Clorexidina: um antisséptico multiuso

A clorexidina é um medicamento amplamente usado em todo o mundo, especialmente para a saúde bucal. Possui um uso geral e um uso tópico que explicaremos a seguir.
Clorexidina: um antisséptico multiuso

Última atualização: 12 Janeiro, 2021

A clorexidina é um antisséptico que evita a proliferação de bactérias, as principais causadoras de infecção das feridas. Um antisséptico como a clorexidina tem a função de impedir o crescimento de bactérias nos tecidos.

A diferença que existe entre um desinfetante e um antisséptico está no substrato sobre o qual são eficazes. O primeiro inibe o crescimento bacteriano em materiais inertes, como os objetos, enquanto um antisséptico atua sobre os tecidos vivos, como a pele.

O objetivo do uso de clorexidina nas membranas mucosas da boca é eliminar e impedir o crescimento bacteriano. Dessa forma, o risco de a ferida se infectar é reduzido, e também não se danifica a área de aplicação.

Este composto adere à mucosa oral e é liberado gradualmente ao longo de quase oito horas. Por esse motivo, recomenda-se que as lavagens com clorexidina sejam feitas de duas a três vezes ao dia.

Indicações da clorexidina

Este antisséptico é usado rotineiramente na odontologia, especialmente no tratamento de pequenas lesões na mucosa oral. Os tratamentos com clorexidina podem ser gerais ou localizados, dependendo da adequação da área a ser tratada.

Tratamento geral

Se você é uma das pessoas com tendência a sofrer de aftas na boca ou qualquer outro tipo de desconforto que o afeta com frequência, certamente já usou a clorexidina. Recomenda-se o uso de clorexidina após a escovação, como enxaguante, embora também faça parte da composição de alguns cremes dentais.

Lesões localizadas

Por outro lado, se o que você precisa é tratar lesões mais localizadas, poderá usá-la como spray. Quando usada no formato de spray, sua ação é mais localizada e pontual. Localmente, esse antisséptico é indicado nos seguintes casos:

  • Infecções pontuais na boca.
  • Feridas na língua.
  • Após uma intervenção cirúrgica.
Enxaguante bucal
Os enxaguantes bucais com clorexidina são úteis para tratamentos bucais gerais.

Uso oral específico da clorexidina

A clorexidina, quando usada para tratamentos orais, costuma ser diluída em concentrações de 0,2%, 0,12% e 0,10%. Pode ser aplicada em diferentes formatos, como géis, sprays e cremes dentais. Você deve usar o enxaguante bucal com clorexidina 30 minutos após a escovação, fazendo enxágues de 15 mililitros durante 30 segundos. 

Para tratar lesões localizadas, como no caso da cirurgia dentária, o spray costuma ser usado. O uso do spray tem duas vantagens importantes: uma é que a ação é mais localizada, e a outra é que o efeito antisséptico é maior. 

Você não deve usar esse antisséptico por períodos muito longos, já que pode provocar manchas nos dentes, assim como o escurecimento em gengivas. Não é preciso se preocupar porque esses efeitos derivados do uso de clorexidina desaparecem quando você para de usá-la. 

Forma de emprego recomendada

A maioria das pessoas que usa clorexidina o faz logo após a escovação, como se fosse um enxaguante bucal de uso frequente. Mas esta não é a forma mais correta; a maneira adequada é usá-la pelo menos meia hora depois de escovar os dentes.

O motivo pelo qual é recomendado o uso após meia hora é que a clorexidina não é compatível com alguns dos componentes de muitos cremes dentais. Esses componentes incluem o lauril sulfato de sódio e o mono-fluorofosfato de sódio.

Uso como antisséptico tópico

A clorexidina também é usada como antisséptico tópico, sendo eficaz contra um amplo espectro de micro-organismos. Oferece muitas vantagens, entre as quais as propriedades de não ser abrasiva ou irritante, nem interagir com o sangue. Além disso, este composto apresenta uma  toxicidade muito baixa. Pode até ser usada em feridas abertas, como arranhões, cortes ou queimaduras. 

Limpeza de lesões
Além do uso oral, a clorexidina pode ser utilizada para a limpeza de feridas cutâneas.

Efeitos colaterais da clorexidina

O uso deste composto não apresenta efeitos colaterais significativos, embora em uma porcentagem muito pequena de casos alguns sintomas de alergia e erupções cutâneas possam aparecer na área de aplicação.

O uso a longo prazo da clorexidina como tratamento oral, como já foi dito, pode causar manchas nos dentes e potencializar as provocadas pelo café ou tabaco.

A clorexidina é um medicamento essencial

A clorexidina é um antisséptico especialmente eficaz contra bactérias e fungos. Seu uso é generalizado em todo o mundo, tanto que está incluída na lista de Medicamentos Essenciais da Organização Mundial da Saúde.

Pode interessar a você...
Para que servem os antimicrobianos?
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Para que servem os antimicrobianos?

Os antimicrobianos são medicamentos que param ou inibem o crescimento de diferentes microrganismos. Cada tipo é mais eficaz em uma situação.



  • Chicharro Luna, E., Pertegal Vázquez, F., Pérez Prieto, M., Baño Ruíz, L., & Pérez Saura, I. (2008). Clorhexidina vs povidona iodada como antiséptico de la piel. Revista Española de Podología.

  • Torres, M., Díaz, M., & Acosta, A. (2009). La clorhexidina, bases estructurales y aplicaciones en; la estomatologia. Gac Med Espiritual.

  • Ayala, G., Álvarez, M., & Nuñez, M. (2016). Efecto de la combinación de clorhexidina y fluoruro de sodio sobre Streptococcus mutans en preescolares con manchas blancas. Revista Estomatológica Herediana. https://doi.org/10.20453/reh.v26i3.2956