Conheça as maravilhas do iogurte

· 23 de setembro de 2013
Muito saudável, o iogurte pode ser incluido em várias dieras e serve de apoio para amenizar a fome entre as refeições.

No passado o iogurte era sinônimo apenas de regularizador do intestino. No presente, ele é sinônimo também de proteínas, vitaminas e minerais.

Muito versátil, pode ser incluído ainda em várias dietas. Além disso, serve como apoio para ludibriar a fome entre as refeições. Cada 100 gramas de iogurte natural e integral tem apenas 69 kcal.

Nutritivo, mas bem saboroso

O iogurte é uma forma de leite em que o açúcar (a lactose) foi transformado em ácido láctico, por fermentação bacteriana. Foi descoberto na Turquia mas ficou popular na culinária mundial, podendo ser consumido puro, com frutas, misturados em molhos, chocolates e sorvetes, por exemplo.

Leia também: Receita para preparar iogurte grego em casa

Tem todas as proteínas que seu corpo precisa

Seu valor biológico é muito alto, já que fornece todos os aminoácidos (menor partícula de proteína) que o corpo humano necessita e não é capaz de produzir sozinho.

O nosso corpo é capaz de produzir apenas 12 dos 20 aminoácidos existentes na natureza, devendo os demais serem retirados da alimentação. Por isso a importância de ingerir alimentos ricos em proteínas.

Dez vezes melhor que o leite integral

Sua fermentação o proporciona dez vezes mais ácido fólico que o leite.

O ácido fólico, também conhecido como vitamina B9 ou vitamina M, é uma vitamina hidrossolúvel pertencente ao complexo B, necessária para a formação de proteínas estruturais e hemoglobina.

Além disso, o iogurte contém mais cálcio do que o leite. O cálcio é um mineral que ajuda a fortalecer os ossos e os dentes.

Também ganha da banana e do tomate

Apenas 100 gramas de iogurte tem mais vitamina A que três bananas. Além disso, a mesma quantidade de iogurte contém 95 mg de fósforo. Você precisaria comer dois tomates inteiros para conseguir a mesma quantidade do mineral.

Melhora o funcionamento do intestino

Durante a fermentação o iogurte polariza a ação de duas bactérias a Streptococus thermophilas e a Lacotobacillos bulgaricus.

Ao serem absorvidas pelo intestino, estas bactérias reforçam a ação da flora intestinal, potencializando a ação imunológica do órgão.

Menos rejeição à lactose

Por conter entre 25% e 50% menos lactose que o leite, devido à fermentação, o iogurte pode ser indicado para pessoas que tem alguma rejeição à lactose.

E  não perca: Como saber se meu filho tem intolerância à lactose?

Faz muito bem à pele

A presença de vitamina A no iogurte é fundamental para a ação antioxidante na pele. Por auxiliar na digestão o iogurte faz uma limpeza nas toxinas do organismo, fundamental para deixar a pele mais viçosa e lisinha.

Aplique diretamente no rosto

A fermentação do alimento faz com que ele seja útil não só na ingestão como também na aplicação direta na pele.

O ácido lático presente no alimento funciona como esfoliante, hidratante e antimicrobiano. Se preferir, pode comprar no mercado produtos cosméticos que contenham iogurte em sua fórmula básica.

é preciso reconhecer os benefícios do iogurte para o rosto

Imagem 1 oferecida por Claudio Brisighello

Imagem 2 oferecida por Mi Almeida

  • Bortolozo, E. Q., & Quadros, M. H. R. (2007). Aplicação de inulina e sucralose em iogurte. Revista Brasileira de Tecnologia Agroindustrial, 1(1).
  • ANTUNES, A. E. C., CAZETTO, T. F., & BOLINI, H. M. A. (2008). Iogurtes desnatados probióticos adicionados de concentrado protéico do soro de leite: perfil de textura, sinérese e análise sensorial. Alimentos e Nutrição Araraquara, 15(2), 107-114.
  • Biscaia, I. M. F., Stadler, C. C., & Pilatti, L. A. (2004). Avaliação das alterações físico-químicas em iogurte adicionado de culturas probióticas. Simpósio de Engenharia de Produção-SIMPEP, 11.