Como aliviar a dor nas pernas na gravidez? 5 conselhos

O exercício físico ajuda a fortalecer os músculos e reativar a circulação para reduzir a dor nas pernas durante a gravidez. Descubra outros hábitos saudáveis contra esse sintoma.
Como aliviar a dor nas pernas na gravidez? 5 conselhos

Última atualização: 26 Maio, 2021

A prática de alguns exercícios e hábitos saudáveis pode ajudar a aliviar a dor nas pernas na gravidez. Esse sintoma, que tende a piorar no último trimestre, costuma ser produto da retenção de líquidos e das dificuldades circulatórias próprias dessa etapa.

Descreve-se como uma sensação de tensão na parte inferior do corpo, com frequência acompanhada de cãibras ou formigamento. Também produz inflamação, sensação de peso e outros incômodos que podem afetar a capacidade de movimento.

Embora os sintomas reduzam com um pouco de repouso, em geral é mais aconselhável fazer alongamentos e atividades físicas de baixo impacto. Você sofre com esse problema? A seguir, vamos compartilhar 5 boas recomendações para controlá-lo.

Por que ocorre dor nas pernas na gravidez?

O corpo sofre muitas mudanças ao longo da gestação. Contudo, uma das partes que mais são afetadas são as pernas. Devido às mudanças de peso que vão ocorrendo conforme avançam os meses, a pressão sobre essa área aumenta.

Ademais, o crescimento do bebê vai comprimindo alguns dos vasos sanguíneos que se dirigem para as pernas, o que ativa a tensão. De fato, isso pode causar deformações ou inflamação nas veias, provocando as odiadas varizes.

Outra causa relacionada com essa condição é a retenção de líquidos, que interfere no fluxo do sangue e produz um inchaço notório nas extremidades. Além disso, aumenta a recorrência de cãibras e dificulta o relaxamento muscular.

Conselhos para aliviar a dor nas pernas na gravidez

Embora a intensidade da dor nas pernas na gravidez possa variar em cada mulher, existem alguns conselhos gerais que ajudam a minimizá-la. O ideal é praticá-los desde o início da gravidez, inclusive quando não há sinais de dor ou cansaço. Tome nota!

1. Fazer exercício físico

Evitar dor nas pernas na gravidez

O exercício físico tem muitos benefícios para as mulheres em estado de gestação. Embora deva se adaptar à sua condição, a prática diária reduz a dor nas pernas e melhora o estado físico. Também ajuda a regular o peso corporal e fortalece os músculos.

Graças a isso, aumenta a resistência do assoalho pélvico e reduz o risco de partos prematuros, cesáreas e abortos. Além disso, mantém a circulação ativa e reduz a sensação de peso e tensão sobre as pernas. Alguns dos exercícios recomendados são:

  • Posturas de ioga para grávidas.
  • Exercícios de pilates.
  • Alongamentos na esteira.
  • Caminhar a passos moderados.
  • Praticar natação.
  • Exercícios de Kegel.

2. Adotar uma boa alimentação

A ideia de “comer por dois” na gravidez é coisa do passado. Em vez disso, recomenda-se a adoção de uma alimentação completa e balanceada, com um fornecimento calórico e nutricional adaptado às necessidades da mãe.

Com a finalidade de reduzir as dores nas pernas, recomenda-se o consumo abundante de frutas, vegetais e alimentos com gorduras saudáveis. Graças às suas vitaminas, minerais e ômega 3, o sangue fluirá sem dificuldade e evitará a tensão nas extremidades.

3. Consumir água abundante

 

Mulher-tomando água

Um dos melhores hábitos para aliviar a dor nas pernas na gravidez é o consumo diário de água e líquidos saudáveis. Esse tipo de bebida combate a inflamação e reativa a circulação.

Além disso, é essencial para um ótimo trabalho digestivo, o qual reduz outras moléstias como a prisão de ventre. O ideal é ingerir entre 8 a 10 copos de água por dia, seja apenas água ou em infusões de frutas, caldos, etc.

4. Colocar as pernas para o alto

O cansaço nas pernas pode ser resultado do esforço físico e da pressão causada pelo peso da gravidez. Por isso, para combatê-lo de forma natural em questão de minutos, basta elevar as pernas no sofá ou sobre um banco pequeno. Esse simples gesto facilita o retorno do sangue para o coração e relaxa os músculos tensionados. Também é importante corrigir a postura e evitar ficar com as pernas cruzadas por tempo prolongado.

5. Fazer massagens

As massagens relaxantes são uma das melhores terapias para aliviar a dor nas pernas na gravidez. Não só eliminam a sensação de cansaço, mas também estimulam a circulação e o sistema linfático para evitar a retenção de líquidos e prevenir o inchaço.

É importante destacar que são uma boa opção terapêutica para melhorar a saúde mental, já que combatem o estresse e ajudam a manejar ansiedade. Você pode usar um óleo relaxante para obter melhores resultados.

É possível evitar a dor nas pernas durante a gravidez

Em síntese, fazer exercício físico regular e manter uma boa nutrição são os principais fatores para evitar a dor nas pernas na gravidez. É muito importante que cada mãe pratique desde os primeiros meses, já que assim não sofrerá tantas dificuldades na última etapa.

Pode interessar a você...
Clamídia durante a gravidez: tudo o que você precisa saber
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Clamídia durante a gravidez: tudo o que você precisa saber

A clamídia durante a gravidez é uma das infecções de transmissão sexual mais comuns do mundo. Descubra aqui a como detectar e tratar essa doença.



  • Committee Opinion No. 650. American College of Obstetricians and Gynecologists. (2015). Physical Activity and Exercise During Pregnancy and the Postpartum Period. OBSTETRICS & GYNECOLOGY ACOG. https://doi.org/10.1097/aog.0000000000001214
  • Gregg, V. H., & Ferguson, J. E. (2017). Exercise in Pregnancy. Clinics in Sports Medicine. https://doi.org/10.1016/j.csm.2017.05.005
  • Barakat, R., Lucía, A., & Ruiz, J. (2014). Exercise and pregnancy. In Handbook of Sports Medicine and Science: The Female Athlete. https://doi.org/10.1002/9781118862254.ch12
  • Field, T., Diego, M. A., Hernandez-Reif, M., Schanberg, S., & Kuhn, C. (2004). Massage therapy effects on depressed pregnant women. Journal of Psychosomatic Obstetrics and Gynecology. https://doi.org/10.1080/01674820412331282231
  • Mens, J. M. A., Huis in ’t Veld, Y. H., & Pool-Goudzwaard, A. (2012). The Active Straight Leg Raise test in lumbopelvic pain during pregnancy. Manual Therapy. https://doi.org/10.1016/j.math.2012.01.007
  • Field, T. (2010). Pregnancy and labor massage. Expert Review of Obstetrics and Gynecology. https://doi.org/10.1586/eog.10.12
  • Cooper DB, Yang L. Pregnancy And Exercise. [Updated 2020 Jan 30]. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2020 Jan-. www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK430821/