Causas e sintomas da pressão alta e baixa

· 22 de dezembro de 2014
Nesse artigo, discutiremos sobre as causas e sintomas da pressão alta e da pressão baixa. Não perca!

A hiper e a hipotensão são dois transtornos na pressão do sangue nas artérias, e é preciso muita atenção aos seus sintomas. Nesse artigo, discutiremos sobre as causas e sintomas da pressão alta e da pressão baixa. Dessa forma, a informação tornará mais fácil para o leitor determinar quando ambos os problemas ocorrem e qual é a melhor maneira de tratá-los.

Causas da pressão baixa, ou hipotensão

A pressão baixa pode ser herdada e é mais frequente do que a alta, principalmente em mulheres magras e jovens. Se a mãe sofreu de hipotensão, é ainda mais provável que a filha também apresente o problema.

Como nem sempre causa sintomas notórios, as pessoas não costumam tratá-la. As doenças que podem causar pressão arterial baixa são: hipotireoidismo, doença de Addison, insuficiência no lóbulo anterior da hipófise, insuficiência cardíaca, pericardite, transtornos do ritmo cardíaco e outras doenças cardiovasculares, além de repouso por vários dias seguidos, déficit de líquidos ou falta de sal.

Aproveite para ler este artigo: Hipotensão, como aumentar os valores de maneira saudável?

Medir pressão

Os fármacos também podem causar hipotensão. Alguns deles são: psicotrópicos (para a insônia, angustia ou depressão), antiarrítmicos cardiacos, anti-hipertensivos (para prevenir pressão alta), diuréticos, fármacos coronários (para angina, por exemplo) e os vasodilatadores.

Causas da pressão alta, ou hipertensão

A pressão arterial alta pode se desenvolver em qualquer momento da vida, sem distinção de sexo. Causa basicamente um aumento no bombeamento do sangue para o coração e uma contração dos vasos sanguíneos. É considerada uma doença do sistema cardiovascular e pode terminar em ataques cardíacos.

O problema é que 95% dos casos da pressão alta não apresenta causas orgânicas manifestas. Uma pessoa pode sofrer de pressão arterial alta como consequência da obesidade ou sobrepeso, falta de atividade física e sedentarismo, consumo excessivo de sal, gorduras ou álcool, do estresse e do tabagismo.

Hipertensão

Quando a pressão fica alta de forma permanente, afeta os órgãos vitais, como o cérebro, o coração, os rins e os olhos, por isso pode causar desde insuficiência cardíaca até a perda da visão, passando por enfarto do miocárdio.

A hipertensão pode ser causada por herança genética e existe uma maior pré-disposição nos homens, principalmente depois dos quarenta anos. Além disso, o sobrepeso e o colesterol alto são causas diretas da doença.

Sintomas da pressão baixa, ou hipotensão

No caso da pressão arterial baixa, a pessoa pode sofrer um, alguns ou vários desses sintomas: cansaço, necessidade de dormir mais horas, diminuição da boa forma física, problemas para se concentrar, respostas emocionais depressivas, apatia, transtornos do sono, insônia.

Também há a falta de energia, astenia, exaustão, sensação de desmaio, falta de força, necessidade de muitas horas para acordar completamente pela manhã, capacidade rápida de se cansar, maior sensibilidade ao frio (principalmente nos pés e nas mãos), palidez cutânea (principalmente no rosto).

Os sintomas circulatórios da pressão arterial baixa aparecem quando há um déficit na injeção de sangue no cérebro. Isso pode acontecer, por exemplo, em dias quentes ou quando se passa muito tempo exposto ao sol do meio-dia. A fadiga e a astenia são muito frequentes e podem aparecer depois de comer, quando o sangue se acumula na região do estômago.

Dicas para controlar pressão

O enjoo também é muito comum entre as causas da hipotensão, além de dores de cabeça, desvanecimento, perdas curtas da consciência, piscadas frequentes e transtornos visuais. Isso acontece como um sinal claro de que algo ruim está acontecendo.

O coração pode começar a bater mais rápido (taquicardias), os vasos sanguíneos se contraem (por isso ocorre palidez ou mãos e pés frios), sudoração fria excessiva e até desmaios (porque o cérebro não recebe quantidade suficiente de oxigênio e não se tem controle dos músculos).

Sintomas da pressão alta, ou hipertensão

A pressão arterial alta também tem seus sintomas, e é preciso prestar atenção aos sinais que o corpo nos oferece. Porém, os primeiros sinais da pressão alta não são palpáveis e podem ser pouco específicos, portanto, as pessoas não notam e tais sintomas se desenvolvem de forma gradual.

Alguns sintomas mais frequentes são: dificuldade para conciliar o sono, leve irritabilidade, insônia, sono inquieto, pesadelos recorrentes, acordar varias vezes durante a madrugada, problemas auditivos como zumbidos ou ruídos nos ouvidos, etc.

sintomas da pressão alta

As intensas dores de cabeça ou os enjoos podem indicar que estamos frente a um caso de hipertensão, principalmente quando aparecem depois de um episódio de muito estresse, nervos e ansiedade.

Leia também: Infusão de sementes de salsão: um remédio natural para a hipertensão

Nas mulheres de mais de cinquenta anos, muitos dos sintomas da pressão alta são similares aos da menopausa (flutuações de humor, sufocamentos, dores de cabeça, enjoos), por isso várias mulheres não tratam o problema como deveriam. No caso de homens de meia idade, a hipertensão pode se manifestar como problemas associados à disfunção erétil.

Em todos os casos, a dor torácica, a dispneia, a aperto no peito ou a sensação de afogamento são motivos suficientes para ir ao médico, já que, como dito anteriormente, a pressão alta leva a problemas cardíacos. A arritmia também pode ser causada pela hipertensão.