann Pharm Fr, 1996; 54(5): 231-5.

  • Zaragozá F, Ladero M, Rabasco A et al. Plantas Medicinales (Fitoterapia Práctica). Segunda Edición, 2001. pp 136-8.