Controle o colesterol de forma natural

25 de outubro de 2013
Mesmo com sua péssima fama, os triglicerídeos e o colesterol são substancias essenciais ao nosso organismo. 

O colesterol é importante na produção de novas células, hormônios esteroides, vitaminas e sais. Já os triglicerídeos são responsáveis por regular a reserva de energia em nosso corpo. Porém, quando encontram-se em excesso podem ser muito prejudiciais a saúde.

E o que muita gente não sabe é que o tratamento pode ser feito de forma natural, sem o auxilio de uma infinidade de medicamentos.

Entenda melhor o colesterol

Parte dele é produzido pelo nosso fígado, a outra parte é proveniente dos alimentos que consumimos.

Ele é dividido em dois tipos: o HDL e o LDL. A grande diferença entre eles é que o primeiro despacha o colesterol no fígado, eliminando-o na forma de sais biliares, enquanto o segundo, é responsável por carregar o colesterol para os tecidos do nosso corpo.

Não é a toa que o colesterol LDL tem lá sua má fama. Quando é produzido em excesso, ajuda na formação de placas de gordura, que acarretam na obstrução da circulação de sangue até o coração; levando a pessoa a ter complicações coronarianas serias.

Então, se você não quer ter uma péssima surpresa ao realizar exames de sangue, cuide de sua alimentação.

O que evitar?

Alguns alimentos são fontes de colesterol e você deve ficar bem longe deles.

Carnes

Tenha muito cuidado com as carnes, em especial, as gordurosas, asas de frango e vísceras, como figado, miúdo e miolos. 

Recomendamos: 3 maneiras de marinar carnes

Frutos do mar

Estes alimentos de forma geral são grandes amigos do colesterol. Camarão, lula, siri são alguns exemplos. 

Lacticínios

Creme de leite, queijo amarelo, leite integral são verdadeiros vilões.

leite
Creme de leite, queijo amarelo, leite integral são verdadeiros vilões.

O que comer?

leite de soja
Ao invés do leite integral, opte pelo leite de soja.

Soja

Vinte e cinco gramas deste poderoso alimento diariamente são suficientes para evitar problemas cardíacos, uma vez que auxilia na redução do LDL.

Aveia

Duas colheres de sopa de farelo de aveia ajudam a diminuir o colesterol LDL, isto porque a aveia possui em sua composição uma fibra que trabalha diretamente na redução do nível do mau colesterol.

aveia
A aveia é composta por uma fibra que trabalha diretamente na diminuição dos níveis do colesterol mau.

Controle seus triglicerídeos

Claro que nossa alimentação influi em muitos indicadores no nosso corpo. E com os triglicerídeos não é muito diferente. Quando as taxas se elevam, aumenta-se o risco de diabetes, doenças cardiovasculares, pancreatite, além de diminuir as taxas de HDL.

Leia também: 7 hábitos para controlar o diabetes

Prato saudável

Ao montar seu prato, coloque alimentos que equilibrem seu organismo. Então, seguem as dicas:

  • Opte por adoçantes ao invés de açúcar;
  • Controle a quantidade de carboidrato consumido. Opte por consumir ou batata, ou macarrão, ou arroz ou farofa. Estes alimentos juntos são um verdadeiro perigo.

 De qualquer maneira, procure seu médico pelo menos duas vezes ao ano para verificar as taxas de colesterol e triglicerídeos no seu organismo.

Maldonado, O., Ramírez, I., García, J. R., Ceballos, G. M., & Méndez, E. (2012). Colesterol: Función biológica e implicaciones médicas. Rev Mex Cienc Farm.