Coisas que ocorrem com excesso de sódio no corpo

27 de agosto de 2019
A ingestão excessiva de sódio pode fazer com que sintamos mais sede e, por sua vez, que retenhamos líquidos em excesso, ao dificultar o trabalho dos rins.

O consumo de sódio, o sal, é essencial para o organismo. No entanto, também deve ser feito com moderação. A ingestão indiscriminada de sal pode ser prejudicial para o corpo humano. O excesso de sódio causa graves danos nos rins, no cérebro e em outros órgãos.

Nesse sentido, o que acontece então quando há um excesso de cloreto de sódio no sangue? Bom, a seguir mostraremos alguns dos efeitos que o consumo excessivo de sal causa no corpo:

1. Inchaço

Mulher bebendo água

O excesso de sódio pode ocasionar o aparecimento de edemas no corpo. Ou seja, a presença de inchaço nas mãos, pés, braços, pernas ou rosto.

Isso se deve ao impacto direto que o sal gera nos rins, já que faz com que seu normal funcionamento seja interrompido. Por conseguinte, provoca a retenção de potássio e sódio no organismo.

Dessa forma, é gerado um acúmulo de líquidos que se vê refletido na forma de inflamação.

2. Vontade de beber muita água

O excesso de sódio provocará desidratação, por isso, a pessoa pode sentir muita vontade de beber água o tempo todo. Isso acontece devido ao fato do corpo tentar compensar o equilíbrio entre água e sódio.

O detalhe está no fato de que beber muita água pode piorar a condição dos edemas, já que pode provocar uma maior retenção de líquidos. Além disso, a secura dos lábios também é outro sintoma.

Descubra também: Beber mais água: saiba como este hábito pode melhorar a saúde

3. O excesso de sódio pode provocar o ritmo cardíaco acelerado

Com o tempo, o sal em grandes quantidades pode causar hipertensão arterial e aumentar o perigo de sofrer algum tipo de cardiopatia, como o ritmo cardíaco acelerado ou taquicardia.

Isso está atribuído à falta de absorção de potássio nos rins. Por conseguinte, o sangue se torna mais espesso. A longo prazo é possível experimentar problemas de circulação graves.

4. Vontade excessiva de urinar

As pessoas com excesso de sódio no corpo geralmente sentem mais vontade de urinar, o que também afeta a densidade óssea.

Ao urinar de forma excessiva, o corpo descarta parte das reservas de cálcio do organismo, causando fraqueza nos ossos e dentes. Ademais, o mau funcionamento dos rins criará desordens no processo de micção, provocando em alguns casos o ato de querer urinar mais, e não poder fazê-lo.

5. Mal-estar estomacal ou aparecimento de úlceras

O excesso de sódio pode causar o aparecimento de úlceras no estômago, assim como provocar infecções e indigestão.

Além disso, alguns médicos indicam que o cloreto de sódio altera a mucosa que recobre a parte interna do estômago, no entanto, não há estudos que avaliem este processo. O que sim está demonstrado é que consumir muitos alimentos salgados pode aumentar o risco de desenvolver câncer de estômago.

6. O excesso de sódio pode alterar o comportamento ou o cérebro

O excesso de sódio pode alterar o cérebro

De acordo com pesquisas realizadas pela Sociedade Espanhola de Cardiologia, o excesso de sódio pode ser tão perigoso para o cérebro como a cocaína. 

Um consumo alto de sal pode afetar a área de pensamento cognitivo. Ademais, é normal que o sistema nervoso comece a enviar sinais de que precisa consumir mais sal ou que fique mais susceptível e irritável.

Você sabia? Saiba como evitar a desidratação

Evite o excesso de sódio, mas não o elimine por completo

Com todo o exposto anteriormente, não queremos dizer que o consumo de sódio está condenado. O sal é necessário para o bem-estar do organismo, contudo, caso se exceda os limites do consumo regulado, é possível sofrer graves consequências.

Por isso, o que recomendamos é controlar a ingestão de sal nos alimentos. Além disso, adicione frutas e verduras aos seus pratos. Dessa forma, a dieta será mais equilibrada e nutritiva. Por outro lado, também é necessário reduzir o consumo de alimentos que contenham muita gordura ou que possam ter excesso de açúcar, assim como evitar levar uma vida sedentária.

Por fim, siga estes conselhos e assegure-se de ter uma vida saudável, sem sobrepeso nem hipertensão, e faça os check-ups médicos regularmente. Com isso poderá viver anos saudáveis e bons.