Mejor con Salud
 

Clorexidina: um antisséptico multiuso

A clorexidina é um medicamento amplamente usado em todo o mundo, especialmente para a saúde bucal. Possui um uso geral e um uso tópico que explicaremos a seguir.
Clorexidina: um antisséptico multiuso

Última atualização: 12 Janeiro, 2021

A clorexidina é um antisséptico que evita a proliferação de bactérias, as principais causadoras de infecção das feridas. Um antisséptico como a clorexidina tem a função de impedir o crescimento de bactérias nos tecidos.

A diferença que existe entre um desinfetante e um antisséptico está no substrato sobre o qual são eficazes. O primeiro inibe o crescimento bacteriano em materiais inertes, como os objetos, enquanto um antisséptico atua sobre os tecidos vivos, como a pele.

O objetivo do uso de clorexidina nas membranas mucosas da boca é eliminar e impedir o crescimento bacteriano. Dessa forma, o risco de a ferida se infectar é reduzido, e também não se danifica a área de aplicação.

Este composto adere à mucosa oral e é liberado gradualmente ao longo de quase oito horas. Por esse motivo, recomenda-se que as lavagens com clorexidina sejam feitas de duas a três vezes ao dia.

Indicações da clorexidina

Este antisséptico é usado rotineiramente na odontologia, especialmente no tratamento de pequenas lesões na mucosa oral. Os tratamentos com clorexidina podem ser gerais ou localizados, dependendo da adequação da área a ser tratada.

Tratamento geral

Se você é uma das pessoas com tendência a sofrer de aftas na boca ou qualquer outro tipo de desconforto que o afeta com frequência, certamente já usou a clorexidina. Recomenda-se o uso de clorexidina após a escovação, como enxaguante, embora também faça parte da composição de alguns cremes dentais.

Lesões localizadas

Por outro lado, se o que você precisa é tratar lesões mais localizadas, poderá usá-la como spray. Quando usada no formato de spray, sua ação é mais localizada e pontual. Localmente, esse antisséptico é indicado nos seguintes casos:

  • Infecções pontuais na boca.
  • Feridas na língua.
  • Após uma intervenção cirúrgica.

Enxaguante bucal
Os enxaguantes bucais com clorexidina são úteis para tratamentos bucais gerais.

Você também pode estar interessado:  6 tratamentos de origem natural para aliviar as aftas na língua

Uso oral específico da clorexidina

A clorexidina, quando usada para tratamentos orais, costuma ser diluída em concentrações de 0,2%, 0,12% e 0,10%. Pode ser aplicada em diferentes formatos, como géis, sprays e cremes dentais. Você deve usar o enxaguante bucal com clorexidina 30 minutos após a escovação, fazendo enxágues de 15 mililitros durante 30 segundos. 

Para tratar lesões localizadas, como no caso da cirurgia dentária, o spray costuma ser usado. O uso do spray tem duas vantagens importantes: uma é que a ação é mais localizada, e a outra é que o efeito antisséptico é maior. 

Você não deve usar esse antisséptico por períodos muito longos, já que pode provocar manchas nos dentes, assim como o escurecimento em gengivas. Não é preciso se preocupar porque esses efeitos derivados do uso de clorexidina desaparecem quando você para de usá-la. 

Forma de emprego recomendada

A maioria das pessoas que usa clorexidina o faz logo após a escovação, como se fosse um enxaguante bucal de uso frequente. Mas esta não é a forma mais correta; a maneira adequada é usá-la pelo menos meia hora depois de escovar os dentes.

O motivo pelo qual é recomendado o uso após meia hora é que a clorexidina não é compatível com alguns dos componentes de muitos cremes dentais. Esses componentes incluem o lauril sulfato de sódio e o mono-fluorofosfato de sódio.

Uso como antisséptico tópico

A clorexidina também é usada como antisséptico tópico, sendo eficaz contra um amplo espectro de micro-organismos. Oferece muitas vantagens, entre as quais as propriedades de não ser abrasiva ou irritante, nem interagir com o sangue. Além disso, este composto apresenta uma  toxicidade muito baixa. Pode até ser usada em feridas abertas, como arranhões, cortes ou queimaduras. 

Limpeza de lesões
Além do uso oral, a clorexidina pode ser utilizada para a limpeza de feridas cutâneas.

Leia também: Técnicas básicas para fechamento das feridas

Efeitos colaterais da clorexidina

O uso deste composto não apresenta efeitos colaterais significativos, embora em uma porcentagem muito pequena de casos alguns sintomas de alergia e erupções cutâneas possam aparecer na área de aplicação.

O uso a longo prazo da clorexidina como tratamento oral, como já foi dito, pode causar manchas nos dentes e potencializar as provocadas pelo café ou tabaco.

A clorexidina é um medicamento essencial

A clorexidina é um antisséptico especialmente eficaz contra bactérias e fungos. Seu uso é generalizado em todo o mundo, tanto que está incluída na lista de Medicamentos Essenciais da Organização Mundial da Saúde.

Para que servem os antimicrobianos?

Para que servem os antimicrobianos?

Os antimicrobianos são medicamentos que param ou inibem o crescimento de diferentes microrganismos. Cada tipo é mais eficaz em uma situação.



  • Chicharro Luna, E., Pertegal Vázquez, F., Pérez Prieto, M., Baño Ruíz, L., & Pérez Saura, I. (2008). Clorhexidina vs povidona iodada como antiséptico de la piel. Revista Española de Podología.

  • Torres, M., Díaz, M., & Acosta, A. (2009). La clorhexidina, bases estructurales y aplicaciones en; la estomatologia. Gac Med Espiritual.

  • Ayala, G., Álvarez, M., & Nuñez, M. (2016). Efecto de la combinación de clorhexidina y fluoruro de sodio sobre Streptococcus mutans en preescolares con manchas blancas. Revista Estomatológica Herediana. https://doi.org/10.20453/reh.v26i3.2956